quarta-feira, 21 de março de 2012

José Contente tranquiliza graciosenses sobre crise sísmica


O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos deslocou-se hoje à Graciosa para transmitir uma mensagem de tranquilidade aos graciosenses perante a atual crise sísmica, que está a ser acompanhada de perto pelas instâncias competentes e que confirmaram que não há risco para a população.



José Contente relembrou que o Governo Regional acompanha diariamente tudo aquilo que compete à segurança dos açorianos e, neste caso concreto, perante uma crise sísmica na ilha, “a minha primeira palavra é para tranquilizar as pessoas”.


A tutela, conjuntamente com as autoridades locais, o Serviço Regional de Proteção Civil e a Universidade dos Açores, através do CIVISA - que dá acompanhamento técnico e científico -, está atenta e a acompanhar o fenómeno, que já ocorreu em outras ilhas.


Após o encontro com o autarca de Santa Cruz, o governante referiu que “estou aqui para dizer que estamos atentos e para apelar para não exacerbarem qualquer intranquilidade. É uma crise sísmica semelhante a outras que existem no arquipélago e, relembro, temos todos os dispositivos técnicos e humanos bem preparados e operações definidas para atuarmos se necessário”.


O Secretário Regional anunciou que a tutela está a elaborar um plano de emergência em todas as ilhas e que no caso concreto da Graciosa ela fica concluído esta semana, porque já estava a ser preparado antes da crise sísmica.


José Contente explicou que este plano consiste no levantamento, através do recurso à georeferenciação, de todos os meios e recursos que podem ser úteis numa situação de emergência, nomeadamente a identifica das infraestruturas críticas, dos locais seguros para abrigar a população, dos pontos de eletricidade e de água, entre outros.


“A nossa atitude é sempre de prevenção e já estávamos a fazer este plano antes das crises sísmicas para termos um planeamento de emergência sempre atualizado”, afirmou o governante, acrescentando ainda que “felizmente temos um corpo de bombeiros bem equipado, com equipamento diverso, bem treinado, que é invejável no país, e que permite que em situações de catástrofe ou calamidade estejamos bem preparados para garantirmos a segurança dos açorianos”.



Anexos:


GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário