segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Plano Estratégico para a Coesão avança antes do final do ano



O vice-presidente do Governo Regional dos Açores, Sérgio Ávila, revelou esta segunda-feira, nas Flores, que o executivo vai lançar, antes do final do ano, o Plano Estratégico para a Coesão dos Açores, que permitirá discriminar positivamente as ilhas mais pequenas.


“Trata-se de mais uma ferramenta estratégica e operacional que vai permitir introduzir mais-valias que discriminem ainda mais positivamente as ilhas de menor dimensão, identificando, apoiando e incentivando o desenvolvimento de novos segmentos de actividade económica”, afirmou.


Sérgio Ávila falava na ilha das Flores, na cerimónia de inauguração de uma nova unidade hoteleira, que envolveu um investimento de 5,5 milhões de euros e se insere nesta estratégia de coesão defendida pelo governo açoriano.


Na sua intervenção, referiu como outros exemplos o novo hotel de quatro estrelas recentemente inaugurado na Graciosa, o campo de golfe que vai ser construído em Santa Maria e a Pousada de Juventude de S. Jorge.

“São investimentos que apostam na diversificação e qualificação da oferta turística, realçando os pontos fortes e as potencialidades que cada ilha pode disponibilizar”, afirmou.



Fonte: Açoriano Oriental

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Combustíveis sobem nos Açores pela 2ª vez em menos de 15 dias

O preço dos combustíveis vai aumentar amanhã dois cêntimos nos Açores, pela segunda vez em menos de 15 dias, devido à subida do custo do petróleo nos mercados internacionais.

Este novo aumento, hoje anunciado pelo Governo Regional dos Açores (a quem compete fixar os preços máximos de combustíveis nas ilhas), vai reflectir-se nas gasolinas, no gasóleo rodoviário e no gasóleo agrícola e das pescas.

Assim, a actualização de preços será de 2 cêntimos por litro nas gasolinas, no gasóleo rodoviário e agrícola e de um cêntimo por litro no gasóleo pescas.

Com esta nova subida, as gasolinas de 95 e 98 octanas passam a ser comercializadas nos Açores 1,13 euros e 1,19 euros por litro, respectivamente, e o gasóleo rodoviário a 94 cêntimos por litro.

O gasóleo agrícola será comercializado a um preço máximo de 54 cêntimos por litro e o gasóleo pescas de 41 cêntimos por litro.

Os novos valores entram em vigor a partir das 0h00 de quarta-feira.

Recorde-se que já no passado dia 8 de Agosto, o Governo tinha feito uma actualização do preço dos combustíveis nas ilhas, na altura aumentando em apenas 1 cêntimo por litro, as gasolinas 95 e 98, o gasóleo rodoviário e os gasóleos para a agricultura e pescas.

Fonte: Diário Digital

domingo, 16 de agosto de 2009

Os alhos da Graciosa


São poucos os produtos nos Açores com certificação europeia de origem controlada. Os alhos da Graciosa são um desses raros produtos. A realidade da produção do alho no entanto tem vivido dificuldades que os produtores não estavam a conseguir solucionar sozinhos. Inserido neste programa, a cooperativa em conjunto com a CCAH, através do seu núcleo da Graciosa, realizou uma visita exploratória a Gilroy, denominada “capital mundial do alho”.

“Esta visita foi de uma importância vital para o desenvolvimento da cultura do alho na Graciosa. Lá, junto das empresas de sucesso do sector, aprendemos novas técnicas que vão facilitar em muito a produção e tomamos conhecimento de novas formas de comercializar o alho, enquanto produto transformado”, explica Carlos Brum, responsável do núcleo da CCAH na Graciosa.

Na prática os produtores descobriram em Gilroy tecnologia que permite descascar o alho de forma simples e rentável e novas metodologias de armazenamento e secagem. Este foi um passo muito importante que se traduziu já num aumento da área de cultivo do alho para o dobro.

A Graciosa que era responsável por 1% de toda a produção de alho nacional, viu esse número crescer para os 2%, e encontra no alho transformado, um leque de produtos que permitem crescer ainda mais esta cota de mercado. Também nesse sentido foi muito importante a visita a Gilroy. “Junto das empresas americanas vimos exemplos de aplicações que ate desconhecíamos. De certa forma aprendemos como rentabilizar ao máximo o produto através da transformação, fugindo ao artesanal processo de comercialização do alho em restas”, destaca o responsável.

Outra das mais-valias foi a troca de tecnologia e contactos. Os produtores da Graciosa já trouxeram maquinaria que estão a utilizar na cooperativa e contactos para compra de novas sementes, que vão permitir uma qualidade ainda maior do alho graciosense.



Fonte: A União

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Carlos César aposta na Graciosa


Presidente do Governo Regional promete resolver problemas com a câmara municipal da Ilha Graciosa e quer ganhá-la ao PSD

O presidente do PS/Açores, Carlos César, afirmou ontem, em Santa Cruz da Graciosa, que pretende "resolver todos os problemas de habitação" desta ilha açoriana nos próximos quatro anos.

"Temos um grande objectivo, que tracei em conjunto com Manuel Avelar (candidato socialista à Câmara de Santa Cruz), para que, no próximo mandato autárquico, sejamos capazes de resolver todos os problemas de habitação na ilha Graciosa", afirmou Carlos César.

O líder regional socialista, que também é presidente do Governo Regional dos Açores, falava durante uma visita às obras de construção do Centro de Apoio aos Visitantes da Caldeira.

Esta obra, da responsabilidade do governo regional, foi apresentada por Carlos César como uma prova da "capacidade empreendedora" dos socialistas. "Nós precisamos que haja uma mudança na câmara, que permita uma maior parceria com o governo regional em sectores como a promoção turística, o abastecimento de água à lavoura ou a construção urgente de um parque industrial", afirmou o presidente do PS/Açores.

Para Carlos César, a Câmara de Santa Cruz da Graciosa "é uma das mais fraquinhas dos Açores". A Câmara da Graciosa é liderada há dois mandatos pelo social-democrata José Aguiar, que se vai recandidatar ao cargo nas autárquicas de Outubro.

Para conquistar a autarquia, os socialistas apostam em Manuel Avelar, actual vereador e vice-presidente da Academia Musical da Graciosa. Nas autárquicas de 2005, o PSD venceu apenas com três pontos de vantagem.


quarta-feira, 12 de agosto de 2009


O PSD da Graciosa denunciou hoje os "graves prejuízos" causados à economia da ilha pela actual operação de transporte marítimo de passageiros no arquipélago dos Açores, considerando que esta ilha "nunca foi tão prejudicada".


"Nunca a Graciosa foi tão prejudicada pela política de transportes marítimos de passageiros. Se, em anos anteriores, foi sendo prejudicada, este ano supera os piores prognósticos jamais feitos", refere um comunicado da Comissão Política do PSD local.


O documento salienta que a operação deste ano "veio demonstrar a total incapacidade e a completa incompetência para levar por diante uma boa ideia".


Os social-democratas recordam os casos de passageiros que não são avisados sobre alterações da hora de partida dos navios, de mudanças "incompreensíveis" de rotas e horários e denunciam a falta de ligações à Graciosa por ocasião das festas da ilha.


"Nem há 30 anos se demorava tanto tempo para chegar à Graciosa", refere o PSD, denunciando "os graves prejuízos" que estes problemas provocam na "imagem do destino Graciosa".


Nesse sentido, conclui o PSD que "a grande maioria dos açorianos estão impedidos de viajar para a Graciosa e a Graciosa está a ser impedida de se afirmar como ilha com vocação turística".


Fonte: Expresso

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Programa de Turismo Sénior já tem 643 pessoas inscritas para viajar e nenhuma delas é da Graciosa



O Governo Regional dos Açores revelou que o Programa de Turismo Sénior 60+ conta já com 426 candidaturas, num total de 643 pessoas que vão viajar entre as ilhas do arquipélago.


O programa, que se realiza pelo segundo ano consecutivo, destina-se a residentes nos Açores com idade igual ou superior a 60 anos, proporcionando viagens às ilhas de Santa Maria, Graciosa, S. Jorge, Pico, Faial e Flores.

Entre os inscritos, 188 são da Terceira, 184 de S. Miguel, 100 do Pico, 87 do Faial, 66 de Santa Maria, nove das Flores e seis de S. Jorge.

O programa, que conta com a colaboração da SATA e do INATEL, decorre desde Agosto até Maio de 2010, estimando o executivo açoriano que possa abranger cerca de um milhar de idosos.


Cada participante paga apenas 25 euros, tendo direito a transporte aéreo, estadia de uma semana num hotel, além das ligações de e para o aeroporto, excursões e actividades de animação na ilha de destino.


No ano passado, este programa abrangeu 868 pessoas, num investimento de 500 mil euros do governo regional.



Festas do Senhor Santo Cristo na Graciosa







O culto do Senhor Santo Cristo na Ilha Graciosa manifesta-se nas festividades que se realizam na vila de Santa Cruz, de 5 a 11 de Agosto, festividades essas que igualmente se iniciam com uma mudança da imagem Ecce-Homo e se continuam com uma solene procissão e alegres e concorridos arraiais. Mariza e António Pinto Bastos são cabeças de cartaz das Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres da Graciosa, que deverão actuar nas noites de 9 e 10 de Agosto, no âmbito dos momentos “Festa Graciosa 2009” e “Noite de Fado”, respectivamente, dividindo as atenções com os artistas Mafalda Veiga e Dama Bete.





Marcarão também presença os grupos locais, incluindo as bandas filarmónicas, a par de diversas manifestações culturais e religiosas, tauromaquia, actividades desportivas e exposições de arte.

O dia 7 será marcado pela abertura das exposições de Desenho de José Maria das Dores, na Biblioteca Municipal ás 21:00h; Pintura intitulada “Rosto de Um Povo” de Tó Carvalho, no Museu da Graciosa; de Aguarelas de Christiane Heger-Binder e Pintura em tecido de Maria de Jesus Silva, no hall do edifício sede da Câmara Municipal uma hora mais tarde.

No mesmo dia estão previstas as actuações dos grupos musicais “Sonâmbulos e Wake up Girls” e “Kontrabanda”.

As provas de Santo Huberto, a realizar na Serra Branca pelas 08:30h, e as regatas de Botes a Remo à Vela, até ao cais da Calheta por volta das 14:00h, são os destaques de sábado, 8 de Agosto, bem como o torneio de futebol de veteranos entre as Equipas da Associação de Veteranos do Nordeste, Futebol Clube da Calheta e Clube de Veteranos da Ilha Graciosa, no Complexo Desportivo de Santa Cruz pelas 15:00h.

No final do dia 11 está previsto o lançamento do livro “A Graciosa Ilha” dos autores Victor Rui Dores e José Nascimento Ávila, na Biblioteca Municipal pelas 21:00h, seguindo-se a actuação do artista local Aristides Romeiro pelas 23:30h e um espectáculo pirotécnico a marcar o encerramento da edição de 2009 das referidas festividades por volta da 01:00h.


Procissão de Santo Cristo

É de salientar a procissão de Santo Cristo da Graciosa, a realizar domingo 9, pelas 18:30h, com saída da Igreja da Matriz. Mas, antes, pelas 16h00, terá lugar a solene concelebração, no referido templo, seguida de desfile de filarmónicas.


No dia anterior, às 15:00h, tem início a cerimónia de trasladação da imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres da Igreja da Misericórdia para a Igreja Matriz, acompanhada pela Filarmónica Recreio dos Artistas, seguida de Eucaristia Solene.


O Tríduo Preparatório está marcado para 5, 6 e 7 de Agosto, pelas 18:00h, na Igreja da Misericórdia.


Corrida de toiros entrega troféus


A primeira corrida, com seis toiros de Rego Botelho, conta com a participação dos cavaleiros João Moura, Tiago Pamplona, Rui Lopes e o novilheiro João Augusto Moura, estando as pegas a cargo do grupo de Forcados da Tertúlia Tauromáquica Terceirense e Forcados Amadores do Ramo Grande. Este evento está previsto realizar-se às 18:00h de 8 de Agosto.


No dia 10, à mesma hora, será a vez da corrida com seis toiros de Brito Paes, adquiridos por Valentim Santos e Dimas Bettencourt, com a participação dos cavaleiros João Moura, Tiago Pamplona, Rui Lopes, estando as pegas a cargo dos mesmos grupos de forcados.

Após a corrida serão entregues os seguintes troféus: Melhor Pega da Feira; Apresentação de Feira; Bravura da Feira (só lides a cavalo); e Melhor Lide a Cavalo

No que concerne a touradas à corda, enquanto a primeira realizar-se-á a 7 de Agosto, na Rua do Corpo Santo, com quatro toiros da ganadaria de José Lúcio Veiga, a segunda terá lugar a 11, no mesmo local, com quatro toiros da ganadaria de Valentim Santos e Dimas Bettencourt, ambas marcadas para as 18:00h.

Fonte: Hardmusica.pt

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Turismo Subaquático dos Açores em debate na Graciosa



Apostar no Mergulho como produto estratégico do Turismo dos Açores, é o que pretende a segunda Bienal de Turismo Subaquático dos Açores (BTSA), a qual irá reunir na Graciosa, de 29 de Outubro a 1 de Novembro do corrente ano, um amplo conjunto de especialistas, agentes e prestadores de serviços associados ao turismo e mergulho para debater temas gerais como turismo e mergulho; empreendedorismo associado ao mergulho; mergulho como actividade sustentável e ambiente; saúde e segurança no mergulho; e aspectos técnicos do mergulho.

Esta iniciativa, organizada pela Associação Graciosense de Promoção de Eventos – AGRAPROME – em conjunto com a Associação Regional de Turismo – ART, segundo nota de imprensa, “é um evento que se pretende de referência na área do mergulho a nível nacional e que tem como objectivos principais a afirmação dos Açores como destino de mergulho e o debate de temáticas relevantes para o sector”.

Essa mesma afirmação, revela o documento, seria feita “através da promoção da actividade e oferta dos serviços turísticos associados, tendo por base um modelo de desenvolvimento turístico sustentável e responsável”.

A BTSA, que terá lugar no Centro Cultural de Santa Cruz da Graciosa, é dirigida a toda a comunidade associada ao turismo e desportos subaquáticos e, em particular, aos centros de mergulho, clubes navais, operadores marítimo-turísticos, agentes de viagem, associações de mergulho e praticantes. Constitui também uma oportunidade para outros agentes do sector do turismo para se informarem sobre o potencial e características do turismo subaquático, tais como os empresários de hotelaria e de restauração e as associações empresariais, e ainda para os técnicos de serviços de saúde e de emergência, conforme divulga a referida nota de imprensa.

Para além do programa técnico, este evento contará com um amplo programa social com vista a promover a interacção entre os participantes, acompanhantes e comunidade local e a fruição com a paisagem e as restantes potencialidades turísticas da ilha Graciosa.

Apresentação de trabalhos até 8 de Setembro

Serão aceites propostas para apresentação oral ou de posters na BTSA, aberta a todos os interessados, as quais serão avaliadas e seleccionadas pela comissão técnico-científica.

Os candidatos devem enviar ao secretariado o resumo do trabalho até 8 de Setembro, e a confirmação da aceitação das propostas será comunicada até 20 de Setembro, sendo necessário um dos autores proceder à inscrição até 30 de Outubro.

A participação requer o preenchimento da ficha e o pagamento da taxa de inscrição de 30 Euros, valor que inclui a participação nas sessões, na recepção, no jantar convívio e a documentação.

Em relação a viagens e alojamentos, as informações serão disponibilizadas em breve, entre outros dados, através do site oficial do evento: http://bienal-turismosubaquatico.org/.

Mergulho nos Açores

A localização geográfica dos Açores permite a realização de imersões únicas onde se destacam a existência de grandes pelágicos e uma visibilidade que varia entre os 10 e 30 metros, resultado de uma grande variedade de locais de mergulho e de geologia de fundo. É possível proporcionar aos participantes diversos tipos de mergulho, tendo em conta a existência de uma variada flora, fauna e de inúmeros túneis, cavernas e grutas dado a origem vulcânica das nossas ilhas, segundo informação disponível no site da Internet da BTSA.


Fonte: A União

sábado, 1 de agosto de 2009

Graciosa(s) notas …



A nossa Ilha Graciosa foi e continua a ser um destino turístico de encantamento único para muitas pessoas que, de várias partes do mundo, todos os anos nos visitam. Ao longo da sua história grandes e célebres individualidades por aqui passaram e aqui vieram encontrar o silêncio e a paz, um lugar verdadeiramente aprazível de beleza natural e paisagística para passar as suas férias.



Ontem, por exemplo, recebi um email do amigo Professor Doutor Teotónio de Almeida da Universidade Brown nos Estados Unidos que me escreveu a dizer que tinha pena mas este ano não podia vir cá passar férias como era habitual fazer todos os anos. No entanto, este nosso amigo deixou claro no email que faz questão de vir cá novamente para o próximo ano com a sua esposa.



Nesse mesmo email também me falou de uma amiga historiadora, de Lisboa, a Drª. Elisa Costa, que também por cá passou recentemente e que, ficando tão encantada com a nossa terra, escreveu "Graciosa(s) notas" a pedido do Dr. Almeida para serem propositadamente aqui publicadas neste blog de notícias da Galeriacores. O meu muito obrigado a ambos e ao amigo Dr. Teotónio por nos enviar, em anexo, este lindo texto da Drª. Elisa Costa sobre a nossa Ilha Graciosa que aliás, muito nos honra e que tenho todo o prazer em transcrever na íntegra aqui nesta página:


GRACIOSA(S) NOTAS...
autoria da Drª. Elisa Costa



Que deslumbramento aquela luz do entardecer à chegada a Santa Cruz da Graciosa.

A beleza da perfeita harmonia entre a arquitectura, tradicional e moderna – com o Centro Cultural e as novas habitações – e o asseio tão notório, a fazer jus à máxima «Ilha suja não é Graciosa».

Depois da surpresa daquele inesperado coreto o deleite de ouvirmos (e que bela a acústica do espaço) o Coro da Matriz de Santa Cruz cantando canções tradicionais açorianas, numa Ilha onde a música respira com os seus habitantes, haja em vista a sua Academia Musical.

A esfusiante natureza em flor, com as hortênsias bordejando bermas, as buganvílias, e a elegante imponência das araucárias. Os jardins, com tantos matizes, sempre bem cuidados e tratados.

A preservação das tradições - nas janelas, cantarias, as “burras de milho”, as chaminés de “mãos postas” - fazem dos Graciosenses tudo menos “burros”.

E, saber que desde 1707, a cada dia 24 de Maio, se faz a procissão em que todos participam, percorrendo 7 quilómetros a subir, desde Guadalupe até à Nossa Senhora da Guia, dando cada um o seu dia de trabalho (caso coincida com o Domingo há-de passar para a Segunda-feira, para que o costume se mantenha), fascina-nos.


A chegada, passando por uma zona florestal, e a descida à Furna do Enxofre, onde, calcorreados os 223 degraus, nos deparamos com um espectáculo único que desperta os nossos sentidos, pelo odor intenso do enxofre ao som do borbulhar das águas. Sensações únicas e inesquecíveis. O que terá sido escutar o concerto de violino que ali ocorreu em 1976?

E quanto à comida, do peixe tão variado quanto suculento aos doces deliciosos, e às surpreendentes meloas, sem esquecer a famosa e inigualável angelica (a melhor do arquipélago, dizem-nos). E os excelentes lacticínios que são, em parte, exportados para o “mercado da saudade”

Ilha com pouca água, no que faz lembrar a distante Santa Maria, mas, que em Julho de 2009 mantinha uma atractiva sedução para visitantes que de há muito desejavam conhecê-la, assim completando o périplo açorense.

E, a fugacidade da visita a exigir regresso e estada prolongada!

Navio Viking já chegou aos Açores


O navio Viking encontra-se hoje atracado no Porto de Ponta Delgada, onde chegou ao princípio da manhã, quase um mês e meio depois da data prevista para iniciar o transporte de passageiros entre as ilhas açorianas.

A primeira viagem do Viking está marcada para quarta-feira, numa ligação entre Ponta Delgada e Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, disse à Lusa António Raposo, presidente da Atlanticoline, empresa responsável pelo transporte marítimo de passageiros no arquipélago.

O Viking veio de Falmouth, no sul de Inglaterra, onde esteve a ser reparado a uma avaria num compartimento de proa, provocada pelo mau tempo e forte ondulação que enfrentou no mar quando se dirigia para Ponta Delgada.