quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Presidente do Governo recebe Presidentes de Câmara em audiências


O Presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, reafirmou hoje que o projeto do Cais de Cruzeiros de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, será repensado e reavaliado, de forma a cumprir a legislação sobre o parque arqueológico e ser integrado nos objetivos de desenvolvimento da Região.

“O que será feito é aquilo com que me comprometi na campanha eleitoral, que, aliás, corresponde ao sentir e às posições expressas pelo Conselho de Ilha e pela Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo, que é a necessidade de repensar e reavaliar este projeto”, afirmou Vasco Cordeiro, em declarações aos jornalistas no final de uma audiência que concedeu à presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

O Presidente do Governo salientou que “esse trabalho de reavaliação do projeto será desencadeado”, numa análise da “forma como ele está definido e se integra nos objetivos de desenvolvimento da Região”.

Vasco Cordeiro, que recebeu também em audiência no Palácio de Santana, em Ponta Delgada, o presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, salientou que foi analisada no encontro a forma de melhor conseguir satisfazer as necessidades habitacionais na freguesia da Ribeira das Taínhas, considerando que este processo “é um bom exemplo da cooperação que se pode estabelecer entre o Governo Regional e uma autarquia local na realização deste objetivo que é dar prevalência à reabilitação urbana”.

“O que sai desta reunião é o compromisso da Câmara Municipal de fazer um levantamento na freguesia das habitações abandonadas, degradadas e devolutas para permitir uma intervenção para as colocar em condições de poderem satisfazer as necessidades de habitação social”, afirmou.

O reforço da competitividade das explorações agrícolas deste concelho foi também analisado na audiência, tendo o Presidente do Governo salientado que o executivo está a analisar projetos relativos a caminhos agrícolas e ao abastecimento de água, nomeadamente na freguesia da Ponta Garça, tendo em vista reforçar a competitividade das explorações agrícolas.

Relativamente ao acesso ao Porto de Pescas de Vila Franca do Campo, Vasco Cordeiro admitiu que essa pretensão está elencada pelo executivo regional, adiantando que está a ser desenvolvido um trabalho para “definir as melhores soluções”.

 “Não consta do Plano e Orçamento para 2013, mas reconhecemos que é uma necessidade a resolver no concelho, a que o Governo pretende dar resposta durante esta legislatura”, afirmou Vasco Cordeiro.

O Presidente do Governo dos Açores recebeu também em audiência o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, com quem analisou, entre outras questões, o processo do matadouro.

Vasco Cordeiro salientou que está a ser ultimado o plano de pormenor para que se “possa avançar” com a construção do matadouro, considerando que este equipamento “vai permitir outras condições para a valorização do setor agropecuário na ilha Graciosa e outras condições para a competitividade da produção de carne na ilha”.

No que se refere aos transportes marítimos, frisou que está a ser concluída a infraestrutura no Porto da Praia que “permitirá que, já em 2013, seja possível na ilha Graciosa a operação sazonal do transporte marítimo de passageiros e de viaturas, retirando todas as potencialidades e benefícios de os navios operarem com as suas próprias rampas e não com as rampas laterais”.

“Em relação à habitação, foi possível acordar um reforço da cooperação entre o Governo Regional e o Município de Santa Cruz, no sentido de se proceder a um levantamento das habitações degradadas, devolutas, que possam ser alvo de recuperação, no sentido de se reforçar os mecanismos para satisfazer os interesses da política de habitação social do Governo”, acrescentou.


Anexos:
2013.02.13-PGR-AudiênciaVilaFrancaCampo.MP3 
2013.02.13-PGR-AudiênciaSantaCruzGraciosa.MP3 
2013.02.13-PGR-AudiênciaAngradoHeroísmo.MP3



GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário