quinta-feira, 2 de junho de 2011

Projecto de formação parental `Escola de Pais. NEE´ vai ser implementado nos Açores



O projecto de formação parental “Escola de Pais. NEE” vai ser implementado em todas as ilhas do arquipélago dos Açores.

O projecto, que numa primeira fase será implementado na ilha Terceira, visa dotar os pais das crianças portadoras de deficiência com conhecimentos específicos e estratégias para lidar com as necessidades das crianças.

O anúncio foi feito hoje pela Directora Regional da Igualdade de Oportunidades, Natércia Gaspar, durante o encerramento da acção de sensibilização “Escola de Pais. NEE”, que decorreu na Casa do Povo de Porto Judeu, em Angra do Heroísmo, no âmbito do Projecto “ Derrubar Barreiras…Construir Oportunidades”.

Natércia Gaspar considerou ainda como “fundamental” o combate, desde a primeira infância, à discriminação, aos estereótipos e aos preconceitos e a promoção à igualdade, sensibilizando as crianças para a diferença.

Segundo acrescentou, “a actuação nesta primeira fase é muito importante, pois lançará as bases para o desenvolvimento da criança e para a promoção das suas potencialidades, consolidando-as de forma mais duradoura, rompendo com ciclos de exclusão”.

No âmbito da deficiência, a Directora Regional destacou, também, as políticas transversais, as medidas e as acções desenvolvidas pelo Governo dos Açores que garantam o pleno gozo dos direitos das pessoas com deficiência, exemplificando a aprovação, em Conselho de Governo, das bases gerais do regime jurídico da prevenção, habilitação, reabilitação e participação da pessoa com deficiência ou incapacidade, com vista a promover a sua acessibilidade ao meio edificado, ao espaço público, aos transportes, às tecnologias de informação e comunicação, e aos serviços de um modo geral.

Para Natércia Gaspar, este diploma legal será “um salto qualitativo para a Região”, no que concerne à “promoção da igualdade das pessoas com deficiência nas várias áreas de actuação”.




GaCS/SM

Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário