sábado, 2 de fevereiro de 2013

Novas obrigações de serviço público trarão maior mobilidade, garante Vítor Fraga


O Secretário Regional do Turismo e Transportes afirmou que a criação de obrigações de serviço público no transporte marítimo de passageiros e a revisão das obrigações de serviço público do transporte aéreo vão traduzir-se numa “mais-valia em termos da capacidade de mobilidade para todos os açorianos”.

Vítor Fraga, que falava sexta-feira aos jornalistas no final de uma reunião com o Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, assegurou que o Governo dos Açores está “fortemente empenhado em encontrar uma solução que satisfaça os anseios da população da Graciosa” relativamente à “problemática dos transportes”.

Num âmbito mais global, segundo o Secretário Regional, a solução passa “pela revisão das obrigações de serviço público relativas ao transporte aéreo e pela criação de obrigações de serviço público no transporte marítimo de passageiros”.

Em relação às obrigações de serviço público do transporte marítimo de passageiros, Vítor Fraga lembrou que “este é um projeto que está contemplado no Programa do Governo”, visando “ter uma empresa regional que preste este serviço e sirva também como entidade reguladora do preço do transporte no circuito inter-ilhas”.

Este é um projeto que está a ser desenvolvido, passando primeiro pela fusão entre a Atlânticoline e a Transmaçor e que, a seu tempo, terá a sua conclusão, afirmou Vítor Fraga.



Anexos:
2013.02.01-SRTT-ReuniãoPresidenteCMSCGraciosa.mp3


GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário