quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Nível das quotas de pesca mantêm-se para os Açores



O Governo dos Açores ficou satisfeito com as conclusões saídas da reunião do Conselho de Ministros das Pescas da União Europeia, que decorreu em Bruxelas.

Nesta reunião onde esteve presente, integrado na comitiva portuguesa, o subsecretário regional das Pescas, foram estabelecidas as possibilidades de pesca para 2010 das espécies atum patudo, com uma quota de 6.160,4 toneladas, o que representa um aumento de 2%, do chicharro, com uma quota de 3.072 toneladas, o que representa uma descida residual de 4%, e do espadarte, com uma quota de 1.408,5 toneladas, o que representa uma descida residual de 2%.

Estes números fazem com que a Região praticamente mantenha o nível das quotas com maior relevância, garantindo mesmo a manutenção das possibilidades de pesca em valores superiores às capturas actuais, permitindo que os nossos profissionais do sector possam intensificar as capturas destas espécies durante o próximo ano.

O Governo Regional também considera que é oportuno aproveitar-se o debate sobre a revisão em curso da Política Comum de Pescas para se implementarem mecanismos de gestão regionalizados das pescarias e com a introdução de mais instrumentos de flexibilidade para permitir quotas conjuntas para várias espécies, que possibilitem o desenvolvimento socioeconómico das populações e das comunidades que estão mais dependentes da actividade da pesca.



GaCS/LC

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário