sábado, 30 de novembro de 2013

Museu da Graciosa apresenta Peça do Mês "Um Presépio do início do século XX"

Data de execução: início do século XX

Artesão e local: desconhecido, Ilha Graciosa

Papel, barro, folhas, palhas, conchas e algodão

A 34,7 x L 40,5 e Exp 12,5 cm

Proveniência: Doação da Dr.ª Maria Adília Borges Tristão

Inventário: MG 8459




Descrição

Presépio que reconstitui, na parte central e em baixo, o nascimento do Menino Jesus num estábulo, deitado numa manjedoura, rodeado de Nossa Senhora, São José, os pastores, uma vaca e um burro. Apresenta ainda, na parte superior, vários anjos e muitas figuras e cenas do quotidiano, onde se destacam um castelo e uma pequena povoação com uma igreja, intercaladas com conchas marinhas, musgos e outros materiais. Está inserido numa caixa de madeira retangular, com porta de vidro na frente e suportado por quatro pequenos pés.

Breve enquadramento histórico e social

O presépio é uma referência cristã que remete para o nascimento de Jesus numa gruta de Belém, na companhia de seus pais, São José e Nossa Senhora.

Em Portugal, o presépio tem tradições muito antigas, enraizadas nos costumes populares, sendo montado no início do Advento.

É perto do presépio que são colocados os presentes. O presépio é desmontado a seguir ao dia de Reis.



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Agenda Cultural do Museu da Graciosa para o mês de Dezembro de 2013

Agenda Cultural do Museu da Graciosa para o mês de Dezembro



Peça do mês Presépio
1 a 31 Dezembro, Museu da Graciosa




Data de execução: início do século XX
Autor: Desconhecido
Papel, barro, folhas, palhas, conchas e algodão
A 34,7 x L 40,5 e Exp 12,5 cm
Proveniência: Doação da Dr.ª Maria Adília Borges Tristão
Inventário: MG 8459
A descrição completa da “Peça do Mês” é objeto de uma divulgação específica.



Coleção do 2º Semestre Luminária

Antigamente, a iluminação das casas era feita de forma artesanal, recorrendo a materiais disponíveis na ilha.
Utilizava-se o azeite proveniente de origem animal e o petróleo. A coleção de luminária do Museu da Graciosa apresenta vários utensílios que foram utilizados na antiga casa graciosense, destacando-se candeias, castiçais, palmatórias, candeeiros de petróleo, petromax e lanternas.








30º Aniversário da abertura ao público do Museu da Graciosa


do Museu da Graciosa
6 Dezembro, Museu da Graciosa
Programa
Sessão de abertura
Inauguração da mostra bibliográfica de “Natália Correia. Uma mulher intemporal”
Sessão de leitura de poemas de Natália Correia, feita por Manuel Jorge Lobão e João Natal Bettencourt



Mostra Bibliográfica “Natália Correia”- Uma mulher intemporal

6 a 31 de Dezembro 2013, Museu da Graciosa

No âmbito das comemorações dos 20 anos de falecimento de Natália Correia, o Museu da Graciosa apresenta uma mostra documental, fazendo uma viagem pela vida da escritora açoriana, debruçando-se sobre a sua produção literária, vida politica e social.





Concerto de Natal

7 Dezembro 2013, 20h30, Centro Cultural Ilha Graciosa



O Museu da Graciosa promove a 7 de Dezembro de 2013, pelas 20h30, no Centro Cultural da Ilha Graciosa, o tradicional Concerto de Natal com a participação do Grupo Coral de Nossa Senhora da Luz, Coro da Matriz Santa Cruz da Graciosa, Coro de Nossa Senhora de Guadalupe e Rancho de Natal de Guadalupe.




Mostra expositiva “Memórias da Graciosa. Freguesia de São Mateus”
11 a 31 Dezembro, Museu Graciosa



Trata-se de uma mostra fotográfica sobre a freguesia de São Mateus, que pretende resgatar costumes, hábitos de vida e aspetos sócio-económicos, desportivos e recreativos desta freguesia.




Museu da Graciosa

Publicado por: Jorge M. Gonçalves 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Comemoração dos 30 anos de abertura do Museu da Graciosa

O Director do Museu da Graciosa tem a honra de convidar V. Exª  para a comemoração dos 30 anos de abertura do Museu da Graciosa, que se realizará no dia 6 de Dezembro de 2013 (6ª Feira), pelas 21h00, neste Museu, com o seguinte programa:

 
21h00   Sessão de abertura
 
21h15   Inauguração da mostra bibliográfica "Natália Correia, uma mulher intemporal", da BPARPD
 
21h30   Sessão de leitura de textos de Natália Correia
 
21h45   Momento musical
 
22h00   Graciosa d´Honra
 
junto: convite
 
 
            Com os meus cumprimentos
 
 
          O Director do Museu da Graciosa



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Bispo dos Açores quer jovens mais comprometidos com Igreja na Graciosa

Santa Cruz da Graciosa,, Açores, 21 nov 2013 (Ecclesia) –

 O bispo dos Açores pediu ao clero da ilha Graciosa que encontre estratégias para aproximar os jovens da Igreja e que dinamizem movimentos ligados à família, esta quarta-feira.

“Os poucos jovens que existem estão dispersos e pouco comprometidos com a Igreja porque as próprias famílias estão ausentes e têm muita dificuldade em educar os filhos na fé cristã. É essencial apostar na pastoral da família e da juventude. É difícil mas temos de fazer um esforço”, revelou D. António de Sousa.

A família e os jovens são “prioridades” que “merecem um esforço acrescido”, acrescenta.

O prelado constatou que o envelhecimento da população “é evidente” e existe um problema demográfico” mas considera que têm de ser capazes de “aproximar os jovens e implicá-los na vida da Igreja” e apelou aos sacerdotes que “se invista” nesta pastoral.

Ao portal da diocese, o bispo de Angra destaca que o ensino de Educação Moral e Religiosa Católica, com algumas “lacunas” por “manifesta falta de meios”, e o reduzido número de crismandos, que não ultrapassou as duas dezenas, são exemplos das dificuldades existentes.

Da visita pastoral que começou no dia 16 de novembro, o bispo diocesano verificou que “não falta organização” às comunidades paroquiais mas nota-se “a ausência do carisma dos movimentos” e explica que a população envelhecida revela “pouca abertura - porque são poucos - para ´instalar´ e dinamizar novos movimentos”.

Sobre o inquérito preparatório da III Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos, com o tema ‘Desafios Pastorais da Família no contexto da Evangelização’, D. António de Sousa apelou a “forte empenho” para que o documento seja um “contributo importante e profundo”.

O bispo de Angra vai presidir hoje, pelas 18h00, a uma celebração eucarística na Igreja Matriz de Santa Cruz que assinala o encerramento da visita pastoral à Ilha Graciosa e uma homenagem às vítimas do furacão Hayan, nas Filipinas.


Fonte: Agência Ecclesia
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Tempestade tropical Melissa agrava estado do tempo nos Açores, alerta Proteção Civil

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu o seguinte aviso:

Com o agravamento da instabilidade devido à aproximação da tempestade tropical "Melissa", emite-se:

Para o Grupo Ocidental

Aviso LARANJA referente a:

VENTO relativo a Rajada Máxima
No período entre as 15UTC de 21-11-2013 e as 08UTC de 22-11-2013
Direção de sudoeste, rodando para oeste.

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas
No período entre as 20UTC de 21-11-2013 e as 06UTC de 22-11-2013
Ondas do quadrante oeste.

Aviso AMARELO referente a:

TROVOADA
No período entre as 15UTC de 21-11-2013 e as 08UTC de 22-11-2013
Frequentes e dispersas.

PRECIPITAÇÃO
No período entre as 15UTC de 21-11-2013 e as 08UTC de 22-11-2013

VENTO relativo a Velocidade Média
No período entre as 15UTC de 21-11-2013 e as 08UTC de 22-11-2013
Direção de sudoeste, rodando para oeste.

Para o Grupo Central

Aviso AMARELO referente a:

PRECIPITAÇÃO
No período entre as 15UTC de 21-11-2013 e as 18UTC de 21-11-2013

AGITAÇÃO MARÍTIMA relativo a Altura Significativa das Ondas
No período entre as 03UTC de 22-11-2013 e as 09UTC de 22-11-2013
Ondas de oeste.

O SRPCBA recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, em particular nas zonas mais vulneráveis, recomenda-se a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas e a retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento.

Manter limpos os sistemas de drenagem e consolidar telhados, portas e janelas.

Não despejar lixo ou entulho nas ribeiras, nem as obstruir com troncos ou ramadas.

Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias.

Estar atento às informações e indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.



GaCS
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Preço máximo de venda dos combustíveis atualizado nos Açores

As recentes alterações das cotações de referência dos produtos petrolíferos, registadas nos mercados internacionais, vão levar a uma atualização do preço máximo de venda dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.

Esta atualização consiste na subida em dois cêntimos por litro no preço máximo da gasolina de 95 octanas, três cêntimos por litro no preço máximo da gasolina de 98 octanas e um cêntimo por litro no preço máximo dos gasóleos agrícola e pescas.

Assim, a gasolina de 95 octanas passa a ter um preço de 1,44 euros por litro, enquanto o litro da gasolina de 98 octanas passa a custar 1,51 euros.

Já o gasóleo agrícola passa a custar 0,83 euros por litro e o gasóleo pescas 0,64 euros por litro.
Os novos preços entram em vigor às 00h00 da próxima sexta-feira.



GaCS

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

Obras de requalificação dos Caldeiros da Barra estão concluídas

Na sequência de uma comunicação do final do passado mês de Agosto, em que se referia que os caldeiros da Barra estavam a ser recuperados, agora temos o grato prazer de  informar que a requalificação da entrada e do espaço coberto, e a limpeza dos caldeiros, se encontra concluída, contribuindo assim para a valorização do património baleeiro graciosense.
Estes dois caldeiros foram construídos nos finais do século XIX, ambos produziam cerca de 300 litros de óleo e eram alimentados com lenha e com "torresmos" da baleia. Foram utilizados pela Companhia Baleeira da Graciosa durante o século XX. A partir dos anos 50 foram usados apenas como recurso, porque as baleias passaram a ser encaminhadas e processadas na fábrica do Cais do Pico.
A requalificação do edifício e a conservação dos caldeiros da Barra foi feita pela Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa e pelo Museu da Graciosa.

O Diretor do Museu da Graciosa
Jorge AMB. Cunha



Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Falta de emprego entre as preocupações apresentadas ao bispo diocesano durante a visita pastoral à Ilha Graciosa

D. António de Sousa Braga, bispo da Diocese de Angra, inteirou-se dos principais problemas da ilha Graciosa onde se destaca o desemprego, na reunião da Assembleia de Leigos, na visita pastoral que termina esta quinta-feira.

Na Assembleia de Leigos que reuniu, durante hora e meia, o bispo de Angra e os representantes dos vários movimentos da ilha debateram-se questões relacionadas com a ação da Igreja: “Particularmente no que respeita à ação sócio caritativa cada vez mais solicitada dada a crise económica e financeira que está a contribuir para uma desestabilização das famílias”, adianta o portal da diocese.

“A resposta tem chegado” porque a ilha é pequena “e ainda não se vê a situação de pobreza extrema que grassa noutros locais” informaram os representantes dos movimentos que estão no terreno, nomeadamente a Cáritas da Graciosa, as Vicentinas de Santa Cruz, as misericórdias e o Centro Social e Paroquial da Luz, com um gabinete de apoio à vítima de violência doméstica.

O padre Sérgio Mendonça, vigário da Graciosa [Ouvidor nos Açores], revelou que devido a este fator de proximidade “há um sentido de entreajuda” que impede situações mais preocupantes e que a resposta “tem sido suficiente”.

Na Assembleia de Leigos também focaram-se em assuntos organizativos e pastorais da Igreja e os leigos ligados à organização da catequese consideraram prioritário a catequese de adultos com filhos que estão a ser catequizados.

“A catequese está bem organizada para a infância e para a adolescência mas importa catequizar os pais que estão muito ausentes” acrescentou o padre Sérgio Mendonça.

“A Nova Evangelização é para todos, inclusive os que estão dentro da Igreja”, assinalou o bispo de Angra.
Esta Assembleia de Leigos, no domingo, realizou-se na Casa do Povo da Guadalupe e contou com cerca de sete dezenas de participantes, adianta o portal da diocese.


Fonte: agencia.ecclesia.pt
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Campanha Ofereça Açores Natal 2013

A Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) lançou, hoje, a campanha Ofereça Açores Natal 2013, que decorre até ao dia 27 de Dezembro.
Com o objetivo de dinamizar o comércio local e premiar a fidelidade dos consumidores do nosso comércio, todos os estabelecimentos aderentes à campanha, nas Ilhas Terceira, São Jorge e Graciosa, vão sortear prémios para os seus clientes, no montante global de 7500€.
Assim, os clientes que efetuem compras nos estabelecimentos aderentes a partir de hoje recebem uma senha por cada compra no valor igual ou superior a 20€. Nos dias 13 de Dezembro e 06 de Janeiro vão ser realizados sorteios, premiando um total de 300 clientes do comércio local, com vales de 25€ para cada um poder utilizar no estabelecimento onde fez a compra.
Além do sorteio, e de forma a incentivar a decoração e promover as montras das lojas aderentes, a CCAH está a promover Concursos de Montras, em Angra do Heroísmo, Praia da Vitória e Velas, em parceria com as Câmaras Municipais. Nas duas cidades da Ilha Terceira, o concurso realiza-se em simultâneo e com os mesmos critérios e júri nomeado pelas mesmas entidades. O júri vai avaliar as montras mais atrativas, entre as candidatas, partindo dos critérios de Originalidade, Criatividade, Harmonia, Estética, Iluminação, Cores, Mensagem e Materiais.
Outra vertente da campanha é a animação de rua, com especial enfoque nos centros urbanos, especialmente nos fins-de-semana. Nesse sentido, para estimular os pais a acompanharem as crianças aos centros, a CCAH vai organizar Peddy Papers em Angra do Heroísmo, Praia da Vitória, Velas, Calheta e Santa Cruz da Graciosa. Os Peddy Papers têm perguntas relacionadas com os edifícios, arquitetura urbana, história ou montras das lojas. Podem ser formadas diversas equipas com máximo de 4 elementos, que serão classificadas conforme os pontos obtidos, respeitando a tabela de horário de entrega e nº de perguntas corretas. Os primeiros 3 classificados em cada concelho recebem prémios. Realiza-se entre as 10h30 e as 12h30 nos dias 07, em Velas (partida do Jardim da República) e Angra do Heroísmo (partida da Praça Velha), no dia 14 na Praia da Vitória (partida da Praça Francisco Ornelas da Câmara), Calheta (partida do Cais da Calheta) e Santa Cruz da Graciosa (partida da Praça Fontes Pereira de Melo).
Além dos peddy papers, a CCAH preparou, em parceria com as Câmaras Municipais, um extenso programa de animação, com diversas animações de rua para os mais novos, com especial enfoque aos fins-de-semana. O programa vai ficar disponível na página do ofereça açores, www.oferecaacores.com, a partir do dia 21 de Novembro. O Facebook do Ofereça Açores vai ter, também, dinâmicas diárias e semanais, com passatempos alusivos à época de Natal e divulgação das montras e produtos das empresas aderentes.

Fonte: azoresdigital.com
Publicado por: Jorge M. Gonçalves

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Bispo dos Açores de visita à Ilha Graciosa

O Bispo dos Açores  D.António Braga fará uma visita Pastoral à ilha Graciosa a partir deste sábado, 16 de Novembro, e estará cá até dia 21 de Novembro.

A Visita Pastoral acontece de 5 em 5 anos, momento em que o Bispo visita todas as Comunidades e também algumas instituições.

Enquanto a sua estadia será administrado o Sacramento da Confirmação ou Crisma a muitos jovens da nossa ilha.

Esta será provavelmente a última visita Pastoral de D. António como Bispo de Angra, visto que está quase a atingir a idade para deixar o cargo.





Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Preço máximo de venda dos combustíveis atualizado nos Açores

As recentes alterações das cotações de referência dos produtos petrolíferos, registadas nos mercados internacionais, vão levar a uma atualização do preço máximo de venda dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.

Esta atualização consiste na descida em um cêntimo por litro no preço máximo dos gasóleos agrícola e pescas.

Assim, o gasóleo agrícola passa a custar 0,82 euros por litro e o gasóleo pescas 0,63 euros por litro.
Os novos preços entram em vigor às 00h00 da próxima sexta-feira.



GaCS

Publicado por: Jorge M. Gonçalves

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Teatro do Brasil na Ilha Graciosa dia 19 Novembro 2013, 3ª feira, pelas 20h30, no Centro Cultural da Ilha Graciosa

Teatro do Brasil na Ilha Graciosa

No dia 19 do corrente mês de Novembro de 2013 (3ª Feira), pelas 20h30, no Centro Cultural da Ilha Graciosa, o CIA Teatral Procênio, de São Paulo, Brasil, levará à cena a peça "Cordel - uma viagem pela cultura popular brasileira", com criação e interpretação de Felipe Henrique, sendo um espectáculo que leva o público para uma viagem pela cultura popular brasileira.
 
O CIA Teatral Procênio  foi criado no ano de 2000, executou dezenas de produções teatrais e já participou em vários festivais internacionais, nomeadamente no Brasil, Venezuela, Espanha e Portugal (Gaia, Porto, Ovar, Alverca, Idanha-a-Nova), tendo obtido vários prémios em diversas categorias.
 
Este espectáculo encontra-se inserido na Temporada de Teatro da Ilha Graciosa 2013, é uma iniciativa do Grupo de Teatro A Semente - Associação Cultural da Ilha Graciosa e tem o apoio das Direcções Regionais da Cultura e da Juventude, do Museu da Graciosa, da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, da Associação Cultural, Desportiva e Recreativa da Graciosa e da Casa do Povo da Praia.



sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Último eclipse solar do ano é no domingo entre as 10h00 e as 12h00

O último eclipse solar do ano ocorre no domingo, sendo parcial na maior parte do mundo, incluindo Portugal, onde será de magnitude muito pequena, e total na África Equatorial, informou o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL).


O fenómeno apenas pode ser observado através de telescópios com filtros especiais. A observação directa pode provocar lesões oculares.

Em Portugal, como no resto do mundo, com excepção de África, apenas uma parte do Sol é ocultada pelo disco lunar, como se a Lua desse uma "dentada" no Sol, e, por isso, o eclipse é parcial.

No domingo, o céu parcialmente nublado, com "abertas", em Portugal, previsto pela meteorologia, não impede a observação do eclipse ao fim da manhã, período em que o fenómeno pode ser visto no país, ainda que com muito pouca amplitude, de acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa.

Tanto o OAL como o Planetário do Porto, o Centro Ciência Viva de Constância e o Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra promovem, se o tempo ajudar, sessões gratuitas de observação com telescópios.

Segundo informação disponibilizada pelo Observatório Astronómico de Lisboa no seu portal, o eclipse parcial atinge no continente o seu pico perto das 12:30, mas somente com 02% a 05% do Sol a estar tapado pela Lua nas regiões Norte e Centro e 05% a 08% nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve.

No território continental, o fenómeno inicia-se depois das 11:30 e termina pouco depois das 13:00.
O eclipse será um pouco maior nos arquipélagos da Madeira e dos Açores, com a ocultação do Sol a rondar os 21% a 23% e a durar duas horas, mais meia hora face ao continente. Na Madeira, a maior fase do eclipse ocorrerá ao meio-dia e nos Açores perto das 11:00 (hora local).

Nas ilhas o fenómeno começa cerca das 10:00 (Açores)/11:00 (Madeira) e acaba perto das 12:00(Açores)/13:17 (Madeira).

Um eclipse solar como o de domingo é considerado raro, e designado híbrido, porque, além de poder ser total ou parcial, também pode ser anular.

"Isto deve-se ao facto de a sombra projectada na superfície terrestre se aproximar da Lua à medida que o eclipse percorre a curvatura da Terra", esclareceu à agência Lusa o director do Departamento de Mediação Científica do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa, João Retrê.
Na África Equatorial, o fenómeno começa por ser anular (todo o disco da Lua encontra-se em frente ao disco do Sol, deixando à vista um anel de luz) para depois se tornar, nalguns pontos, total (o Sol está totalmente tapado pela Lua).

Em São Tomé e Príncipe, mais de 90% do Sol estará tapado e, em Cabo Verde, sobretudo nas ilhas a sul (Brava, Fogo, Santiago e Maio), a ocultação será mais de 80%, de acordo com a página na Internet do Centro Ciência Viva de Constância.

Um eclipse solar ocorre quando a Lua passa directamente entre a Terra e o Sol. A órbita da Lua em redor da Terra é elíptica, pelo que a distância face ao "planeta azul" varia constantemente.

João Retrê explicou que o eclipse solar anular ocorre "se a Lua se encontrar num ponto da sua órbita mais distante da Terra e o seu diâmetro aparente será inferior ao do Sol, não cobrindo todo o seu disco", sendo possível "observar um pequeno anel de luz em torno da silhueta escura da Lua".

Em contrapartida, o eclipse solar será total se "a Lua se encontrar num ponto da sua órbita mais perto da Terra", sendo que "a sua silhueta pode cobrir todo o disco solar".

Fonte: http://sol.sapo
Publicado por: Jorge M. Gonçalves