quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Preços dos combustíveis voltam a subir



As alterações recentemente introduzidas no sistema fiscal associado aos biocombustíveis, cujos produtores deixaram de ter isenção de pagamento do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) no início de 2011, o que levou a uma subida significativa do seu preço à entrada na refinaria, assim como as alterações verificadas no preço do petróleo nos mercados internacionais vão levar a um aumento do preço dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.

Este aumento é de um cêntimo por litro para as Gasolinas e para o Gasóleo Pescas e de dois cêntimos por litro para os Gasóleos Rodoviário e Agrícola e de dois cêntimos por quilo para o gás.

De recordar que os biocombustíveis integram, com o objectivo de redução da emissão de gases com efeitos de estufa e devido às normas comunitárias em vigor, a composição do gasóleo, sendo que o fim da isenção de pagamento do ISP implicou um acentuado aumento, no continente, do preço de venda ao público do gasóleo da ordem dos quatro cêntimos por litro.

No caso da Região, este aumento é inferior ao registado a nível nacional em dois cêntimos por litro.

Assim, no caso das gasolinas 95 e 98, a diferença dos preços praticados nos Açores para o mercado nacional será de menos 12,2 por cento e menos 12 por cento respectivamente. No caso do Gasóleo Rodoviário, essa diferença será de menos 15,3 por cento.

Os preços dos gasóleos Agrícola e Pescas terão uma diferença, para o mercado nacional, de menos 21,8 por cento e de menos 19 por cento, respectivamente.

Por fim, no caso do gás para consumo doméstico, o seu preço por quilo terá um preço 43,4 por cento inferior ao mercado nacional. O fuel terá, também por quilo, um preço 27,5 por cento inferior ao que é praticado no continente português.

Todos os combustíveis mantêm um preço máximo na Região significativamente inferior ao que se regista no mercado nacional assim como na Madeira, sendo que em comparação com este arquipélago os preços praticados nos Açores são inferiores em menos 4,4 por cento para a gasolina 98, menos 10,9 por cento para a gasolina 98, menos 5,6 por cento para o gasóleo rodoviário e em menos 11,7 por cento para o gasóleo agrícola.

Os novos preços entram em vigor às 00h00 do dia 4 de Fevereiro.


GaCS/NM
Publicado por: Jorge Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário