terça-feira, 18 de junho de 2013

Museu de Angra do Heroísmo inaugura exposição sobre vida e obra de Manuel Machado Ávila

O Museu de Angra do Heroísmo inaugura quinta-feira, 20 de junho, a exposição intitulada “Manuel Machado Ávila, 1916-2001, vida e obra”, que ficará patente na Sala de Destaques.

Esta exposição, que resulta de uma parceria com o Museu da Graciosa, homenageia um terceirense que exerceu as funções de Chefe de Conservação da Delegação da Graciosa das Obras Públicas da Junta Geral do Distrito de Angra do Heroísmo, distinguindo-se pela extensão e multiplicidade da obra que desenvolveu nas áreas da arquitetura, construção e fiscalização, mas também do desenho, da pintura e da literatura.

Manuel Machado Ávila foi também, por largos anos, colaborador do jornal A União, do Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira e da Revista Atlântida, além de ilustrador dos livros de Augusto Gomes.

Nascido na freguesia das Doze Ribeiras, a 10 de maio de 1916, numa família numerosa, ligada à terra pelo trabalho e à administração pública pelo ofício do pai, Manuel Machado Ávila revelou a sua criatividade e vocação artística ainda muito jovem.

Descoberto e apoiado por homens da cultura local, ingressou na Escola Madeira Pinto em 1933, formando-se nos cursos Comercial e Industrial, tendo iniciado em 1938 uma carreira de técnico de obras ao serviço da Junta Geral de Angra do Heroísmo, primeiro como apontador e, alguns anos depois, como Chefe de Conservação.

Em 1985, quando se aposentou, com 42 anos de serviço, recebeu um louvor atribuído pelo Secretário Regional do Equipamento Social.

Manuel Machado Ávila faleceu a 8 de março de 2001, na Vila de Santa Cruz da Graciosa.



GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário