sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Dia Mundial das Zonas Húmidas



Em pleno Ano Internacional das Florestas e 40.º aniversário da Convenção de Ramsar, o Governo dos Açores, através da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar, associa-se a estas comemorações internacionais, promovendo na Região um conjunto de iniciativas alusivas à temática.

Assim, um pouco por todas ilhas irá decorrer um programa diversificado de actividades dirigidas a diferentes públicos-alvo, que incluirá percursos de interpretação ambiental e visitas a sítios classificados, exposições, palestras, a distribuição de folhetos e cartazes, a divulgação junto dos meios de comunicação locais, a realização de jogos e o lançamento da 1.ª edição da newsletter do Parque Natural do Faial.

A Convenção sobre Zonas Húmidas constitui um tratado inter-governamental adoptado em 2 de Fevereiro de 1971 na cidade iraniana de Ramsar. Por esse motivo, é geralmente conhecida como "Convenção de Ramsar" e representa o primeiro dos tratados globais sobre conservação, sendo que se comemora anualmente no dia 2 de Fevereiro, o Dia Mundial das Zonas Húmidas.

A Convenção entrou em vigor em 1975 e conta actualmente com 150 países contratantes em todos os continentes. Encontram-se designados pelas partes contratantes cerca de 1600 sítios de importância internacional, cobrindo aproximadamente 134 milhões de hectares de zonas húmidas. Segundo o texto aprovado pela Convenção, zonas húmidas são definidas como "zonas de pântano, charco, turfeira ou água, natural ou artificial, permanente ou temporária, com água estagnada ou corrente, doce, salobra ou salgada, incluindo águas marinhas cuja profundidade na maré baixa não exceda os seis metros".

Na Região Autónoma dos Açores, encontram-se classificados 12 sítios ao abrigo desta Convenção: Lagoas das Fajãs dos Cubres e da Caldeira de Santo Cristo; Caldeira da Graciosa (Furna do Enxofre); Caldeira do Faial; Caldeirão do Corvo; Complexo Vulcânico das Furnas; Complexo Vulcânico das Sete Cidades; Complexo Vulcânico do Fogo; Ilhéus das Formigas e Recife Dollabarat; Planalto Central de Terceira (Furnas do Enxofre e Algar do Carvão); Planalto Central das Flores (Morro Alto); Planalto Central de São Jorge (Pico da Esperança) e Planalto Central do Pico (Achada).


GaCS/SRAM
Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário