quinta-feira, 28 de maio de 2015

Governo dos Açores reabilita troço da Estrada Regional N.º 1-2.ª, (SERRA BRANCA) entre a Limeira e o Porto Afonso, na Graciosa

O Governo dos Açores lançou a empreitada de reabilitação e beneficiação do troço da Estrada Regional n.º 1-2.ª, entre a Limeira e o Porto Afonso, na Graciosa, numa extensão de cerca de 9,4 quilómetros, representando um investimento superior a um milhão de euros.

A obra tem uma duração prevista de cerca de 10 meses e contempla intervenções ao nível do pavimento, sinalização e equipamento de segurança naquela via, de forma a permitir um fluxo de trânsito mais seguro e cómodo na mais importante estrada da rede viária da ilha Graciosa.

Está ainda previsto o reforço da sinalização horizontal e dos equipamentos de segurança, guiamento e balizamento.



GaCS


Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Museu da Graciosa organiza oficina sobre fantoches

A Secretaria Regional da Educação e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, promove a 28 de maio, no Museu da Graciosa, entre as 16h00 e as 17h30, a realização do primeiro módulo da oficina intitulada “O fantoche que ajuda a crescer – a marioneta em jardim de infância”, orientada por Ricardo Ávila.

Esta formação, inspirada na obra homónima de Isabel Alves Costa e Filipa Baganha, visa a introdução progressiva de uma 'marioneta-amigo' no quotidiano do jardim de infância, que se vai tornando pretexto para sucessivas descobertas que ampliam o imaginário das crianças e dos educadores.

A oficina, que se insere no âmbito da Temporada Artística 2015, é dirigida a educadores de infância, devendo os interessados proceder a inscrição prévia através do endereço eletrónicowww.culturacores.azores.gov.pt ou contactar o formador Ricardo Ávila através do telefone 295 403 000.

A Direção Regional da Cultura informa que este e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço eletrónicowww.culturacores.azores.gov.pt.



GaCS



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Gente em Branco no Centro Cultural a 27 de Maio de 2015 pelas 21H30







































O Grupo de teatro graciosense "A Semente" informa que o Centro Cultural da Ilha Graciosa recebe a 27 de Maio de 2015, 4ª feira, pelas 21h30, a peça "Gente em Branco", do grupo  agrupARTE - Bando Juvenil de Artistas Amadores da Ilha Terceira, constituído por dezoito jovens com idades compreendidas entre os 11 e os 24 anos, sendo um deles o graciosense Rodrigo Ferraz.



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Imagem de Nossa Senhora de Fátima volta à Ilha Graciosa no próximo ano de 2016

No próximo ano a Ilha Graciosa volta a receber imagem de Fátima.
É a terceira vez que algo acontece na Ilha Graciosa, a primeira vez foi em 1957, tendo sido a última vez em 1990 e agora volta a repetir-se isto em virtude das comemorações dos 100 anos desde a primeira aparição de Fátima.

A imagem chega aos Açores no dia 6 de março de 2016 e irá percorrer as 16 ouvidorias das ilhas até ao final do mês de abril.

O percurso, já iniciado tem como itinerário: Viseu, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Bragança-Miranda, Lamego, Coimbra, Guarda, Portalegre-Castelo Branco, Setúbal, Évora, Beja, Algarve, Santarém, Lisboa, Madeira, Aveiro, Açores, Porto, Leiria-Fátima.

Na Ilha Graciosa a imagem poderá chegar na última semana de março e início de abril.
fatima57.jpg
fatima.jpg
1957.jpg




Fonte: TC.F Informação

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Inauguração da Creche, Jardim de Infância e C A O da Graciosa com reportagem em VÍDEO

O Presidente do Governo anunciou hoje, em Santa Cruz da Graciosa, que os Açores vão dispor de mais cerca de 200 novas vagas em equipamentos destinados às áreas da Infância e das Necessidades Especiais, no âmbito de investimentos de perto de 18 milhões de euros que estão inscritos na Carta Regional de Obras Públicas.

Vasco Cordeiro salientou que, ao nível das creches e jardins de infância, estão previstas ou já em curso obras de construção ou adaptação, num investimento público de quase 10 milhões de euros, que vão criar mais de uma centena de novas vagas em várias ilhas do arquipélago.

Na área das Necessidades Especiais, adiantou o Presidente do Governo, a Carta Regional das Obras Públicas contempla a instalação de centros ocupacionais, lares residenciais e centros de apoio à pessoa portadora de deficiência num valor global de cerca de oito milhões de euros e que permitirão a criação de cerca de 100 vagas, que se juntam às mais de 530 existentes na Região.

O Presidente do Governo falava na inauguração da Creche, Jardim de Infância e Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa, que representou um investimento de cerca de 2,3 milhões de euros.

“As razões pelas quais este investimento foi acarinhado têm a ver, também, com esta ideia de esperança, de futuro e de solidariedade, já que se destina a servir, em primeiro lugar, os casais jovens da Graciosa, mas também a proporcionar melhores condições à nova geração de Graciosenses”, afirmou Vasco Cordeiro.

Na sua intervenção, o Presidente do Governo salientou, ainda, que o investimento neste novo equipamento social “dá corpo e substância” à política que visa contribuir para realizar o “valor da coesão”.

“Esta creche e jardim de infância contribui para realizar o valor da coesão na medida em que proporciona às famílias Graciosenses, aos casais jovens, as condições para que possam ter acesso a serviços e a valências que teriam em qualquer outra parte do nosso arquipélago”, frisou o Presidente do Governo.

Vasco Cordeiro apontou esta nova creche, jardim de infância e CAO como um exemplo da política de apoio à natalidade, salientando que garante aos casais jovens da ilha Graciosa todas as condições para os seus filhos, assim como para a realização profissional dos pais.

“Esta obra, no fundo, não se resume apenas ao investimento físico. Ela carrega em si a mensagem de que vale a pena, no caso concreto, da ilha Graciosa, darmos estas condições aos casais jovens para que possam ter aqui a sua realização”, salientou o Presidente do Governo, que destacou, também, a parceria que foi firmada com a Santa Casa da Misericórdia de Santa Cruz da Graciosa.

“É um bom exemplo do que é possível alcançar quando existe esta vontade de congregar esforços para construir algo para benefício daqueles que queremos servir”, afirmou Vasco Cordeiro.

Anexos:


GaCS



 Uma reportagem em vídeo TC.F Informação  de Tiago Correia



 Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Novo Museu da Vida Rural da Ilha Graciosa abriu hoje ao público





Fonte: Uma reportagem da autoria de TIAGO CORREIA (TC.F Informação)
http://tcf.blogs.sapo.pt/a-vida-rural-em-museu-827103?fb_ref=Default

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

terça-feira, 5 de maio de 2015

Exposição “António Dacosta, um pintor do século XX” no Museu da Graciosa

A Secretaria Regional da Educação e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, promove a 8 de maio, pelas 16h00, na Sala de Exposições do Museu da Graciosa, a inauguração da exposição intitulada “António Dacosta, um pintor do século XX”.

A exposição, idealizada pelo comissário Francisco Pedroso Lima, ficará patente até 29 de abril e insere-se no âmbito da Temporada Artística 2015 e das Comemorações Regionais do Centenário de Nascimento de António Dacosta.
Esta mostra é constituída por 16 painéis encapsulados que ilustram a vida e a obra de António Dacosta, além de um conjunto de obras do pintor, representativas do seu percurso artístico.

Os quatro momentos em que a exposição se encontra estruturada, nomeadamente “Os primeiros passos: das paisagens da ilha aos primeiros retratos [1914-1935]”, “Pintor Europeu das Ilhas [1935-1947]”, “Paris: pausa, reflexão e crítica [1948-1978]” e “Regresso à Pintura [1980-1990]”, são enriquecidos com cerca de 30 peças da autoria do poeta e pintor terceirense.

Estas peças são atualmente propriedade dos museus regionais de Angra do Heroísmo e Carlos Machado, da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa e dos particulares Miriam Dacosta e Filhos, Francisco Maduro-Dias, Maria do Carmo Sousa Lima e Herdeiros de Francisco Ernesto de Oliveira Martins.

Até ao mês de agosto, esta exposição, estará ainda patente nas ilhas do Faial e das Flores.

A Direção Regional da Cultura informa que este e outros eventos estão disponíveis para consulta na Agenda Cultural do Portal CulturAçores, no endereço eletrónicowww.culturacores.azores.gov.pt.



GaCS

Publicado por: Jorge M. Gonçalves