sexta-feira, 14 de maio de 2010

Governo lança concurso público para reabilitação da estrada regional na Graciosa



O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, lançou o concurso público para a empreitada de reabilitação do troço Pedras Brancas – Limeira, na estrada regional da ilha Graciosa.

O concurso público, publicado em Diário da República, tem um preço base de um milhão de euros e um prazo contratual de 250 dias.

A obra de reabilitação, contemplada no Plano de Investimento Público de 2010, incluirá os seguintes troços na freguesia da Luz: Largo das Pedras Brancas, Caminho do Tanque, Rua Diocleciano Maria da Silva (vulgarmente conhecida por Estrada Nova) e ainda Caminho da Limeira, num total de cerca de três quilómetros.

A reabilitação consiste na beneficiação de 2,5 quilómetros, com a respectiva abertura de caixa de estrada nova. A empreitada prevê também a criação de duas rotundas no lugar das Pedras Brancas, zonas reservadas ao estacionamento, aproveitando das áreas sobrantes adjacentes ao troço de ligação entre as rotundas. Da intervenção constam ainda obras de melhoria do sistema de drenagem existente, com a execução de novas travessias e mais poços absorventes.

Os actuais entroncamentos da Pedras Brancas e da Limeira serão alterados para duas rotundas e placa separadora respectivamente, garantindo assim mais segurança e melhor fluidez de tráfego.

A obra lançada a concurso público integra ainda trabalhos de terraplenagens, drenagens, pavimentação, obras acessórias, como muros de contenção e integração paisagística das rotundas das Pedras Brancas e na curva do Rebentão da Luz recentemente corrigida, bem como a colocação da respectiva sinalização rodoviária de toda a extensão beneficiada.

De acordo com o Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, este é mais um grande investimento que visa cumprir o proposto no Plano Rodoviário Regional, que tem por objectivo repavimentar e reabilitar estradas regionais, substituindo pavimentos antigos por betão betuminoso e adequando a pavimentação às necessidades e tipologia do tráfego actual e futuro.


GaCS/VS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário