quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O Presidente da República dedica hoje o segundo dia da visita aos Açores à ilha Graciosa, com um encontro com o Governo Regional na agenda


Depois de ter passado a terça-feira na ilha de Santa Maria, a primeira paragem de uma visita ao arquipélago dos Açores que se prolonga até sábado, o chefe de Estado inicia hoje o dia com uma recepção na Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa. Dali, a comitiva presidencial irá passar pela Igreja Matriz e para o Museu da Graciosa, seguindo para a Estação de Monitorização e Detecção de Ensaios Nucleares.

A seguir ao almoço, que irá decorrer na Quinta dos Grotas, Cavaco Silva tem, às 15h30, uma reunião com o Governo Regional dos Açores, presidido pelo socialista Carlos César, e com quem chegou viver momentos de maior tensão aquando do duplo veto presidencial ao Estatuto Político-Administrativo dos Açores.Na terça-feira, em declarações aos jornalistas, Carlos César negou a existência de qualquer conflito com o Presidente da República, embora tenha admitido que apesar de já ter “perdoado” esse duplo veto ainda não o esqueceu. “É sempre bem-vindo quem vem por bem”, garantiu ainda Carlos César, repetindo uma frase dita ainda antes do início da visita de Cavaco Silva aos Açores, à qual o presidente do Governo Regional dos Açores não atribuiu grande importância, considerando tratar-se de uma deslocação de representação.Após o encontro com o Governo Regional dos Açores, Cavaco Silva aproveitará o resto da tarde para visitar alguns dos pontos mais turísticos da ilha Graciosa, como as Termas de Carapacho, a Furna de Enxofre e a Ponta da Barca, de onde se pode avistar o ilhéu da Baleia. Depois da Graciosa, o Presidente da República irá ainda passar pelas ilhas de São Jorge, Flores e Corvo, cumprindo um compromisso assumido em 2007, quando visitou pela primeira vez os Açores enquanto chefe de Estado, de se deslocar a todas as ilhas do arquipélago dos Açores. No sábado, Cavaco Silva irá ainda visitar a ilha de São Miguel.

Fonte: Publico
Publicado por: Jorge Gonçalves


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário