quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Governo dos Açores aprova contrato para as obras de requalificação da Adega da Graciosa

O Secretário Regional dos Recursos Naturais revelou, em Santa Cruz, que o Governo dos Açores vai assinar em janeiro um contrato de financiamento, no âmbito do PRORURAL, para as obras de requalificação das instalações da Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa.

“Vai permitir que, no seguimento da aprovação do projeto e da assinatura que vai ocorrer no próximo mês de janeiro, se possam dar início às obras”, afirmou Luís Neto Viveiros, que falava segunda-feira no final de uma reunião com a Direção da Adega e Cooperativa Agrícola.

O projeto de remodelação e modernização, no valor de cerca de um milhão de euros, considera as áreas de produção vinícola e de comercialização de alho e de meloa da ilha Graciosa.

O Secretário Regional salientou que a Adega “faz parte da cultura da ilha Graciosa” e da sua atividade económica, frisando, no entanto, que é necessário aliar este projeto de investimento à “cooperação dos diferentes associados”, em “particular da vinha”, através da retoma e do incremento da produção.

Luís Neto Viveiros afirmou que o Governo vai manter os incentivos aos projetos de investimento (programa VITIS), os apoios à conservação de curraletas e lagidos da cultura da vinha e ainda as ajudas a inscrever no POSEI para a agricultura.

“São apoios a que os agricultores da Graciosa podem recorrer”, frisou, anunciando que a Secretaria Regional dos Recursos Naturais também vai criar, em 2014, um sistema de proteção e incentivo à reutilização produtiva das zonas de currais de vinha dos Açores.

O novo sistema, na sequência da iniciativa parlamentar recentemente aprovada, vai ser desenvolvido pela Direção Regional do Ambiente e tem em vista o reforço dos apoios à criação de atividades relacionadas com a produção de vinho e com a paisagem da vinha.

Numa outra reunião, o Secretário Regional analisou com as direções da Associação de Agricultores da Ilha Graciosa e da Associação dos Jovens Agricultores Graciosenses as oportunidades e desafios da nova Política Agrícola Comum (PAC) e do futuro POSEI, reiterando o empenho do Governo dos Açores na defesa do reforço das ajudas previstas, face ao impacto do fim do regime de quotas leiteiras em 2015.

Anexos:
2013.12.18-SRRN -AdegaGraciosa.MP3

GaCS

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário