quarta-feira, 21 de abril de 2010

Bancada do PS destaca evolução da Ilha Graciosa


O deputado do PS/Açores José Ávila destacou, esta quarta-feira, a evolução que o desenvolvimento da Graciosa registou nos últimos anos, materializado através de melhores ligações aéreas e marítimas, melhores cuidados de saúde e reforço da democracia.“Hoje, na Graciosa, vive-se muito melhor. Temos melhores acessibilidades, passagens aéreas mais baratas, melhor saúde, mais democracia. Este ano vamos beneficiar de mais ligações marítimas, ao abrigo do novo contrato de serviço público”, afirmou o parlamentar socialista, numa intervenção em plenário sobre a visita que o Governo efectuou, recentemente, à ilha.

Segundo José Ávila, é, também, reconhecido por todos que foi dado “um grande impulso à agricultura, criaram-se novas condições para a pesca singrar e, agora, aposta-se num novo sector, o turismo”.

Perante os deputados açorianos, José Ávila recordou, ainda, que a Ilha Graciosa, durante anos, “sofreu de uma atroz dupla insularidade devido à sua difícil situação geográfica e também à estratégia política de então”.

“Sair dessa situação não tem sido fácil, confesso, até porque durante muitos anos tivemos gente a puxar para trás, a denegrir, a atacar. Ocuparam-se tanto com estas minudências fora do contexto, que nem tiveram tempo para ajudar a construir o futuro da Graciosa e dos Graciosenses”, afirmou o deputado do PS/Açores.

Na sua intervenção de tribuna, José Ávila realçou, também, que, depois das eleições autárquicas de 2009, a nova Câmara Municipal, já despida da camisola partidária, começou já a “arregaçar as mangas e recuperar o tempo perdido, em prol de uma população pouco habituada a ver como normal a cooperação entre poderes públicos.”

“É nesse âmbito que houve, nesta visita do Governo dos Açores, “concertação no sentido de iniciar o processo de construção de um porto de recreio, estrutura muito importante para a dinamização do turismo naquela ilha”, disse José Ávila.

Na ocasião, o deputado socialista recordou, ainda, uma série de investimentos e projectos para a Graciosa, caso de um contrato ARAAL para a resolução de 30 casos de habitação degradada de um total de 61 casos sinalizados, o projecto de instalação da Estação de Infra-Sons do Sistema Internacional de Monitorização de Ensaios Nucleares, a assinatura do contrato para a construção do novo Centro de Saúde e o financiamento à Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa destinado à construção da Creche, Jardim de Infância e Centro de Actividades Ocupacionais, entre outros.

José Garcia na cidade da Horta


Fonte: Azores Digital

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário