quinta-feira, 4 de março de 2010

Situação caótica continua a impedir a visualização normal do site Galeriacores



Situação caótica que se gerou nos últimos dias continua a impedir o acesso público e a normal visualização a muitos dos nossos conteúdos na Galeriacores.

No passado dia 2 de Março a mega empresa Google resolveu lançar o seu novo serviço grátis de criação de sites na Internet, um serviço verdadeiramente inovador que facilita a vida a qualquer um que queira criar o seu próprio sítio na Internet, mesmo que para tal não tenha quaisquer conhecimentos técnicos de informática, nomeadamente o conhecimento do código HTML. Sem dúvida que isto seria uma iniciativa louvável caso não viesse interferir com as páginas pessoais que já tinham sido criadas antes do respectivo lançamento do novo serviço.

O que aconteceu basicamente foi que o velho código HTML foi substituído por um outro que é completamente diferente e, de certa forma, é inacessível também à maioria dos webmasters que, tal como eu, o dominavam relativamente bem.

Por mais incrível que pareça estes engenheiros de meia tigela, na sua maioria doutorados pelas mais prestigiadas universidades de todo o mundo, nem sequer mostraram o mínimo de interesse ou preocupação com todos aqueles que, tal como eu, já tinham os seus sites criados e a funcionar. Por conseguinte, estes senhores técnicos do Google, não se preocuparam inclusive com as alterações estruturais que esta substituição de código veio provocar nos sites já existentes e, as consequências desse acto irresponsável estão bem patentes e à vista de todos quantos nos visitam.

O grande problema no mundo da informática é sem dúvida o actual problema das incompatibilidades. Este caso aqui referido, uma verdadeira sabotagem na imagem e prestígio da Galeriacores, é consequência directa das muitas incompatibilidades verificadas com a introdução do novo código em que muitos dos nossos scripts simplesmente deixaram de funcionar e cuja solução infelizmente parece estar no momento actual a muitos anos luz de distância.

À excepção dos nossos blogues que felizmente sobreviveram a toda esta reestruturação, a Galeriacores encontra-se, por conseguinte, mergulhada num verdadeiro e autêntico caos estrutural sem solução à vista.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário