terça-feira, 9 de abril de 2013

Governo visita a obra de construção da creche, jardim-de-infância e centro de atividades ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa


A Secretária Regional da Solidariedade Social considerou hoje que “os espaços de resposta social não devem ser nunca equacionados como espaços de guarda”, mas sim como “espaços pedagogicamente estimulantes e que proporcionam um espaço educativo e de apoio às famílias”, uma vez que também funcionam como “importante dimensão” de conciliação entre a vida familiar e profissional. 

Piedade Lalanda falava no final de uma visita à obra de construção da creche, jardim-de-infância e centro de atividades ocupacionais da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa, onde acompanhou o Presidente do Governo, que se deslocou ao local no âmbito da visita estatutária a esta ilha.

Num investimento superior a 1,8 milhões de euros, a creche terá capacidade para 52 crianças e o jardim-de-infância acolherá 30, enquanto o Centro de Atividades Ocupacionais terá capacidade para 10 utentes.

A Secretária Regional salientou que esta obra, que concentra “três áreas importantes para a Graciosa”, vai permitir “qualificar a resposta social na área da infância e da deficiência”.

Piedade Lalanda frisou que “a Região tem, felizmente, uma rede de equipamentos bastante alargada”, que “dá resposta cabal a várias valências”.

No que se refere às creches, a Secretária Regional salientou que o Governo dos Açores vai avançar nesta legislatura com a construção de uma creche no concelho de Nordeste, em São Miguel, permitindo que todos os concelhos da Região passem a estar dotados com esta valência.

Questionada pelos jornalistas sobre a situação social na Graciosa, Piedade Lalanda afirmou que o facto de a ilha ser pequena permite que os técnicos de serviço de social consigam "conhecer muito bem as famílias com necessidades”, assegurando que estes serviços têm acompanhado atempadamente as necessidades das famílias.


GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário