quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Graciosa vai deixar de ter problemas com resíduos



O Centro de Processamento e Valorização Orgânica de Compostagem da Graciosa vai resolver o problema de resíduos na ilha, garantiu a secretária regional do Ambiente e do Mar, quarta-feira na apresentação do livro “Graciosa Candidatura a Reserva da Biosfera”, no Centro Cultural de Santa Cruz.

Para Ana Paula Marques, com esta iniciativa, a executar em breve, o Governo demonstra o seu empenho em assegurar a estabilidade da qualidade ambiental das ilhas.

O Centro de Processamento e Valorização Orgânica de Compostagem Graciosa representa mais uma etapa no desenvolvimento da sustentabilidade ambiental dos Açores, considerou.

Na mesma sessão foi apresentada a obra “Graciosa Candidatura a Reserva da Biosfera”, uma publicação de 192 páginas que se faz acompanhar por um CD.

O livro descreve as mais-valias ambientais e culturais da Graciosa que conduziram à sua candidatura à classificação como Reserva da Biosfera, apresentada em Abril de 2007 pelo Governo dos Açores, na sequência de um processo iniciado em 2005.

Ana Paula Marques aconselhou às instituições regionais a implementação de um marketing específico de salvaguarda dos objectivos subjacentes à candidatura, que conduz à “conservação da biodiversidade de ecossistemas únicos na Região e ao desenvolvimento de melhores condições de vida para aqueles que exercem a sua vida profissional” na ilha.

Com essa distinção, o Governo pretende implementar um conjunto de medidas ligadas a uma nova imagem e promover o desenvolvimento e a conservação da excelente biodiversidade e dos ecossistemas que a Graciosa possui, afirmou.

Na cerimónia foi destacada, ainda, a experiência das Canárias, nomeadamente da ilha de La Palma, que possui o galardão de Reserva da Biosfera há 20 anos.


Fonte da notícia: GaCS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário