quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Governo concede apoios nas áreas da habitação e igualdade de oportunidades



Cerca de 680 mil euros é o montante concedido pela Secretaria Regional do Trabalho e Solidariedade Social no âmbito dos apoios à habitação e à promoção de igualdade de oportunidades.

Ao abrigo dos programas de apoio à recuperação de habitação degradada, aquisição e ou construção e Famílias com Futuro foram atribuídas verbas num total superior a 487 mil euros, abrangendo 15 agregados familiares oriundos das ilhas São Miguel, Terceira e Graciosa, que poderão agora beneficiar de melhores condições de habitabilidade.

Já no âmbito dos apoios à promoção de igualdade de oportunidade, o Governo concedeu mais de 192 mil euros a diversas entidades na Região Autónoma dos Açores.

As verbas, atribuídas, por Portaria, abrangem as Santas Casas da Misericórdia das Lages do Pico, da Praia da Vitória, de Santa Cruz das Flores, a UMAR – Associação para a Igualdade e Direitos das Mulheres, o Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Oliveira e o Centro de Terapia Familiar.

Os apoios visam, entre outros, comparticipar as despesas inerentes à implementação de núcleos de atendimento e apoio a vítimas de violência doméstica, incluindo o acolhimento de emergência nas ilhas do Pico e das Flores, ao desenvolvimento do projecto “Núcleo de iniciativas de prevenção e combate à violência doméstica e promoção da igualdade” e ao desenvolvimento do projecto “Intervenção formativa”, na área da violência doméstica de acordo com o previsto no Plano Regional de Prevenção e Combate à Violência Doméstica.

O valor total autorizado teve, igualmente, como objectivo assegurar o apoio de despesas de funcionamento relacionadas com a integração de indivíduos portadores de deficiência em programas ocupacionais de experimentação laboral, com a integração de indivíduos em situação de exclusão social e pessoas portadores de deficiência em programas ocupacionais para aquisição de competências para a empregabilidade, comparticipar financeiramente o suporte logístico e administrativo necessário para o funcionamento da Equipa Especial e Inter-institucional de Prevenção e Combate à Violência Doméstica na ilha de São Miguel e ao desenvolvimento das acções necessárias à efectivação e alargamento a outras ilhas do Programa de Reabilitação de Agressores – Contigo.




GaCS/SM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário