quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Termas e hotel da ilha Graciosa reabrem a 15 de fevereiro

As termas do Carapacho e o hotel da Ilha Graciosa deverão reabrir a 15 de fevereiro depois de terem sido encerrados preventivamente, no final de novembro, devido a bactérias na água da unidade hoteleira.
 “O que está previsto é abrir no dia 15 de fevereiro o hotel e as termas”, adiantou Carlos Brum, responsável pela empresa que gere o hotel e as termas, que encerraram preventivamente no final de novembro de 2003.
O Graciosa Resort & Business Hotel encerrou devido à presença de bactérias na água desta unidade hoteleira de quatro estrelas e depois de diagnosticado um caso da doença do legionário num hóspede.
Carlos Brum disse que por "uma questão de precaução" as termas foram também encerradas depois de ter sido detetado o caso da doença do legionário no hóspede do hotel. A estância termal, localizada na freguesia da Luz, onde se realizam tratamentos de patologias do foro reumático e dermatológico, deve reabrir em simultaneo com o hotel.
"Já temos as análises do hotel em que está tudo ok, não há problemas", disse, acrescentando que vão ser necessárias "algumas obras no hotel" ao nível dos "tanques e estruturas das águas".
O responsável admitiu ainda que o encerramento da unidade hoteleira teve "muitas repercussões", também "em termos de turismo para a Graciosa", pois "foi necessário cancelar algumas reservas".

Fonte: AO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário