sexta-feira, 24 de junho de 2011

Preço máximo de venda dos combustíveis actualizado nos Açores



As alterações registadas no preço do petróleo, durante as últimas semanas, nos mercados internacionais, vão levar a uma actualização do preço máximo de venda dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.

Esta actualização consiste no aumento de dois cêntimos por litro para os gasóleos agrícola e pescas, de dois cêntimos por quilo para o gás doméstico e de um cêntimo por litro para o gasóleo rodoviário e por quilo para o fuel.

De salientar que o preço máximo de todos os combustíveis respeita as margens definidas pelo Governo dos Açores como diferença mínima para os preços em vigor no continente português.

De referir, igualmente, que desde a última alteração verificada a nível regional no preço máximo de venda ao público do gás doméstico, este combustível aumentou já no mercado nacional cerca de sete cêntimos.

Assim, no caso das gasolinas 95 e 98, a diferença dos preços máximos praticados nos Açores para o mercado nacional é de menos 11 por cento. No caso do Gasóleo Rodoviário, essa diferença será de menos 12 por cento.

Em relação aos gasóleos agrícola e pescas, o preço máximo praticado nos Açores será inferior em 22 por cento em relação ao preço praticado no continente português.

No caso do gás doméstico, a diferença entre o preço máximo praticado nos Açores e o preços praticado no continente será de menos 34 por cento. No caso do fuel a diferença de preço entre os Açores e o continente será de menos 22 por cento.

Em relação à Região Autónoma da Madeira, os preços máximos praticados nos Açores são inferiores em menos 3 por cento para a gasolina 95, menos 8 por cento para a gasolina 98, e menos 4 por cento para o gasóleo rodoviário.

O preço máximo por litro no gasóleo agrícola será inferior nos Açores em menos 13 por cento em relação com o preço praticado na Madeira.

Os novos preços entram em vigor às 00h00 de sábado.


GaCS/NM

Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário