terça-feira, 21 de junho de 2016

Nova estação hidrometeorológica da Graciosa

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente destacou hoje, na inauguração da Estação Meteorológica da Serra das Fontes, na Graciosa, que o Governo dos Açores está a instalar equipamentos hidrometeorológicos automáticos em todas as ilhas, num investimento global de cerca de um milhão de euros que contribui para reforçar a segurança de pessoas e bens.

Luís Neto Viveiros salientou que a nova estação meteorológica da Graciosa está equipada com equipamentos eletrónicos que recolhem e medem variáveis como a precipitação, a temperatura e a humidade do ar, a velocidade e direção do vento, a radiação solar e a insolação e a evaporação.

O titular da pasta do Ambiente frisou que a automatização e teletransmissão de dados online, em tempo real, permitirá o acesso à informação atualizada para fins científicos, profissionais e pessoais.

“Esta informação permite um conhecimento atempado do ciclo hidrológico e uma perceção rigorosa das disponibilidades hídricas, da maior importância, por exemplo, para a agricultura”, sublinhou.

Por outro lado, destacou que “contribui para acautelar e defender pessoas e bens contra fenómenos extremos” que possam resultar na ocorrência de cheias, inundações e movimentos de massas.

Esta informação serve, por exemplo, para os alertas de movimentos de vertentes divulgados pelo CIVISA.

O Governo dos Açores decidiu na atual legislatura reforçar e alargar a todas as ilhas a rede hidrometeorológica, um projeto premiado em 2013 pelo 'Green Project Awards Portugal', que é constituída por estações hidrométricas, udométricas e meteorológicas.

As estações meteorológicas permitem obter dados sobre a intensidade e direção do vento, evaporação, humidade, precipitação, temperatura, nível e temperatura da água da tina, enquanto as estações udométricas registam o valor de precipitação, intensidade e direção do vento.

Por seu lado, as estações hidrométricas, instaladas em cursos de água de regime permanente e em lagoas, permitem obter dados sobre as alturas do nível de água, a partir das quais se afere o caudal.

O alargamento desta rede, através da implementação de mais 40 estações, foi adjudicado ao Consórcio GLOBALEDA/Tecnovia em 2015, estimando-se a sua conclusão para este ano, passando a Região a dispor de 99 estações automáticas, nas nove ilhas do arquipélago.

Anexos:
2016.06.21-SRAA-EstaçãoMeteorológicaSerraFontes.mp3

GaCS

Publicado por: George Correia

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário