segunda-feira, 13 de julho de 2015

A nossa página de notícias recebeu vários protestos contra as touradas de praça na Ilha Graciosa

Exmos. Senhores

Venho desta forma demonstrar o meu desagrado e solicitar o cancelamento da Tourada de 5 de Agosto que incita adultos e crianças a assistirem ao sofrimento animal e desrespeita a vida de outros seres. A Graciosa tem atrações turísticas mais do que suficientes para serem procurados por quem procura uma natureza ímpar e a calma que não existe noutras paragens, não se justificando a manutenção de espetáculos degradantes.

Depois da indústria tauromáquica terceirense ter conseguido implantar na ilha Graciosa o (mau) gosto pelas touradas, a autarquia graciosense teve o desplante de classificar a tortura de animais como património cultural e anualmente subsidia touradas de praça.

Enquanto houver touradas a minha família não irá de férias à Graciosa e à ilha Terceira centro irradiador de espetáculos anacrónicos onde são maltratados touros e cavalos e onde se fomenta a deseducação dos mais jovens.

Com os melhores cumprimentos

Filipa Rodrigues
filipavgrodrigues@gmail.com

...................................................................................................................................................................

Mesdames, messieurs,

Je suis désolée de ne pas parler suffisamment bien le portugais pour me faire comprendre.

Passionnés de vulcanologie, nous pensions trouver aux Açores de quoi satisfaire nos envies d'exotisme et d'éthique, d' autant plus que Graciosa , site protégé par l'UNESCO semblait un gage de vacances respectueuses de l'environnement,  respectueuses des pierres autant que des fleurs, des arbres autant que des animaux.

Hélas! Voici en pièce jointe ce que nous recevons de nos amis portugais .
Quelle déception !

Il n'est pas question pour nous de dépenser de l'argent là où on ridiculise, blesse ou tue des taureaux juste pour le fun !
Notre budget vacances ira donc enrichir les hôteliers de Naples et des îles Lipari.

Sans regrets,

Famille Bourliascos
74 impasse Bellon
06370 Mouans- Sartoux
kbourliascos@aol.com

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Exmos. Senhores

 Venho desta forma demonstrar o meu desagrado e solicitar o cancelamento da Tourada de 5 de Agosto, que incita adultos e crianças a assistirem ao sofrimento animal e desrespeita a vida de outros seres. A Graciosa tem atrações turísticas mais do que suficientes para ser procurada por quem busca uma natureza ímpar e a calma que não existe noutras paragens, não se justificando a manutenção de espetáculos degradantes.

Depois de a indústria tauromáquica terceirense ter conseguido implantar na ilha Graciosa o (mau) gosto pelas touradas, a autarquia graciosense teve o desplante de classificar a tortura de animais como património cultural e anualmente subsidia touradas de praça.

Enquanto houver touradas, a minha família não irá de férias à Graciosa e à ilha Terceira, centro irradiador de espetáculos anacrónicos onde são maltratados touros e cavalos e onde se fomenta a deseducação dos mais jovens.

Com os melhores cumprimentos
 
Paulo Monteiro
as4100044@sapo.pt

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Exmos. Senhores,

 Venho desta forma demonstrar o meu desagrado e solicitar o cancelamento da Tourada de 5 de Agosto que incita adultos e crianças a assistirem ao sofrimento animal e desrespeita a vida de outros seres. A Graciosa tem atrações turísticas mais do que suficientes para serem procurados por quem procura uma natureza ímpar e a calma que não existe noutras paragens, não se justificando a manutenção de espetáculos degradantes.
Depois da indústria tauromáquica terceirense ter conseguido implantar na ilha Graciosa o (mau) gosto pelas touradas, a autarquia graciosense teve o desplante de classificar a tortura de animais como património cultural e anualmente subsidia touradas de praça.
Enquanto houver touradas a minha família não irá de férias à Graciosa e à ilha Terceira centro irradiador de espetáculos anacrónicos onde são maltratados touros e cavalos e onde se fomenta a deseducação dos mais jovens.

Com os melhores cumprimentos,
Ana Bordalo
anacbordalo@gmail.com

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ex.mos Srs.,

Estamos inteiramente solidários com esta iniciativa de protesto contra um espectáculo tão degradante - que passa às crianças a mensagem de que é admissível gozar com os animais não humanos (e até também com pessoas que têm medidas inferiores às normais) e fazê-los sofrer. Estamos no século XXI!

Na expectativa de que o espectáculo tauromáquico anunciado para dia 5 de Agosto seja cancelado,
Com os melhores cumprimentos,
Marinhenses Anti-touradas 

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Movimento pela Abolição da Tauromaquia de Portugal <matportugal@gmail.com>
Data: 7 de julho de 2015 às 10:47
Assunto: Proteste contra tourada na Graciosa
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ex.mos Senhores,

Venho desta forma demonstrar o meu desagrado e solicitar o cancelamento da Tourada de 5 de Agosto que incita adultos e crianças a assistirem ao sofrimento animal e desrespeita a vida de outros seres. A Graciosa tem atrações turísticas mais do que suficientes para serem procurados por quem procura uma natureza ímpar e a calma que não existe noutras paragens, não se justificando a manutenção de espetáculos degradantes.
Depois da indústria tauromáquica terceirense ter conseguido implantar na ilha Graciosa o (mau) gosto pelas touradas, a autarquia graciosense teve o desplante de classificar a tortura de animais como património cultural e anualmente subsidia touradas de praça.
Enquanto houver touradas a minha família não irá de férias à Graciosa e à ilha Terceira, centro irradiador de espetáculos anacrónicos onde são maltratados touros e cavalos e onde se fomenta a deseducação dos mais jovens.
Com os melhores cumprimentos


David M. Santos
Ribeira Grande
davidxmsantos@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário