quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Governo financia restauro do órgão da igreja do Guadalupe



O Governo Regional vai financiar o restauro do órgão da igreja de Nossa Senhora do Guadalupe, na Graciosa, o segundo mais antigo instrumento musical do género dos Açores, datado de 1775.

A Resolução, para o efeito, foi publicada hoje no Jornal Oficial e prevê a atribuição de uma verba no montante de 42.408 euros, para a intervenção.

Esta decisão do Governo dos Açores enquadra-se no objectivo de prosseguir as intervenções que visem a defesa e valorização do património arquitectónico e cultural da Região.

O executivo considera ser de “excepcional interesse” o restauro daquele órgão, por ser “uma importante peça do património móvel cultural da Região”.

O restauro deste tipo de bens encontra-se abrangido pelo sistema de apoios a conceder pela Administração Regional Autónoma para a recuperação e conservação do património cultural arquitectónico e móvel dos Açores, com uma comparticipação máxima de 50% do custo.

No entanto, considerando que a paróquia não dispõe de meios que lhe permitam fazer face à sua parte dos encargos com o restauro do instrumento, no uso das competências conferidas pelas alíneas d) e e) do n.º 1 do artigo 90. ° do Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores, o Conselho do Governo resolveu financiar a intervenção na totalidade.

A concessão do apoio está condicionada à aprovação do plano de trabalhos de restauro pela Direcção Regional da Cultura.




GaCS/FA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário