quarta-feira, 27 de julho de 2011

Banco de Medicamentos da Graciosa apoia 65 doentes







Os Bancos de Medicamentos criados nos centros de saúde da Região Autónoma dos Açores prestam já apoio a mais de duzentas pessoas, nas diversas localidades da Região, dando cumprimento ao objectivo que presidiu à sua implementação.

No centro de saúde da Graciosa, por exemplo, o Banco de Medicamentos apoia 65 doentes.

Em Vila do Porto, em 2010, no âmbito deste projecto, o centro de saúde distribuiu 1.182 medicamentos e na Praia da Vitória foram dispensados 13.007 doses de medicamentos, no valor comercial de 4.136 euros.

No centro de saúde Ponta Delgada, os medicamentos recebidos têm sido distribuídos pela unidade de cuidados domiciliários, prestando apoio a mais de uma centena de pessoas.

No centro de saúde de Santa Cruz das Flores foram encaminhadas para o Banco de Medicamentos 92 receitas e na Povoação estão a ser distribuídos medicamentos a doentes em ambulatório.

Estão também em funcionamento os Bancos de Medicamentos nos centros de saúde da Madalena, Lajes e S. Roque, que dão já apoio a cerca de 50 pessoas.

Na lista de remédios mais dispensados, estão antibióticos e ansiolíticos, bem como medicamentos destinados a doentes asmáticos, diabéticos, hipertensos e cardíacos. São também solicitados medicamentos para o colesterol e para a insuficiência respiratória.

As listas de pessoas que recorrem aos bancos de medicamentos são elaboradas em cooperação com os serviços da segurança social.

“Seja solidário” foi o lema escolhido para esta iniciativa que vive de uma corrente de solidariedade que tem vindo a ser estimulada em toda a sociedade.

Na prática pede-se aos cidadãos que procedam à entrega de medicamentos que já não utilizam nos centros de saúde, que por sua vez os dispensam a quem deles necessita.

Para incentivar a sua implementação, o Governo Regional concede uma verba aos centros de saúde que corresponde ao valor das compartições dos medicamentos entregues.

Os valores recebidos ao abrigo desta medida são dirigidos exclusivamente para projectos de humanização de cuidados de saúde contemplando o acolhimento de utentes, obras e equipamentos necessários ou formação dos profissionais de saúde.

A experiência com os Bancos de Medicamentos nos centros de saúde da Região remonta a 1995 no centro de saúde da Praia da Vitória. Em 2007 este projecto foi revisto e reorganizado de forma a responder melhor às necessidades das pessoas.




GaCS/RC

Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário