quinta-feira, 20 de maio de 2010

Projecto “ Açores Sem Tabaco 2010” apresentado hoje pela DRJ




O projecto “Azores Free From Tobacco 2010 Açores Sem Tabaco 2010” será desenvolvido a nível regional, a partir de uma associação sedeada na Terceira, com especial incidência nas ilhas do Faial, São Miguel e Terceira e tem como parceiros o Núcleo Regional dos Açores da Liga Portuguesa Contra o Cancro, o Centro de Oncologia dos Açores, a Polícia de Segurança Pública e o Governo dos Açores, através da Direcção Regional da Juventude.

Na sequência do convite endereçado pela Comissão Europeia às organizações juvenis da sociedade civil europeia para que fossem parceiras activas no desenvolvimento e promoção da campanha nos seus países e regiões, a AJITER – Associação Juvenil da Ilha Terceira, dando execução à sua estratégia de trabalho vocacionado para a juventude, acedeu ao convite, apresentando o Projecto “Azores Free From Tobacco 2010 Açores Sem Tabaco 2010”.

Durante a conferência de imprensa realizada hoje em Angra do Heroísmo, Bruno Pacheco congratulou a AJITER pelo facto de esta ser “mais uma iniciativa europeia se realizar nos Açores e a única que será realizada, neste âmbito, nas Regiões Ultraperiféricas”.

Além disso, o Director Regional da Juventude valorizou este tipo de intervenção das associações, bem como “este tipo de projectos que, para além de terem efeitos na dinamização local, diversificam as fontes de financiamento das associações de jovens”.

A primeira das acções, denominada “Operação STOP Tabaco” consiste na utilização de um aparelho medidor de monóxido de carbono nos pulmões (semelhante ao alcoolímetro) para aferir, de forma voluntária, a quantidade de monóxido de carbono que cada cidadão contém nos pulmões. Caso os níveis registados estejam abaixo do limiar do saudável, o cidadão receberá um brinde e informação acerca do significado da medida. Caso esteja acima do aconselhável, o cidadão apenas receberá informação, não recebendo o brinde, como forma de o penalizar simbolicamente.



GaCS/SF/DRJ

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário