quinta-feira, 13 de maio de 2010

Esclarecimento da Secretaria Regional da Economia



A propósito de declarações públicas do Presidente do CDS/PP sobre a alegada existência de cidadãos açorianos a domir no Terminal 2 do Aeroporto de Lisboa durante o recente encerramento do espaço aéreo dos Açores, na sequência da detecção de uma nuvem de cinzas vulcânicas oriunda da Islândia, vem a Secretaria Regional da Economia esclarecer o seguinte:

1 – Durante todo o período em que o espaço aéreo dos Açores esteve encerrado, e até à regularização da situação, o Governo dos Açores manteve, e ainda mantém, um acompanhamento diário e permanente da situação, no sentido de aferir a evolução da mesma, e, se necessário, dar as devidas orientações às empresas e demais entidades cuja acção releve para a regularização do tráfego;

2. Em todo este período, as empresas do Grupo SATA asseguraram o alojamento e a alimentação de todos os passageiros não residentes no local do aeroporto de partida e não apenas dos passageiros em trânsito, como erradamente afirma o líder do CDS/PP. Sendo certo que nenhum passageiro é obrigado a utilizar estas facilidades disponibilizadas, também é verdade que essas foram asseguradas a todos os passageiros nos termos anteriores.

3– Durante este período, e apesar de regulares avaliações da situação por iniciativa do Grupo SATA, não chegou ao conhecimento do Governo dos Açores ou das empresas do Grupo SATA uma única situação de passageiros que se encontrassem nas circunstâncias relatadas pelo líder do CDS/PP;

4 – O encerramento do espaço aéreo dos Açores em vários dias consecutivos levou a que fosse realizada uma vasta operação extraordinária, sob coordenação do Governo dos Açores, e envolvendo o grupo SATA e a Atlânticoline S.A, com o objectivo de assegurar o menor incómodo a todos os passageiros, fossem eles residentes ou não nos Açores;

5 – Ontem, dia 12 de Maio, o Grupo SATA realizou 58 voos extraordinários transportando 4.523 passageiros, regularizando, desta forma, a situação da grande maioria dos passageiros afectados pelo encerramento do espaço aéreo dos Açores e da Madeira;.

6 - Hoje, dia 13 de Maio, o Grupo SATA está a proceder à realização de 61 voos, de horário e extraordinários, prevendo transportar mais de 5000 passageiros num esforço operacional muito significativo para uma rápida normalização da situação.



GaCS/NM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário