segunda-feira, 5 de abril de 2010

Promedia II atribuiu mais de 137 mil euros nas ilhas da Coesão



O Programa de Apoio à Comunicação Social, PROMEDIA II, atribuiu durante o ano de 2009 um total de 137.441,12 Euros, nas ilhas da Coesão, correspondentes a 24 candidaturas às diversas medidas previstas, revelou hoje o Secretário Regional da Presidência, no âmbito de uma visita às instalações da Rádio Graciosa.

Embora tenha considerado “muito significativo para a dimensão das empresas de comunicação social locais o volume de apoios concedidos”, André Bradford salientou que em relação ao regime especial de apoio às ilhas da Coesão, que prevê especificamente a comparticipação mensal dos custos relativos ao consumo de energia e às comunicações telefónicas, “se notou uma procura reduzida, pelo que é nosso dever insistir na divulgação desta medida e na sua importância junto dos potenciais destinatários”.

“Se o PROMEDIA é relevante para qualquer empresa de comunicação social da Região, nomeadamente por via do estímulo à modernização tecnológica e à redução, desse modo, dos custos de produção, é-o de forma mais evidente quando falamos de mercados muito reduzidos e de estruturas produtivas mais frágeis”, acrescentou aquele responsável governamental.

A medida referente à modernização tecnológica dos meios de comunicação social foi a mais concorrida em 2009, atribuindo às ilhas de Santa Maria, S. Jorge e Flores um montante global de mais de 115 mil Euros.

Recorde-se que as empresas de comunicação social das ilhas da Coesão beneficiam de majorações de 10% em relação às restantes ilhas no que toca às medidas “Modernização Tecnológica”, “Apoio à Difusão Informativa” e “Iniciativas de Interesse Regional Relevante”, além de, no quadro de medida específica, poderem candidatar 40% das despesas de consumo de energia eléctrica e 25% das despesas com comunicações telefónicas.



GaCS/LFC

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário