quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Governo apresentou caderno de especificações para a certificação do alho da Graciosa


A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas apresentou, aos produtores da ilha Graciosa, a proposta de caderno de especificação para a certificação do alho produzido naquela ilha com a denominação de Identificação Geográfica Protegida (IGP).



O documento foi apresentado num encontro entre Noé Rodrigues, a Direção da Adega e Cooperativa da Graciosa e os produtores locais, seguindo posteriormente para as entidades nacionais e comunitárias com a finalidade de qualificar e valorizar mais um produto regional.


O Governo dos Açores tem vindo a trabalhar em conjunto com algumas organizações de produtores regionais que “podem servir de pivôs de processos desta natureza”, sendo que no caso da Graciosa “a Adega e Cooperativa Agrícola mostrou-se disponível para dar seguimento a este trabalho em cooperação com os serviços de desenvolvimento agrário”, referiu Noé Rodrigues.


Com mais esta iniciativa o Governo dos Açores pretende “proteger e valorizar” o alho da Graciosa na sua abordagem aos mercados.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário