quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Cartoon sobre o Censo de Milhafres da Ilha Graciosa, da autoria do Prof. Paulo Gomes


































Cartoon da autoria do Prof. Paulo Gomes (Escola Básica e Secundária da Graciosa)


Publicado por: Jorge M. Gonçalves

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Governo dos Açores lança obras de apoio à agricultura na Ilha Graciosa

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente anunciou hoje, na inauguração do sistema de abastecimento de água à lavoura na Fonte das Ovelhas, concelho da Praia da Vitória, que o Governo dos Açores vai lançar esta semana os concursos de empreitada de infraestruturas de apoio à agricultura nas ilhas de São Miguel e Graciosa e iniciar a construção de duas obras na ilha Terceira.

Luís Neto Viveiros adiantou que, na Terceira, ocorrerá “muito breve” o início da construção de “mais duas relevantes infraestruturas de abastecimento de água, dando execução às prioridades definidas no PREIT”, nomeadamente os sistemas de abastecimento de água na Zona dos Moinhos – Agualva e do Pico da Bagacina, num investimento global de cerca de 330 mil euros.

Ao longo deste ano, através da IROA SA, serão ainda executadas as empreitadas de equipamento do furo do Cabeço do Cume e do sistema de água na Canada da Santana, no Perímetro de Ordenamento Agrário (POA) da Bacia Leiteira do Paul, num investimento de cerca de 300 mil euros.

“Inscrevemos para 2015 a realização de empreitadas que se traduzirão num aumento em 2.640 m3 da capacidade de armazenamento e em mais 20 quilómetros de condutas e 250 ramais”, afirmou o titular da pasta da Agricultura, relativamente ao investimento previsto para a Região nesta área.

Luís Neto Viveiros anunciou também para São Miguel, conforme previsto na Carta Regional de Obras Públicas, o lançamento “no decurso desta semana, dos concursos públicos para as empreitadas do sistema de abastecimento de água do PPA e dos Fornos, em Vila Franca do Campo” e para “o caminho da Grota da Figueira, em Ponta Delgada.”

Ao nível dos caminhos agrícolas, a IROA vai também esta semana lançar a concurso público o Caminho João do Nateiro, no POA da zona central da ilha de São Miguel, e o Caminho da Mina, no POA da Ribeira Grande, assim como o concurso do caminho agrícola conhecido por Canada Jorge Nunes, obra no valor de mais de 400 mil euros, na ilha Graciosa.

A obra do novo reservatório, com capacidade de 600 m3, e da rede de abastecimento de água à lavoura com mais de 7.000 metros e 102 ramais, hoje inaugurada no Perímetro de Ordenamento Agrário da Serra do Cume - Agualva, vai beneficiar cerca de 100 explorações agrícolas.

“Esta empreitada, executada por uma empresa local, e que representou um investimento total de mais de meio milhão de euros, contribui para aumentar a competitividade das explorações, para o crescimento dos rendimentos dos agricultores, melhorando ainda as suas condições de maneio”, afirmou Luís Neto Viveiros.



GaCS

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Censo anual de Milhafres decorre nos Açores a 28 e 29 de março

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) promove a 28 e 29 de março o X Censo de Milhafres nos Açores, numa iniciativa que pretende contribuir para avaliar o estado da população da única ave de rapina diurna que nidifica no arquipélago.

A iniciativa realiza-se todos os anos desde 2006 e pretende mobilizar dezenas de voluntários, a quem compete a recolha de dados sobre os avistamentos das aves.
Para participar neste censo não é necessário ter conhecimentos científicos específicos, bastando conseguir identificar um milhafre. O censo apela, por isso, à cidadania na ciência (ou Citizen Science), propondo a participação dos cidadãos num projeto científico que visa a obtenção de mais dados sobre as populações de milhafres existentes nos Açores.

Foto: SPEA
Milhafre Buteo buteo rothschildi
 


Nas 9 edições anteriores deste censo estiveram envolvidos 573 voluntários, tendo permitido avistar 4126 aves nos Açores, em 499 percursos realizados, possibilitando a estimativa das densidades por ilha desta espécie. Em 2014, as ilhas com maior número de milhafres avistados por quilómetro percorrido nos Açores foram Graciosa, Faial e São Miguel.
Os milhafres, com uma envergadura entre 110 e 130 centímetros, podem ser vistos sozinhos ou em grupo, a voar, pairar, pousados no solo ou, muito frequentemente, em cima de muros, postes e nos seus poisos de caça. A espécie pode ser observada um pouco por todo o lado, em zonas florestais, áreas costeiras, pastagens e mesmo zonas urbanas, alimentando-se maioritariamente de roedores, pode consumir também pequenas aves, insetos e minhocas. O envenenamento e a eletrocussão em linhas elétricas são as principais ameaças que afetam os milhafres, para além da captura/abate ilegal.
Este censo, promovido pela SPEA, vai decorrer em simultâneo no arquipélago da Madeira, onde estas aves são conhecidas como mantas. Relativamente às subespécies existentes nos dois arquipélagos, elas são distintas: no arquipélago dos Açores ocorre a subespécie Buteo buteo rothschildi, enquanto no arquipélago da Madeira a subespécie que existe é a Buteo buteo harterti e no território continental ocorre a subespécie Buteo buteo buteo.
Os relatórios com os dados anuais sobre este censo, bem como as informações de como pode participar, podem ser consultados na página da SPEA em http://www.spea.pt/pt/estudo-e-conservacao/censos-de-aves/censo-de-milhafres-mantas/

A SPEA agradece a participação de todos os voluntários nestes últimos 9 anos e apela a nova participação nesta 10ª edição. 



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Um cartoon sobre o "ovni" da autoria do Prof. Paulo Gomes (Escola Básica e Secundária da Graciosa)










Cartoon da autoria do Prof. Paulo Gomes (Escola Básica e Secundária da Graciosa)





Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Cartoon sobre o sismo ocorrido ao largo da Ilha Graciosa











Cartoon da autoria do Prof. Paulo Gomes (Escola Básica e Secundária de Santa Cruz da Graciosa)




Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Programa do Carnaval da Graciosa 2015






























































Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Esclarecimento da Secretaria Regional da Educação e Cultura sobre o ensino de música na ilha Graciosa

A Secretaria Regional da Educação e Cultura, face a recentes declarações públicas do Presidente da Academia Musical da Ilha Graciosa sobre o ensino de música ministrado pela instituição naquela ilha, entende esclarecer o seguinte:

1. A Direção Regional da Educação continua a aguardar, desde 31 de outubro de 2014, o cumprimento de diversas condições legais e de segurança para que seja concedida autorização de funcionamento e paralelismo pedagógico;

2. O não arranque das aulas neste ano letivo prende-se, assim, ao contrário do que se pretende fazer crer, com o facto da direção daquele estabelecimento de ensino não ter entregado ainda a documentação necessária, conforme a Secretaria Regional da Educação e Cultura esclareceu publicamente a 10 de dezembro último;

3. Tal como a Direção da Academia Musical bem sabe, o apoio da Região às instituições de ensino particular, cooperativo e solidário, como é o caso da Academia Musical da Ilha Graciosa, está definido em Decreto Legislativo próprio, que determina um conjunto de condições, entre as quais possuir um quadro docente qualificado e reconhecido pela tutela;

4. A Academia Musical não reúne as condições previstas na lei para que lhe seja concedido o paralelismo pedagógico e, por consequência, o apoio da Região que, na última década, foi sempre atribuído a título excecional;

5. O Governo dos Açores sempre manifestou a sua disponibilidade, logo que preenchidos os requisitos exigidos legalmente, para apoiar a Academia Musical da Ilha Graciosa, na exata medida em que o faz com todos os outros estabelecimentos de ensino particular, cooperativo e solidário.



GaCS


Publicado por: Jorge M. Gonçalves

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Cartoon sobre a passagem de um meteoro pela Graciosa recentemente e que foi visto por muitos açorianos de várias ilhas






























Cartoon da autoria do Prof. Paulo Gomes (Escola Básica e Secundária de Santa Cruz da Graciosa)



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Sismo na Graciosa foi seguido por 30 eventos de magnitude inferior - Proteção Civil

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), após o evento registado hoje às 06:42 horas com magnitude 3,5 na Escala de Richter e epicentro localizado a cerca de 27 quilómetros a oeste/noroeste de Vitória, na ilha Graciosa, tem vindo a ser registada atividade sísmica na mesma região epicentral definindo uma faixa de direcção NNE-SSW com cerca de 22 quilómetros de extensão.

Até ao momento, foram contabilizados 30 eventos, todos de magnitude inferior a 2,5 na Escala de Richter, não existindo informação de mais nenhum evento ter sido sentido pela população.

O CIVISA continua a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário.

O SRPCBA recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, em particular nas zonas mais vulneráveis, recomenda-se a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

Manter a calma e contar com a existência de possíveis réplicas.

Não acender fósforos nem isqueiros e cortar imediatamente o gás, a eletricidade e a água.

Observar se a sua casa sofreu danos graves e sair imediatamente se achar que a casa não oferece segurança.

Ter cuidado com vidros partidos, cabos de eletricidade e objetos metálicos que estejam em contacto com estes.

Em locais públicos, não se precipitar para as saídas e não utilizar os elevadores.

Evitar ferimentos, protegendo-se com roupa adequada e de acordo com a estação do ano.

Observar se há pequenos incêndios e, se possível, extingui-los. Informar os bombeiros.

Limpar urgentemente o derrame de tintas, pesticidas e outros materiais perigosos e inflamáveis.

Afastar-se das praias e zonas ribeirinhas. Depois de um sismo podem ocorrer tsunamis (onda gigante).

Soltar os animais, eles tratam de si próprios.

Se estiver na rua, não vá para casa, dirija-se a um local amplo, protegendo-se de estruturas que o possam atingir ao cair.

Não dificultar a circulação das equipas de socorro e seguir as indicações dos agentes de Proteção Civil no terreno.

Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e forças de segurança.



GaCS

Sismo com magnitude 3.5 sentido na ilha Graciosa - Proteção Civil

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), foi registado às 06:42 horas de hoje um evento com magnitude 3.5 na Escala de Richter e epicentro a cerca de 27 quilómetros a oeste/noroeste de Vitória, na ilha Graciosa.

De acordo com a informação disponível até ao momento, o sismo foi sentido com intensidade máxima II/III na Escala de Mercalli Modificada em Guadalupe, no concelho de Santa Cruz da Graciosa.

Após o evento têm ocorrido algumas réplicas de menor magnitude.

O CIVISA continua a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário.

O SRPCBA recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, em particular nas zonas mais vulneráveis, recomenda-se a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

Manter a calma e contar com a existência de possíveis réplicas.

Não acender fósforos nem isqueiros e cortar imediatamente o gás, a eletricidade e a água.

Observar se a sua casa sofreu danos graves e sair imediatamente se achar que a casa não oferece segurança.

Ter cuidado com vidros partidos, cabos de eletricidade e objetos metálicos que estejam em contacto com estes.

Em locais públicos, não se precipitar para as saídas e não utilizar os elevadores.

Evitar ferimentos, protegendo-se com roupa adequada e de acordo com a estação do ano.

Observar se há pequenos incêndios e, se possível, extingui-los. Informar os bombeiros.

Limpar urgentemente o derrame de tintas, pesticidas e outros materiais perigosos e inflamáveis.

Afastar-se das praias e zonas ribeirinhas. Depois de um sismo podem ocorrer tsunamis (onda gigante).

Soltar os animais, eles tratam de si próprios.

Se estiver na rua, não vá para casa, dirija-se a um local amplo, protegendo-se de estruturas que o possam atingir ao cair.

Não dificultar a circulação das equipas de socorro e seguir as indicações dos agentes de Proteção Civil no terreno.

Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e forças de segurança.



GaCS


Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Cartoon de Carnaval na Ilha Graciosa











































Cartoon de Carnaval da autoria do Prof. Paulo Gomes (Escola Básica e Secundária de Santa Cruz da Graciosa)


Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Uma fantasia de Carnaval é a peça do mês de Fevereiro no Museu da Graciosa

Peça do Mês
Denominação   Fantasia de carnaval
Material  Cetim e veludo
Datação  1990
Proveniência  doação de Marlene Ortins, Luz
Função  peça de vestuário de uma fantasia de grupo
Dimensões  A 103 x l cint 34 – A 53 x L 47 – A 13 x L 37 cm
Nº inv. MG8354





Fantasia de mulher em cetim composta por blusa, saia e cinto. Blusa curta em amarelo forte, com decote redondo, acentuado, com manga em folho, decorada por um segundo folho sobreposto, amarelo claro, tendo ao centro do decote e à frente um girassol com folhas em amarelo claro e botão em veludo preto. Saia em amarelo forte em formato de meia-lua, presa à frente, na cintura, através de um elástico, dando um aspecto de saia com rabo longo, arrematada em toda a volta com um folho da mesma cor, decorada com um segundo folho sobreposto ao primeiro em cetim amarelo. Cinto em amarelo claro, de formato rectangular, unido à frente através de um apanhado lissado com barra lisa colocada na vertical, fechando por dentro com colchetes.


Museu da Graciosa                                                                                                 
  Largo Conde de Simas, 17; 9880-345 Santa Cruz da Graciosa
 Telefone: 29571249
 mail: museu.graciosa.info@azores.gov.pt 



Publicado por: Jorge M. Gonçalves 

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Pequeno Asteroide atravessa o céu da ilha Graciosa no dia 2 de Fevereiro de 2015 (na noite de Segunda-feira por volta das 20 h e 20 minutos)

Na noite de Segunda-feira, dia 2 de Fevereiro de 2014, sensivelmente por volta das 20h e 19 minutos, um pequeno asteroide atravessou o céu da ilha Graciosa a baixa altitude e foi visto por muitos graciosenses. Este meteoro terá provocado uma onda de choque exatamente no momento em que explodiu no mar entre as ilhas Graciosa e São Jorge.

 Segundo uma testemunha ocular (Sãozinha Cordeiro, funcionária dos CTT de Santa Cruz), informou que se encontrava por volta das 20h19 em passeio nocturno com o marido na zona do Degredo a caminho do Centro da Vila de Santa Cruz da Graciosa. Esta observou em primeira mão o forte clarão branco que depois se transformou em luz verde e que passou por cima exatamente na mesma direcção em que caminhavam. O meteoro terá seguido o percurso Pesqueira, Santa Cruz, Guadalupe e Serra Branca até cair na zona norte do mar entre as ilhas Graciosa e São Jorge. Sãozinha disse ainda que só ouviu a explosão mais tarde ao chegar próximo do Posto de Combustível da Ilha Branca, alguns minutos após ter visto o dito clarão. 

Vejam aqui algumas semelhanças do pequeno meteoro observado na Graciosa com o  Asteroide que caiu na Federação Russa em 2013:
.
Uma compilação com imagens da queda de um pequeno Asteroide que caiu na Federação Russa no dia 15 de Fevereiro de 2013 exactamente por cima da cidade de Chelyabinsk. Este é sem dúvida muito semelhante ao nosso que atravessou a nossa ilha à noite passada por volta das 20H20 e que supostamente terá caído no mar entre as Ilhas Graciosa e S.Jorge. Segundo testemunhas oculares primeiro apareceu um clarão branco muito forte que depois se transformou em luz verde. A queda de um asteroide como o nosso ao entrar na atmosfera vem cair na Terra a uma velocidade de aproximadamente 19 quilómetros por segundo.

 Dados interessantes sobre o Asteroide que caiu em Chelyabinsk, Rússia:

 Segundo cientistas este teria o tamanho aproximado de um autocarro e o peso seria aproximadamente entre 12,000 a 13,000 toneladas métricas medindo cerca de 20 metros de comprimento...A onda de choque provocou muitos estragos materiais, casas ficaram danificadas e cerca de mil e tal pessoas terão sido feridas com o impacto de estilhaços de vidros e outros materiais.

Clique aqui para ver o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=13Ux7cFKeKU




 Publicado por: Jorge M. Gonçalves

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Funcionários Públicos com tolerância de ponto no Carnaval e dispensa para Romarias

O Presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, concedeu tolerância de ponto aos trabalhadores da Administração Pública Regional na terça-feira de Carnaval, 17 de fevereiro.
A decisão consta de um despacho hoje publicado que determina ainda a tolerância de ponto para os trabalhadores da Administração Pública da ilha Terceira na tarde do dia 16 e na manhã do dia 18 de fevereiro, tendo em conta a “especificidade, importância e período tradicional de realização das danças e bailinhos característicos da ilha”.
Um segundo despacho assinado por Vasco Cordeiro determina que ficam dispensados de serviço, sem prejuízo de quaisquer direitos e regalias, os trabalhadores da Administração Pública Regional dos Açores que queiram participar nas Romarias que se realizam nas ilhas Graciosa, São Miguel e Terceira durante o período da Quaresma, desde que fique assegurado o normal funcionamento dos serviços públicos.



GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves