quarta-feira, 10 de março de 2010

Esclarecimento da Secretaria Regional da Saúde sobre a transferência de doente da ilha Graciosa


Em resposta à questão levantada pelo deputado do PSD, João Costa, relativa à deslocação de uma doente da Ilha Graciosa para ser submetida a uma intervenção cirúrgica, a Secretaria Regional da Saúde, segundo dados fornecidos pelo Hospital do Santo Espírito de Angra do Heroísmo, esclarece:

1 – A doente em causa foi deslocada do Centro de Saúde da Graciosa para o Hospital de Angra no dia 11 de Fevereiro, estando a cirurgia marcada para o dia seguinte.

2 – Nesse dia foi confirmada uma avaria no intensificador de imagem, impossibilitando a realização da respectiva intervenção.

3 – O Hospital de Angra decidiu, de imediato, adquirir um novo equipamento, tendo a empresa confirmado a sua expedição no espaço de uma semana.

4 – Por indicação médica – e anuência dos familiares – foi considerado preferível aguardar a chegada do equipamento, evitando mais uma deslocação da doente para o hospital de Ponta Delgada.

5 – Já no aeroporto de Lisboa se verificou que o equipamento não cabia nas portas de carga do avião pelo que teve ser expedido de barco.

6 – Perante esta nova situação, o Hospital de Angra decidiu proceder à deslocação da doente para o Hospital de Ponta Delgada onde foi operada logo no dia imediato.

7 – Compreendendo, embora, o transtorno de toda esta situação, a Secretaria Regional da Saúde sublinha que se tratou de uma avaria perfeitamente inesperada.

8 – Lamenta-se que o deputado do PSD, João Costa, se tenha aproveitado de uma situação pontual e imprevista, ignorando todos os procedimentos e cuidados tidos pelos serviços de saúde intervenientes.


GaCS/RC

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário