sexta-feira, 17 de abril de 2009

Série “As Ilhas Desconhecidas” estreia esta sexta-feira na RTP 1


A série documental “As Ilhas Desconhecidas”, realizada para televisão pelo jornalista, argumentista e cineasta Vicente Jorge Silva, com o apoio do Governo dos Açores e da SATA, estreia esta sexta-feira, dia 17, na RTP 1, às 23:20 horas (22:20, hora dos Açores).

As Flores, Corvo e Graciosa são tema do primeiro episódio duma série de quatro, “inspirada livremente” na obra homónima de Raul Brandão, que teve antestreia nacional em Ponta Delgada, com a presença do presidente do Governo dos Açores, Carlos César.

Nesta série de cerca de 200 minutos, o realizador procura “entrecruzar o percurso de Raul Brandão em 1924 com a actualidade, evocando a passagem do tempo entre o ontem e o hoje, as mudanças sociais oitenta anos depois, mas também aquilo que permanece essencialmente imutável na natureza das ilhas”.

Editado pela primeira vez em 1926, o livro “As Ilhas Desconhecidas” resulta da viagem que Raul Brandão realizou aos Açores e à Madeira em 1924, no âmbito das “visitas dos intelectuais” portugueses, organizadas pelos autonomistas insulares.

O realizador e autor da adaptação participa nesta série como narrador, seguindo umas vezes os passos originais de Brandão e outras distanciando-se deles, “num jogo permanente de contrastes e fusão”, como define

Os textos de Brandão são lidos pelo actor João Perry, a música é de Bernardo Sassetti e a imagem de Xavier Arpino.

O segundo episódio é dedicado ao Faial e Pico, o terceiro a São Jorge, Terceira e São Miguel, e o quarto a Santa Maria, Porto Santo e Madeira.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário