sexta-feira, 26 de março de 2010

Secretário da Ciência e Tecnologia desafia Espaços TIC a oferecerem novas valências



Inovação e novas valências para o cumprimento eficaz da cultura científica e tecnológica dos açorianos. Foi este o desafio que o secretário regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos pediu, hoje, aos monitores e coordenadores dos Espaços de Tecnologias da Informação (TIC), da Rede da Sociedade de Informação dos Açores.

José Contente aproveitou a reunião dos monitores para lançar um novo estímulo a estas estruturas, referindo que “devem lançar novas acções, nós precisamos de inovar, de renovar práticas e oferecer, no seio dos postos de informática, novas valências”.

Nós estamos apostados a fazer nos Açores, a este nível, uma rede inteligente e pensante de Santa Maria ao Corvo, de modo a aumentar a cultura científica e tecnológica dos açorianos. E este trabalho é fundamental porque é sempre mais um degrau num conjunto de acções e medidas que o Governo tem no âmbito do programa do Sistema Científico e Tecnológico.

Manter os postos centros e núcleos TIC – no total existem 74 nos Açores - com elevado sentido pedagógico, cívico e cultural, é exigência que é feita, pelo executivo, aos monitores, a fim de os elevados níveis de procura que têm registado nos últimos anos, na sua maioria jovens, os quais, sobretudo em ilhas mais pequenas, vêm aqui o único espaço onde podem ter acesso, gratuitamente, às novas tecnologias da informação.

O governante apelou também ao sentido de responsabilidade de cada um dos monitores para salvaguardarem a integridade física dos espaços, exercendo uma liderança e uma gestão responsável porque, só assim, disse, “o Governo Regional poderá continuar a apoiar estes espaços, criados com um objectivo claro, melhorar a cultura científica e tecnológica dos açorianos e, por isso, não pode haver desvirtuamentos da utilização menos própria destes espaços”.

José Contente anunciou hoje que os Espaços TIC vão conhecer um novo impulso já a partir do final de 2010, altura em que a tutela irá lançar um novo concurso para que o funcionamento, desenvolvimento e manutenção destes equipamentos e infra-estruturas esteja assegurado, “a fim de ser dada a continuidade à medida de apoio aos Espaços TIC, fundamental para o objectivo global de difusão da cultura científica e tecnológica nos Açores”, acrescentou.

No ano de 2009 os Espaços TIC foram apoiados através de um financiamento global na ordem dos 750 mil euros para gestão, aquisição de novos equipamentos e formação na área das tecnologias.

José Contente dirigiu ainda uma palavra de reconhecimento ao trabalho dos monitores, coordenadores e utentes dos Espaços TIC porque, diariamente, contribuem para o enraizamento e crescimento da cultura científica nos açorianos.



GaCS/VS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário