sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Mudança da hora, directivas comunitárias e distúrbios psicológicos


Os relógios vão recuar uma hora na madrugada do próximo Domingo, dando início ao horário de Inverno, que se prolongará até Março de 2010, altura em se regressa à hora de Verão.


O próximo Domingo será o dia mais longo do ano, com 25 horas, uma vez que a hora legal é atrasada 60 minutos, quando forem 02h00 em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, passando para as 01h00.

Na Região Autónoma dos Açores, a mudança é feita às 01h00 da madrugada do Domingo, 25 de Outubro, passando a ser meia-noite.

A mudança da hora deve-se a uma directiva comunitária que determina que os países da União Europeia devem entrar na hora de Verão no último Domingo de Março e adoptar a hora de Inverno no último Domingo de Inverno.

Durante cinco meses, as noites vão cair mais cedo, o que pode provocar algunas distúrbios aos portugueses, segundo Teresa Paiva, neurologista e especialista em medicina do sono.

O grande problema - refere - é os dias ficarem mais pequenos e a exposição solar mais baixa, adiantando que é péssimo as crianças irem muitas vezes para a escola ainda de noite.

A neurologista lembra a necessidade de se apanhar a luz do sol, logo de manhã, sublinhando que, nos países do Norte, a depressão aumenta significativamente nos períodos de Inverno.


Fonte: RTP Carlos Tavares com Agência Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário