sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Governo dos Açores assinala domingo na Graciosa o Dia Internacional dos Migrantes


O Gabinete do Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas, através da Direção Regional das Comunidades, assinala no domingo o Dia Internacional dos Migrantes, numa iniciativa que decorre em Santa Cruz da Graciosa.

Esta efeméride é celebrada a 18 de dezembro, mas será este ano comemorada antecipadamente na Região para coincidir com um dia de descanso semanal e permitir a participação de todos os migrantes.

O evento organizado pela Direção Regional das Comunidades, que visa promover a interculturalidade e sensibilizar a sociedade para os direitos, liberdades e garantias dos migrantes, contará com a presença de cerca de 150 imigrantes de diversas nacionalidades, bem como de emigrantes regressados, residentes na ilha Graciosa.

O Governo dos Açores, ao reunir os migrantes radicados nesta ilha, pretende proporcionar um espaço de diálogo, de convívio e de partilha de vivências, potenciando o conhecimento das similitudes e das diferenças das respetivas raízes culturais.

As comemorações, que contam com o apoio da Câmara Municipal de Santa Cruz, terão início pelas 16h30, no Centro Cultural da ilha Graciosa, contando o programa com as atuações de Olena Zhuravska Sousa e Alexander Kuklin, que interpretarão canções tradicionais russas, de Sérgio Melo e Daniela Santos, com músicas do Brasil e de Cabo Verde, e do Grupo de Violas da Casa do Povo de Guadalupe, que executará músicas tradicionais açorianas e graciosenses.

A 18 de Dezembro de 1990, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou a Convenção Internacional para a Proteção dos Direitos de Todos os Trabalhadores Migrantes e as Suas Famílias.

Em 2000, este dia foi formalmente proclamado como o Dia Internacional dos Migrantes e, desde então, passou a ser celebrado com o objetivo de sensibilizar a comunidade internacional para a necessidade de proteger os direitos dos imigrantes e emigrantes em todo o mundo.

É com este espírito que o Governo dos Açores promove a celebração deste dia, fomentando a sã convivência de diferentes povos e culturas no arquipélago, numa homenagem a todos os migrantes açorianos: os que partiram das ilhas açorianas e os que escolheram os Açores como seu novo lar.



GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário