quarta-feira, 16 de abril de 2014

Ilha Graciosa lidera ranking das retomas de resíduos de embalagem da Sociedade Ponto Verde

O Secretário Regional dos Recursos Naturais revelou hoje, em Santa Cruz, que a ilha Graciosa liderava, em dezembro, o ranking regional das retomas de resíduos de embalagem da Sociedade Ponto Verde, com 94,2 Kg por habitante.

Luís Neto Viveiros falava à margem da visita a uma das duas lixeiras existentes na Graciosa que o Governo dos Açores vai selar, estando a decorrer o concurso para adjudicação da empreitada, com um valor base de 800 mil euros.

“Esta empreitada, prevista na Carta Regional de Obras Públicas, tem um prazo de execução de 120 dias e decorre da entrada em funcionamento do Centro de Processamento de Resíduos e Centro de Valorização Orgânica por Compostagem da Ilha da Graciosa”, salientou o Secretário Regional, que se deslocou ao aterro de Santa Cruz  no âmbito da Visita Estatutária do Governo dos Açores à Graciosa.

Luís Neto Viveiros recordou que também abriu um concurso público para a empreitada de selagem de duas lixeiras na ilha das Flores, com um valor base de 1,1 milhões de euros e um prazo de execução de 120 dias a partir da data de consignação.

Atualmente, existem nos Açores 10 aterros/locais de deposição para resíduos sólidos urbanos (RSU), dos quais seis serão selados e requalificados até ao final de 2015.

O Plano Estratégico de Gestão de Resíduos dos Açores (PEGRA) considera a gestão de resíduos como um dos eixos fundamentais em que se deve basear uma estratégia de desenvolvimento sustentável para a Região, contribuindo para a valorização dos recursos naturais, a proteção da qualidade dos ecossistemas e a salvaguarda da saúde pública.



GaCS



Publicado por: Jorge M. Goncalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário