segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

EM BUSCA DO PAINHO-DE-MONTEIRO NA SIC


"Em busca do Painho-de-monteiro" é um documentário sobre uma espécie endémica da Graciosa e será transmitido pela SIC, no próximo domingo, dia 24 de fevereiro, pelas 11 horas. Não perca este episódio do programa "Vida Selvagem"!

"Em busca do Painho-de-monteiro" estreou em Sesimbra, no Finisterra - Arrábida Film & Art Festival, tendo sido condecorado com o segundo prémio na categoria de Natureza e Vida Selvagem.
Foi exibido no Centro Cultural da Ilha Graciosa a 7 de junho de 2012.

Pedro Carvalho, visitante assíduo dos Açores nas suas visitas à ilha Graciosa, acompanha os observadores de aves que procuram o Painho-de-monteiro na ilha Graciosa e conta a história do investigador Luís Monteiro que nos anos de 1990 a identificou como espécie endémica dos Açores. Luís Monteiro, investigador do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores, que faleceu a 11 de Dezembro de 1999, não chegou a ver o reconhecimento da ave a que ficou associada ao seu nome.
Gaspar Frutuoso relata a existência de muitos painhos no arquipélago, no séc. XVI. No entanto, foram intensamente capturados para extracção de óleo. Na época da baleação eram observados a alimentarem-se dos desperdícios da actividade e a que chamavam de Melro-da-baleia. Apesar de serem observados também nas Flores e Corvo, os estudos do DOP apenas indicam nidificação de espécies nos ilhéus da ilha Graciosa. É no ilhéu da Praia, onde foram colocados ninhos artificiais pelo DOP, que se considera haver maior colónia de painhos-de-monteiro do mundo, com cerca de 100 pares (http://siaram.azores.gov.pt/)

Os residentes da ilha Graciosa que viram o seu acesso ao ilhéu da Praia limitado, hoje vêem o ilhéu e a sua ilha enaltecida neste documentário, o qual coloca a Graciosa nos trilhos dos observadores de aves internacionais, que já visitam a ilha apenas para conhecer esta ave rara, recorrendo aos serviços das empresas marítimo-turísticas.


CMSCG
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário