terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Espécie de gaivota pouco comum nos Açores foi registada na ilha Graciosa

Um exemplar adulto de gaivotão-branco ou gaivota-hiperbórea (Larus hyperboreus), espécie pouco comum nos Açores, foi descoberto no Picadeiro da Graciosa, onde foi recolhido e, posteriormente, libertado por um Vigilante da Natureza do Parque Natural de Ilha.

Este foi apenas o terceiro exemplar registado na ilha Graciosa desta espécie, que é a maior gaivota que nidifica no Ártico, mas que, com condições atmosféricas adversas de vento e frio, como as registadas recentemente, surge ocasionalmente nos Açores.

O gaivotão-branco, embora raro, é uma das várias espécies de gaivotas que ocorrem no arquipélago, além da subespécie endémica açoriana denominada gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis atlantis).

O registo das espécies de aves não comuns avistadas nos Açores pode ser reportado e consultado na Internet em dois sítios dedicados a esta temática, o Aves dos Açores (http://azores.avesdeportugal.info) e o Azores Bird Sightings (http://azoresbs.weebly.com).




GaCS

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário