quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Pescado das Ilhas de Coesão com ajuda suplementar ao escoamento



Os encargos com a colocação em fresco no mercado exterior de pescado capturado por embarcações das ilhas de Santa Maria, S. Jorge, Graciosa, Flores e Corvo vão beneficiar de um apoio suplementar de 40 cêntimos por quilograma, nos termos de uma decisão do Governo dos Açores que entra em vigor sexta-feira.

O reforço da ajuda ao escoamento do pescado das Ilhas de Coesão decidido pelo Executivo de Carlos César abrange, também, o atum destinado à transformação, com um apoio de mais 10 cêntimos por quilograma.

Com aplicação à campanha de 2008, a medida tem em consideração a necessidade de proporcionar níveis de competitividade mais eficazes às empresas do sector das pescas nas ilhas abrangidas, que estão sujeitas a acréscimos de custos resultantes de maiores encargos com os transportes.

O financiamento da ajuda, processada anualmente, será assegurado pelo Plano Anual de Investimento da Região.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo vosso comentário