terça-feira, 6 de julho de 2010

Direcção Regional da Cultura Promove Formação na Área do Livro e da Leitura



Dando continuidade ao seu programa de formação na área do Livro e da Leitura, a Direcção Regional da Cultura em parceria com o Centro de Formação da Associação de Escolas da Terceira, São Jorge e Graciosa, promove na Terceira, algumas acções relacionadas com a temática da Literatura Infantil.

Na semana de 5 a 9 de Julho, tiveram início na escola Jerónimo Emiliano de Andrade as acções de formação:

- “Conto Tradicional e Imaginário: Pontos de em-Conto e Pontes de Encanto”, pela Dr.ª Maria Teresa Meireles;

- “Relações entre a Literatura Popular e a Literatura Infanto-Juvenil”, pela Dr.ª Maria Emília Traça;

- “Curso de Didáctica do Português e Literacias do Século XXI”, pela Dr.ª Dulce Souza Gonçalves.

Estas actividades, destinadas a técnicos das bibliotecas públicas e docentes, têm vários objectivos, consoante a temática abordada, que incluem: expandir conhecimentos sobre a Literatura Tradicional, sensibilizar para a importância de um conhecimento compassado, de uma cultura com Passado, pensar e repensar as mensagens que os textos nos transmitem; contactar com a imensa riqueza e diversidade do nosso património oral e, reconhecer a sua importância como fonte de aprendizagens significativas na infância; reflectir sobre a questão da Literacia e a importância da Literatura e da didáctica da Língua, apreender a importância da componente textual na formação da criança.

Formadoras conceituadas no panorama nacional, docentes e com larga experiência na área da formação, é um privilégio podermos contar com o seu contributo.

Maria Teresa Meireles, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, pela Universidade de Lisboa, tem Mestrado em Literaturas Comparadas Portuguesa e Francesa (Época Medieval), pela Universidade Nova de Lisboa e Doutoramento em Literatura de Tradição Oral, pela mesma Universidade. Directora da colecção «Redes e Enredos» (Editora Apenas). É Directora da colecção «Redes e Enredos» (Editora Apenas), membro do IELT (Instituto de Estudos de Literatura Tradicional) e consultora para as «Palavras Andarilhas», evento promovido pela Biblioteca Municipal de Beja.

Autora de vários livros, artigos e manuais escolares, a sua função de professora esteve sempre directamente ligada ao livro e à leitura.

Maria Emília Traça, licenciada em Filologia Românica (Universidade do Porto) e Mestre em Ensino da Língua Portuguesa pela mesma Universidade, tem desenvolvido actividades no Ensino do Português, da Literatura Popular e da Literatura Infanto-Juvenil, enquanto professora, formadora e autora de manuais escolares de Língua Portuguesa. Membro do Centro de Tradições Populares Portuguesas "Viegas Guerreiro" da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e do Instituto de Estudos de Literatura Oral da Universidade Nova de Lisboa, tem feito comunicações em congressos e seminários em Portugal e no estrangeiro, relacionadas com a Literatura Popular e com a Literatura para Crianças e Jovens.

Dulce Gonçalves é licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Tem Mestrado em Estudos Anglo-Portugueses pela mesma Universidade. Tem sido formadora no âmbito do projecto Itinerâncias da Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas, do Ministério da Cultura e é também autora de diversos artigos e de alguns livros para crianças.


GaCS/SF/DRaC

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário