segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Protecção Civil: vento forte e agitação marítima no arquipélago


O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, segundo o Instituto de Meteorologia, prevê-se:


Para o Grupo Oriental:


No período entre as 18 UTC de 2011-11-01 e as 12 UTC de 2011-11-03

Ondas de Oeste, entre 8 a 9 m

No período entre as 12 UTC de 2011-11-01 e as 06 UTC de 2011-11-02

Vento Oeste, entre 65 a 74 km/h, com rajadas até 100km/h


Para o Grupo Central:


No período entre as 09 UTC de 2011-11-01 e as 12 UTC de 2011-11-03

Ondas de Oeste, passando a Noroeste, entre 8 a 9 m

No período entre as 09 UTC de 2011-11-01 e as 09 UTC de 2011-11-02

Vento Oeste, entre 75 a 87 km/h, com rajadas até 130km/h


Para o Grupo Ocidental:


No período entre as 03 UTC de 2011-11-01 e as 12 UTC de 2011-11-03

Ondas de Oeste, passando a Noroeste, com mais de 9 m

No período entre as 03 UTC de 2011-11-01 e as 09 UTC de 2011-11-02

Vento Oeste, entre 75 a 87 km/h, com rajadas até 130km/h


O SRPCBA recomenda que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza, que poderão ser consultadas emwww.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/srcte-srpcba/



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Aeroporto da Graciosa equipado com painéis interactivos


O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos inaugurou esta tarde em Santa Maria, um dos 5 painéis interactivos disponíveis a partir de hoje nos aeroportos das ilhas da coesão.


Cada um destes painéis, que José Contente definiu como “um grande touchscreen, poderia ser quase um ipad de grande dimensão” permite uma “interoperabilidade entre o cidadão e o equipamento” agora acessível a todos os que passam pelos aeroportos destas 5 ilhas.

Na apresentação deste equipamento instalado no Aeroporto de Santa Maria, o Secretário Regional adiantou que nestes painéis interactivos “o roteiro da ciência e de conteúdos científicos é o prato forte” tendo no entanto “uma aplicabilidade que vai para além desse tipo de informações científicas”.

José Contente salientou ainda que os painéis, que representam um investimento de 70 mil euros, são “um modo de interagir em termos de tecnologias de informação e comunicação, com as pessoas que passam nos aeroportos, que necessitam de informações” tendo “por um lado, um vídeo genérico dos Açores e um vídeo relativo a cada uma das ilhas onde eles estão instalados” e ainda “vários itens informativos em termos de fauna, flora, localização, geografia, geologia, eventos que podem ocorrer e notícias da ilha”.

Para além do conteúdo disponibilizado, esta é “uma plataforma digital que pode ser carregada com conteúdos que de algum modo representem a possibilidade da informação a residentes ou a quem passa nos aeroportos, turistas ou não”, disse o Secretário Regional.

José Contente lembrou ainda que tinha anunciado que “depois do projecto das redes wireless nas ilhas da coesão, íamos caminhar para estes painéis interactivos e hoje chegou o dia deles estarem disponíveis nas 5 ilhas da coesão”.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

O filme "Super 8" no Cinema da Graciosa, esta Sexta-feira, 28 de Outubro


O filme "Super 8" será exibido no Centro Cultural da Ilha Graciosa, esta Sexta-feira, 28 de Outubro, pelas 21h30


O misterioso filme de aventura e ficção científica transporta o espectador ao verão de 1979, quando um grupo de seis rapazes, numa cidade industrial de Ohio, testemunha uma catastrófica colisão noturna de um caminhão com um comboio de carga.

Eles registam tudo com a câmera Super-8 que estavam a utilizar para fazer um filme e começam a desconfiar que não se tratou de um acidente, quando misteriosos desaparecimentos acontecem e o exército tenta encobrir a verdade - algo muito mais terrível do que eles poderiam imaginar.

Kyle Chandler, Elle Fanning (Somewhere), Ron Eldard, Noah Emmerich, Joel Courtney, Riley Griffiths, Ryan Lee, Zach Mills e Gabriel Basso estão no elenco. Steven Spielberg é o produtor.


Pais: EUA

Género: Thriller, Ficção Científica

Duração: 112m

Classificação: 12M

Interpretação: Joel Courtney, Jessica Tuck, Joel McKinnon Miller, Bruce Greenwood, Greg Grunberg

Realização: J. J. Abrams



CMSCG



Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Preço máximo de venda dos combustíveis actualizado nos Açores


As alterações registadas no preço do petróleo, durante as últimas semanas, nos mercados internacionais, vão levar a uma actualização do preço máximo de venda ao público dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.


Esta actualização consiste na diminuição, em um cêntimo por litro, no preço máximo de das gasolinas 95 e 98.

De referir que o preço máximo de todos os combustíveis na Região mantém-se dentro dos limites definidos pelo Governo dos Açores como diferença mínima para os preços em vigor no continente português.

Assim, no caso das gasolinas 95 e 98, a diferença nos preços máximos por litro praticados nos Açores em relação ao mercado nacional será de menos 11 por cento. No caso do Gasóleo Rodoviário, essa diferença é, neste momento, de menos 13 por cento em relação ao verificado no mercado nacional.

Os gasóleos agrícola e pescas têm um preço máximo por litro, nos Açores, inferior em 24 e 23 por cento, respectivamente, ao registado no continente.

No que respeita ao gás doméstico, a diferença entre os preços máximos por quilo praticados nos Açores e os preços praticados no continente é de menos 31 por cento enquanto para o fuel a diferença de preço entre os Açores e o continente é de menos 23 por cento.

Em relação à Região Autónoma da Madeira, os preços máximos praticados nos Açores são inferiores em menos 5 por cento para a gasolina 95, e em menos 10 por cento para a gasolina 98.

No que respeita ao gasóleo rodoviário, a diferença entre o preço máximo por litro praticado nos Açores e o preço registado na Madeira é de menos 4 por cento, enquanto no gasóleo agrícola o preço máximo por litro nos Açores é inferior ao daquela Região Autónoma em menos 13 por cento.

Os novos preços entram em vigor às 00h00 desta quarta-feira.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Seminário: Prevenção de Riscos no Trabalho Agro-Pecuária Infanto-Juvenil


A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa e a Guardião das Fábulas - Associação Cultural, através da sua valência de Horta Social e Pedagógica de São Miguel, têm o prazer de convidar Vossa Excelência para o Seminário: "Prevenção de Riscos no Trabalho Agro-Pecuária Infanto-Juvenil", a realizar no sábado, dia 29 de Outubro de 2011, pelas 10H00, no Centro Cultural da vila de Santa Cruz da Graciosa. A entrada é livre.


CMSCG
Publicado por: Jorge Gonçalves

Boletim Municipal III Trimestre de 2011


A Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa informa a toda a população que o boletim municipal relativo ao terceiro trimestre de 2011 encontra-se disponível aqui



CMSCG
Publicado por: Jorge Gonçalves

XII JuveArte de 17 a 23 de Outubro no Auditório Municipal da Graciosa

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Graciosa vai exportar para Moçambique


Um grupo de empresários das ilhas Terceira, Graciosa e S. Jorge deslocou-se numa missão empresarial a Moçambique. A acção foi promovida pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo.

A missão a Moçambique de 15 empresários das ilhas Terceira, Graciosa e S. Jorge deu origem ao estabelecimento de negócios na área do turismo, promovidos com a Associação de Agentes de Viagens local. Este foi o resultado da acção levada a cabo pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) àquele país.


O presidente daquele organismo diz ter-se deparado com uma loja gourmet com queijo açoriano “que saiu da Região a quatro euros e estava a ser vendido a 33 euros o quilograma”, revelando que os moçambicanos têm uma enorme vontade para adquirir produtos distintos.


Os empresários açorianos que se deslocaram àquele país abrangiam várias áreas, tais como, equipamentos, electrodomésticos, arquitectura, turismo, agro-alimentar, mobiliário, construção civil e energias renováveis, tendo feito vários acordos para a exportação de alguns produtos regionais. Desta forma, as conservas açorianas irão ser levadas por via marítima, enquanto que o queijo de S. Jorge será por via aérea, uma vez que as companhias aéreas de Moçambique estão disponíveis para oferecer condições especiais, disse Sandro Paim. O presidente da CCAH frisou que esta é uma oportunidade de negócio entre os agentes de viagem como, também, uma abertura de mercado para os excedentes dos Açores, continuando, no primeiro semestre do próximo ano, o trabalho até aqui realizado.


Entretanto, a Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo celebrou um memorando de entendimento com a AVITUM (Associação de Agentes de Viagens e Operadores Turísticos de Moçambique), para garantir aos associados da CCAH do sector do turismo um acesso privilegiado ao mercado moçambicano. O memorando foi acordado no final do segundo dos três dias da Missão Empresarial da CCAH a Maputo.


No encontro com a AVITUM, foi demonstrado um grande interesse em colaborar em tudo o que seja necessário para estabelecer novas parcerias ente Portugal e Moçambique e foi abordada a dificuldade em encontrar recursos humanos qualificados no mercado moçambicano. Neste âmbito, foi formalizado um memorando de entendimento de forma a potenciar uma parceria de formação e-learning, ministrada pela CCAH, bem como a promoção de oportunidades de trabalho na área do turismo em Moçambique, por via do projecto Bolsa de Emprego da CCAH, que será lançado brevemente.


De referir que no âmbito da missão, o primeiro dia foi preenchido com um seminário de apresentação do mercado, em que os empresários puderam contactar directamente com a realidade moçambicana. O final do dia foi preenchido com visitas a lojas gourmet, nas quais foi possível encontrar alguns produtos açorianos, demonstrando a abertura e potencialidade de comercialização dos artigos regionais. A manhã do segundo dia foi dedicada a reuniões individuais entre empresários açorianos e locais, cujo feedback foi muito positivo, havendo já intenções de negócios.

Conhecer as oportunidades de negócio

A missão empresarial a Moçambique foi organizada pela Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, tendo contado com a representação de 15 empresas, e integrou uma iniciativa da Associação Karingana àquele país, contando com o apoio do AICEP. O objectivo fundamental foi desenvolver e afirmar as ligações económicas entre os Açores e Moçambique, proporcionando às empresas açorianas um conhecimento no terreno das oportunidades de negócio naquele país.


PEDRO BOTELHO pedrobotelho9@gmail.com


Fonte: Expresso das Nove

Publicado por: Jorge Gonçalves

Novo estatuto do aluno é “documento inovador”


A Secretária Regional da Educação e Formação defendeu esta tarde a aprovação do novo Estatuto do Aluno, elaborado pela tutela, adiantando que este é um documento inovador a vários níveis.


Cláudia Cardoso explicou que com este diploma pretende-se “expurgar do estatuto vigente, matérias que consideramos que deveriam estar noutra sede, como por exemplo as matérias relativas à Acção Social Escolar, que passarão a breve trecho a integrar um Decreto Legislativo Regional que brevemente virá a esta casa, matérias respeitantes à evicção escolar que já constam do diploma que aliás já deu entrada na Assembleia sobre Saúde Escolar e outras matérias que por serem de natureza mais regulamentar, o Governo entendeu que deveriam constar ao nível do Regulamento de Gestão Administrativa de Alunos”.


Para a Secretária Regional da Educação e Formação, o novo Estatuto do Aluno vai “assegurar condições de maior segurança, tranquilidade e disciplina nas nossas escolas, como promotoras essenciais do sucesso educativo e da efectividade das aprendizagens”.


Com este diploma promove-se também o “reforço da autoridade da comunidade educativa, do pessoal docente mas não só: do pessoal não docente, o reforço da importância da intervenção das equipas multidisciplinares das escolas e dos poderes do Presidente do Conselho Executivo e do Conselho Executivo, como órgão de liderança da escola”, disse.

Na apresentação do diploma no parlamento regional, Cláudia Cardoso salientou ainda que o mesmo “garante o reforço do papel da escola com a necessária correlação com o reforço do papel das famílias, ou seja, a implicação e o comprometimento que é fundamental, da família com a escola e o comprometimento com o sucesso dos alunos”, uma vez que “pais e Encarregados de Educação assumem um papel determinante na forma como o aluno percepciona a escola e no empenhamento que ele próprio dedica à escola no sentido da sua aprendizagem”.


Por outro lado “o que este estatuto faz é clarificar o regime de aplicação de medidas preventivas e de integração” bem como as “medidas disciplinares e sancionatórias”, adiantou.


Cláudia Cardoso especificou que o novo Estatuto do Aluno “agiliza e simplifica os procedimentos formais, todos eles de natureza processual, que se referem à aplicação dessas medidas, centrando muito na figura do Presidente do Conselho Executivo essa agilização e permitindo assim que o processo seja eficaz, minimizando prazos, diminuindo procedimentos, fazendo com que da determinação da aplicação da medida e a sua efectiva aplicação, decorre o mínimo de tempo possível”.

Para além da redução de prazos de aplicação de medidas, a Secretária Regional da Educação e Formação salientou ainda a possibilidade da informação das ocorrências no espaço escolar ser feita por qualquer membro da comunidade educativa.


O diploma foi já aprovado na generalidade, decorrendo agora o debate na especialidade.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Preço máximo de venda dos combustíveis actualizado nos Açores


As alterações registadas no preço do petróleo, durante as últimas semanas, nos mercados internacionais, vão levar a uma actualização do preço máximo de venda ao público dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.


Esta actualização consiste no aumento, em um cêntimo por litro, no preço máximo dos combustíveis, à excepção do gás doméstico, que mantém o seu preço inalterado.

De referir que o preço máximo de todos os combustíveis na Região mantém-se dentro dos limites definidos pelo Governo dos Açores como diferença mínima para os preços em vigor no continente português.

Assim, no caso das gasolinas 95 e 98, a diferença nos preços máximos por litro praticados nos Açores em relação ao mercado nacional será de menos 12 e 11 por cento, respectivamente. No caso do Gasóleo Rodoviário, essa diferença será de menos 12 por cento em relação ao verificado no mercado nacional.

Os gasóleos agrícola e pescas terão um preço máximo por litro, nos Açores, inferior em 23 e 22 por cento, respectivamente, ao registado no continente.

No que respeita ao gás doméstico, a diferença entre os preços máximos por quilo praticados nos Açores e os preços praticados no continente é de menos 31 por cento enquanto que para o fuel a diferença de preço entre os Açores e o continente é de menos 24 por cento.

Em relação à Região Autónoma da Madeira, os preços máximos praticados nos Açores são inferiores em menos 3 por cento para a gasolina 95, e em menos 8 por cento para a gasolina 98.

No que respeita ao gasóleo rodoviário, a diferença entre o preço máximo por litro praticado nos Açores e o preço registado na Madeira é de menos 3 por cento, enquanto no gasóleo agrícola o preço máximo por litro nos Açores é inferior ao daquela Região Autónoma em menos 12 por cento.

Os novos preços entram em vigor às 00h00 desta quinta-feira.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Projecto “Escola Segura – Instruções Gerais de Segurança” arrancou hoje


O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) e a Direcção Regional da Educação e Formação (DREF) deram início hoje ao projecto “Escola Segura – Instruções Gerais de Segurança”.


A iniciativa, inserida no programa de sensibilização pública, pretende canalizar, como necessidade prioritária, para o público infantil as acções a desencadear nos próximos anos.


O arranque deu-se hoje na Escola Básica Integrada Tomás de Borba, em Angra do Heroísmo, numa sessão presidida pelo Presidente do SRPCBA, perante os mais de 150 alunos das sete turmas do 1º ciclo do Ensino Básico, daquela escola.


Depois de uma abordagem aos comportamentos a ter em caso de anomalia na escola, devido a situações naturais ou outras, as crianças tiveram a oportunidade de ver e perceber como funcionam viaturas dos bombeiros sob orientação dos bombeiros voluntários de Angra do Heroísmo presentes no evento.


Este projecto vai abranger as 11.500 crianças que se encontram a frequentar o 1.º ciclo, nas 155 escolas dos Açores e chegará ainda este mês às ilhas de São Miguel, Santa Maria e Faial. Em Novembro vai ser estendido ao Pico, São Jorge, Graciosa, Flores e Corvo. A conclusão desta acção de sensibilização está agendada para o dia 16 de Novembro.


A sua operacionalização conta com a participação de técnicos do serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores que, acompanhados pelos corpos de bombeiros, visitam as escolas da Região, aquando da distribuição dos recursos pedagógicos, um momento que alia o lúdico ao essencial dos objectivos que norteiam esta iniciativa.


A abordagem das temáticas de segurança, a educação para a prevenção e minimização de riscos, estando previstas nos programas das diferentes disciplinas, tem um enquadramento natural no âmbito de actividades de enriquecimento curricular, contribuindo para a aquisição de competências específicas no quadro da protecção civil, pelos alunos do 1.º ciclo do Ensino Básico.


O projecto “Escola Segura” – Instruções Gerais de Segurança” é considerado uma oportunidade de agregar acções dos diferentes agentes de protecção civil, educando para a segurança através da prevenção e da responsabilização, sendo composto por recursos pedagógicos destinados ao professor (apresentação) e alunos (guia de instruções gerais de segurança e fichas pedagógicas) que permitem a consolidação das competências a desenvolver.


Esta iniciativa será posteriormente complementada pelo projeto “Clubes de Protecção Civil”, destinado aos alunos dos 2.º e 3.º ciclos, com início agendado para o mês de Novembro. Com estes dois projectos são abrangidos mais de 27 mil alunos que frequentam o ensino obrigatório nas escolas açorianas.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

domingo, 16 de outubro de 2011

Diploma de Educação para a Saúde promove educação sexual nas escolas açorianas


A proposta de Decreto Legislativo Regional que regulamenta a educação para a saúde em meio escolar já está concluída.


A educação para a saúde em meio escolar visa promover a saúde e prevenir a doença na comunidade educativa, apoiar a inclusão escolar de crianças com necessidades de Saúde e Educativas Especiais, desenvolver competências de autonomia, responsabilidade e sentido crítico, indispensáveis à opção e adopção de comportamentos e estilos de vida saudáveis, promover a valorização da afectividade nas relações humanas e de uma sexualidade responsável e informada, promover um ambiente escolar seguro e saudável, reforçar os factores de protecção relacionados com os estilos de vida saudáveis e articular as acções dos estabelecimentos de educação e ensino da Região Autónoma dos Açores com as do Plano Regional de Saúde.


O diploma contempla como áreas prioritárias para a promoção de estilos de vida saudáveis, a alimentação saudável, a saúde oral, a saúde mental, a saúde sexual e reprodutiva, a actividade física, o ambiente e saúde, a segurança individual e colectiva, prevenção de acidentes e suporte básico de vida, os consumos nocivos e comportamentos de risco e a violência em meio escolar.


Entre outras matérias, este Decreto Legislativo Regional vai regulamentar a promoção da saúde sexual, através da educação sexual que nas escolas tem carácter obrigatório, desenvolvendo-se em todas as turmas de todos os níveis e ciclos dos ensinos básico, secundário e profissional.


Pretende-se que, de uma forma estruturada e sustentada, os alunos desenvolvam conhecimentos e adquiram competências, atitudes e comportamentos adequados face à saúde sexual e reprodutiva, de forma a contribuir para a diminuição dos comportamentos de risco e para o aumento dos factores de protecção em relação à sexualidade.


As actividades a desenvolver no âmbito da educação sexual visam, nomeadamente a valorização da sexualidade e afectividade entre as pessoas no desenvolvimento individual, o desenvolvimento de competências nos jovens que permitam escolhas informadas e seguras no campo da sexualidade, a melhoria dos relacionamentos afectivo-sexuais dos jovens, a redução de consequências dos comportamentos sexuais de risco, tais como a gravidez não desejada e as infecções sexualmente transmissíveis, a capacidade de protecção face a todas as formas de exploração e de abuso sexuais, o respeito pela diferença entre as pessoas e pelas diferentes orientações sexuais, a valorização de uma sexualidade responsável e informada, a promoção da igualdade de géneros e o reconhecimento da importância de participação no processo educativo de encarregados de educação, alunos, professores e técnicos de saúde.


Este diploma prevê ainda a criação de Gabinetes de apoio e promoção da educação para a saúde nas escolas, que passam a ser obrigatórios.


O funcionamento destes gabinetes a serem criados pelas unidades orgânicas da região, vai ser assegurado por elementos da equipa da educação para a saúde e por técnicos da área da saúde, no âmbito das equipas de saúde escolar e terão por função informar e aconselhar os alunos nos mais diversos assuntos com ele relacionados, assegurando ainda o acesso a meios contraceptivos.



GaCS

Publicado por: Jorge Gonçalves

Ilha Graciosa é “destino de excelência” no ramo do mergulho


A aposta na promoção dos Açores como “destino de excelência" para a prática do mergulho, que inclua a criação de uma marca identificadora e tarifas aéreas mais baratas, foi uma das conclusões da III Bienal de Turismo Subaquático que se realizou na Graciosa.

"Os Açores, pela sua localização e génese geológica, apresentam um grande potencial para a prática do mergulho", referia o documento final da reunião, definindo a ética, a formação e o profissionalismo como os princípios fundamentais para assegurar o futuro deste mercado turístico.

A bienal decorreu na Graciosa e os participantes salientaram o facto do mergulho costeiro e recreativo estar a ser o “motor” deste segmento turístico. Defenderam ainda a forte probabilidade de serem abertas "novas linhas de promoção", como o mergulho técnico e o mergulho com grandes pelágicos, nomeadamente tubarões baleia e jamantas.

As conclusões da bienal alertam, no entanto, que o crescimento deste segmento turístico no Arquipélago "não pode descurar aspectos ligados à segurança", defendendo uma aposta na "informação, prevenção e minimização dos riscos".

Para a divulgação dos Açores como destino turístico de mergulho, os participantes salientaram a importância da criação de uma "marca identificadora" que permita marcar o posicionamento estratégico da região e utilizar uma estratégia comum de comunicação.


Fonte: CM

Publicado por: Jorge Gonçalves

Protecção Civil: aguaceiros fortes nos grupos Central e Oriental

Na sequência do aviso anterior o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, segundo o Instituto de Meteorologia, e devido à intensificação de células convectivas ao largo dos Açores, prevê-se:

Para o Grupo Central:

Aguaceiros pontualmente FORTES entre 21 a 40 mm/1h, no período entre as 09h00UTC e as 18h00UTC de 16/OUT/2011.

Para o Grupo Oriental:

Aguaceiros pontualmente FORTES entre 21 a 40 mm/1h, no período entre as 09h00UTC e as 18h00UTC de 16/OUT/2011.

O SRPCBA recomenda que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza.

Recomenda-se particularmente aos automobilistas que redobrem os cuidados na circulação.

Mais informação em, www.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/srcte-srpcba


GaCS