sexta-feira, 7 de maio de 2010

Termas do Carapacho correm risco de encerrar por mais um ano


O Governo Regional visitou a ilha, mas nada disse sobre as obras das Termas, que já deviam estar concluídas.


Os empresários da ilha Graciosa, no Grupo Central do arquipélago dos Açores, queixam-se de estarem a perder uma das formas de atrair turistas - o termalismo.


As obras já deveriam estar concluídas e as Termas inauguradas e, Carlos Brum, responsável pela estrutura, afirma "ser um erro se as Termas do Carapacho ficarem encerradas por mais um ano."


Carlos Brum é da opinião, que "o encerramento por dois anos consecutivos desmotiva os utentes e podem acabar com hábitos que são difíceis de serem retomados".


O facto é que as Termas da Graciosa têm vindo a registar um aumento de visitas mas, para isto, "é preciso responder com o aumento da oferta".


Luís Costa / Carlos Tavares


Fonte: RTP

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário