terça-feira, 31 de Maio de 2011

Governo Regional exorta os pescadores a promoverem o associativismo para melhorarem o sector



O Subsecretário Regional das Pescas exortou hoje, na Freguesia da Ribeira Quente, os pescadores açorianos a promoverem o associativismo como forma de melhorarem as actividades de comercialização e de rentabilização das suas capturas no arquipélago.

No encerramento da Semana do Pescador, a que presidiu, Marcelo Pamplona reconheceu que os profissionais da pesca nos Açores, são extremamente bons no desempenho das suas funções, mas admitiu a necessidade dos homens do mar se organizarem colectivamente, quando chegam a terra, para valorizarem os produtos capturados.

Na opinião daquele governante, a pesca é um sector de fundamental importância para o desenvolvimento económico da Região Autónoma, mas advogou que a profissão de pescador precisa de ser ainda mais valorizada nas ilhas, do ponto de vista económico, assim como carreira profissional.

Marcelo Pamplona disse que o Governo Regional acompanha com a maior satisfação e empenho o dinamismo das associações da pesca existentes no arquipélago e a realização daquele encontro anual que debate com os pescadores de todas as ilhas, as formas de melhorarem a actividade piscatória no mar da Região.


GaCS/CM

Publicado por: Jorge Gonçalves

Governo assinala Dia do Ambiente com vasto programa de actividades



Um vasto leque de actividades programado pelo Governo dos Açores para o período entre 1 e 5 de Junho, em todas as ilhas, assinala o Dia Mundial do Ambiente e o Ano Internacional das Florestas.



O programa alargado, que associa também o Dia Internacional da Criança, que se comemora amanhã, dia 1, apela à reflexão, consciencialização e preservação ambiental e alerta para a importância das florestas na defesa da biodiversidade, agregando as três celebrações.



O Dia Mundial do Ambiente foi estabelecido pela Assembleia-geral das Nações Unidas em 1972, marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano. Celebrado, desde então, no dia 5 de Junho, a efeméride catalisa a atenção e a acção política de povos e países para aumentar a consciencialização e a preservação ambiental.



Por outro lado, a ONU, tendo em conta a importância que as áreas florestadas têm na preservação da vida no planeta e a necessidade premente de serem preservadas e valorizadas, declarou o ano de 2011 como o Ano Internacional das Florestas.



Esse contexto, de 1 a 5 de Junho, será dado particular destaque à adopção de boas práticas que garantam a perenidade dos recursos e a sustentabilidade ambiental.



Promovendo todas as suas principais áreas de actuação, a Secretaria Regional do Ambiente e do Mar pretende evidenciar os sete pilares do Ambiente nos Açores: gestão de resíduos, energias renováveis, conservação da natureza, assuntos do mar, recursos hídricos, ordenamento do território e qualidade do ar.


O programa prevê para Santa Maria, no dia 2 de Junho às 21h30, uma palestra do Director Regional dos Assuntos do Mar, Frederico Cardigos, sobre o Mar dos Açores. Já em São Miguel, o Director Regional da Energia, José Cabral Vieira, acompanhará, às 11h00, os alunos do curso de Ordenamento do Território e Ambiente numa visita à Central Geotérmica do Pico Vermelho.


Na Terceira irá ser apresentado o Parque Natural da ilha, pela sua directora, Sónia Alves, às 18h00, na Universidade dos Açores, enquanto que na Graciosa e nas Flores, de 1 a 3 de Junho, a Direcção de Serviços de Resíduos irá dinamizar diversas sessões sobre a correcta gestão de resíduos.


Amanhã, em São Jorge, às 21h00 , realiza-se, no auditório das Velas, uma sessão, aberta a toda a população, sobre a importância dos habitats naturais e divulgação do projecto Sentir e Interpretar o Ambiente dos Açores, com a presença do Director Regional do Ambiente, Dr. João Carlos Bettencourt, e, no Pico, a Direcção de Serviços de Recursos Hídricos irá demonstrar métodos de amostragem das águas na Lagoa do Caiado, durante a manhã, e falará sobre a utilização sustentada da água nas Jornadas das Escolas Profissionais do Triângulo.


No Faial, os técnicos da Direcção de Serviços de Monitorização, Avaliação Ambiental e Licenciamento irão falar sobre a monitorização da qualidade do ar e a sua importância para a saúde pública e visitarão a estação de monitorização da qualidade do ar da ilha, com alunos da escola local. No Corvo, os colaboradores do Parque Natural irão coordenar uma acção de controlo de invasoras e dinamizar, no Centro de Interpretação Ambiental e Cultural, uma sessão sobre a boa gestão de resíduos.


Para além das acções enunciadas no programa, irão ser desenvolvidas durante este período e em todas as ilhas dos Açores muitas outras actividades, envolvendo parcerias com entidades públicas e privadas.


Estas incluirão actividades próprias e outras integradas nos programas “Açores Entre-Marés” e “EcoFreguesias”. Incluem-se passeios pedestres interpretativos, saídas de campo a áreas protegidas, visitas a centros de interpretação ambiental, acções de limpeza, jogos lúdico-pedagógicos, palestras, visionamento de filmes, entre outras.


Destaca-se ainda a participação da Rede Regional de Ecotecas, dinamizada pelo Governo dos Açores, em actividades de comemoração do Dia Internacional da Criança, em associação com municípios da Região.


GaCS/FA

Publicado por: Jorge Gonçalves

Manual de apoio ao fumador chega a casa de todos os açorianos



O manual de apoio aos fumadores, intitulado “PARAR DE FUMAR - Um Guia de Apoio”, apresentado hoje na Direcção Regional de Prevenção e Combate às Dependências, no âmbito do Dia Mundial Sem Tabaco, vai ser distribuído em todas as residências da Região.

“O que pretendemos”, disse Paula Costa “é que se consigam ganhos em termos de saúde, não só para as gerações actuais como também para as próximas gerações”.
O guia, dividida em 4 capítulos, inclui testes e conselhos aos fumadores, bem como as vias onde podem procurar ajuda especializada.

Ao longo dos vários capítulos a pessoa é levada a reflectir, quando fumou o primeiro cigarro e porque é fumador de modo a tomar as medidas que forem necessárias para deixar de fumar.

O primeiro capítulo tem por título “Eu sou fumador”, o segundo “Ainda não decidi deixar de fumar”, o terceiro “Decidi parar de fumar” e o quarto “Parei de fumar”. A qualquer altura pode voltar ao capítulo anterior e seguir os passos recomendados.

O guia leva também a uma análise de quanto é que gasta e o que poderia fazer com o dinheiro que pouparia, de modo a constituir outro incentivo para deixar de fumar.

Este trabalho foi feito com a colaboração do INPES – Institut National de Prévention et d’Éducation pour la Santé (França) através da cedência do texto.

O Dia Mundial Sem Tabaco (31 de Maio) foi instituído pela OMS em 1987 por considerar o tabagismo um dos problemas de saúde mais preocupantes a nível mundial.

Desde então muitas iniciativas têm sido tomadas na tentativa de diminuir o número de fumadores. O caminho percorrido já evidencia alguns sucessos, como a proibição da publicidade de tabaco associada a eventos desportivos, a criação dos espaços sem fumo em todos os locais públicos, etc. No entanto, segundo uma recente previsão da OMS, o tabaco matará 6 milhões de pessoas em 2011.

A Direcção Regional de Prevenção e Combate às Dependências considera que a luta contra este problema de saúde deve ser travada em várias frentes. Além da prevenção primária feita às camadas mais jovens, no sentido de evitar ou adiar o início do consumo, é necessário também apoiar os fumadores que desejem abandonar este hábito.



GaCS/RC

Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Região assinala Dia Mundial Sem Tabaco



A Direcção Regional de Prevenção e Combate às Dependências assinala, amanhã, o Dia Mundial Sem Tabaco, com a apresentação de um manual de apoio aos fumadores, intitulado “PARAR DE FUMAR - Um Guia de Apoio”.


Esta brochura, dividida em 4 capítulos, pretende auxiliar os fumadores a fazer uma reflexão sobre este hábito nocivo à sua própria saúde, bem como à dos seus próximos.


O guia inclui testes, dicas e conselhos aos fumadores bem como as vias onde podem procurar ajuda especializada.


Este trabalho foi feito com a colaboração do INPES – Institut National de Prévention et d’Éducation pour la Santé (França) através da cedência do texto e estrutura e será distribuído em todas as residências da Região a partir do mês de Junho.


O Dia Mundial Sem Tabaco (31 de Maio) foi instituído pela OMS em 1987 por considerar o tabagismo um dos problemas de saúde mais preocupantes a nível mundial. Desde então muitas iniciativas têm sido tomadas na tentativa de diminuir o número de fumadores.


O caminho percorrido já evidencia alguns sucessos, como a proibição da publicidade de tabaco associada a eventos desportivos, a criação dos espaços sem fumo em todos os locais públicos, etc. No entanto, segundo uma recente previsão da OMS, o tabaco matará 6 milhões de pessoas em 2011.


A Direcção Regional de Prevenção e Combate às Dependências considera que a luta contra este problema de saúde deve ser travada em várias frentes. Além da prevenção primária feita às camadas mais jovens, no sentido de evitar ou adiar o início do consumo, é necessário também apoiar os fumadores que desejem abandonar este hábito.


A apresentação do guia está marcada para as 10h30 de amanhã, na Direcção Regional da Prevenção e Combate às Dependências, na Praia da Vitória.


GaCS/RC

Publicado por: Jorge Gonçalves

quinta-feira, 26 de Maio de 2011

Galardão “Praia Acessível” atribuído à Praia da Graciosa e a mais quatro locais nos Açores



O Projecto “Praia acessível – Praia para todos” teve início em 2004, tendo sido alargado ao arquipélago dos Açores em 2005. Este Projecto é uma iniciativa do Instituto Nacional para a Reabilitação (INR) e está a ser desenvolvido em coodernação interinstitucional de vários intervenientes, entre os quais a Secretaria Regional do Ambiente e do Mar que faz parte integrante do júri nacional. No âmbito dessa colaboração, o Governo dos Açores, através da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar, promove a divulgação do Projecto junto das autarquias, articula a recepção das candidaturas e coordena as vistorias solicitadas pelo INR.

O projecto, com forte pendor humanitário, tem como principais objectivos tornar acessíveis as praias portuguesas a pessoas com mobilidade reduzida, sensibilizar o público em geral para este problema e dar a conhecer às pessoas portadoras de deficiência as praias com acessibilidade e promovê-las como destino de férias.

As candidaturas das entidades gestoras a este Projecto são voluntárias e a decisão da atribuição da Bandeira Praia Acessível – Praia para todos é da competência do INR.

Em 2005 houve uma zona balnear com a atribuição deste galardão na Região Autónoma dos Açores e em 2011 irão ser atribuídas 14 bandeiras, distribuídas por 4 ilhas (S. Miguel, Terceira, Santa Maria e Graciosa) e 9 concelhos.

Para o Director Regional dos Assuntos do Mar, Frederico Cardigos, “fica mais uma vez espelhado o interesse das entidades gestoras na melhoria das condições das zonas balneares. Para mais, nesta temática em particular, registámos um acréscimo de cinco locais, o que aumenta consideravelmente a possibilidade de escolha dos cidadãos com necessidades especiais.”

Em 2011 está classificada como “Praia acessível – Praia para todos” no Concelho de Angra do Heroísmo a zona da Prainha, na Lagoa, a Zona Balnear da Lagoa, em Ponta Delgada as Milícias e os Poços de S. Vicente Ferreira, na Povoação a Praia do Fogo (Ribeira Quente), na Praia da Vitória a Praia Grande, Porto Martins e a Zona Balnear dos Biscoitos, na Ribeira Grande o Areal de Santa Bárbara, a Praia dos Moinhos e a Zona Balnear das Poças da Ribeira Grande, a Praia em Santa Cruz da Graciosa, os Anjos em Vila do Porto e, no Concelho de Vila Franca do Campo a Vinha da Areia. As zonas balneares da Lagoa, Praia dos Moinhos, Poças Matriz, Praia da Graciosa e Praia Grande são as novas zonas em 2011.


GaCS/SRAM/DRAM

Publicado por: Jorge Gonçalves

quarta-feira, 25 de Maio de 2011

O filme "Indomável" no Cinema da Graciosa, esta Sexta-feira, 27 de Maio




O filme "Indomável" será exibido no Centro Cultural da Graciosa, esta Sexta-feira, dia 27 de Maio, pelas 21h.




Pais: EUA
Género: Aventura, Drama, Western
Duração: 110m
Classificação: 12M
Interpretação: Jeff Bridges, Heilee Steinfeld, Matt Damon, Josh Brolin
Realização: Ethan Coen, Joel Coen




Descrição:
Mattie Ross é uma jovem de 14 anos cujo pai foi morto a sangue frio pelo cobarde Tom Chaney e que está determinada a levá-lo à justiça. Com a ajuda de um conflituoso e alcoólico U.S. Marshal, Rooster Cogburn, ela prepara-se, ignorando as reservas do próprio Rooster, para caçar Chaney. O sangue do seu pai exige que persiga o criminoso até território Índio e o encontre antes que um Texas Ranger, chamado LaBoeuf, o apanhe e leve de volta para o Texas, para ser julgado pela morte de outro homem.












CMSCG
Publicado por: Jorge Gonçalves

terça-feira, 24 de Maio de 2011

Novas quotas de goraz para pescadores graciosenses



As quotas de goraz atribuídas às diferentes ilhas dos Açores para o ano de 2011 foram repartidas por 672 embarcações da frota artesanal e da frota costeira do arquipélago.

Esta decisão, que consta de um despacho do Subsecretário Regional das Pescas, hoje publicado no Jornal Oficial, envolve a repartição no corrente ano de uma possibilidade total de pesca de 1.116 toneladas de goraz.

São Miguel, com 416.139 quilos, e Terceira, com 286.190 quilos, são as ilhas com maior quota de goraz atribuída em 2011, seguidas do Faial (180.084), Graciosa (113.411), Pico (38.510), Flores (28.933), São Jorge (23.801), Santa Maria (14.657) e Corvo (14.275).

Do total de embarcações com quota para a pesca do goraz durante o corrente ano, cerca de 70 por cento estão registadas em portos das ilhas de São Miguel (222), Pico (125) e Terceira (118), distribuindo-se as restantes pelas ilhas do Faial (59), São Jorge (41), Graciosa (40), Santa Maria (36), Flores (20) e Corvo (11).

Nos termos do despacho assinado por Marcelo Pamplona, as quotas atribuídas “não constituem direitos adquiridos das empresas, armadores ou embarcações, podendo ser, a todo o tempo, retiradas ou diminuídas, como resultado de decisões regionais, nacionais ou comunitárias no âmbito da conservação e gestão de recursos”.

O diploma precisa ainda que, “apesar da atribuição de quotas por ilha, por segmento de frota e por embarcação”, a captura de goraz durante 2011 “pode vir a ser temporariamente suspensa ou liberalizada, nos termos do artigo 13.º da Portaria n.º 20/2011, de 29 de Março”.

Determina também que, depois de esgotada a quota de goraz correspondente a um determinado segmento de frota, será decretada “a proibição de manutenção a bordo, transbordo, desembarque, transporte, armazenamento, exposição, colocação à venda ou venda de goraz relativamente ao segmento ou aos segmentos de embarcações de pesca em causa”.

Logo que qualquer embarcação atinja a possibilidade de pesca anual de goraz agora fixada, “ ficará, automaticamente, proibida a captura, a manutenção a bordo, o transbordo e o desembarque de goraz capturado por tal embarcação”.

O mesmo despacho indica também que a disponibilização das possibilidades de pesca das embarcações que, a 30 de Junho, não tenham atingido capturas no valor de 30% da sua quota, por embarcações com registo ou porto de armamento na mesma ilha, “será formalizada por despacho do membro do Governo responsável pelas pescas, a partir de 1 de Julho de 2011, sob proposta das associações representativas da frota de pesca da respectiva ilha”.

Proibida fica, igualmente, no arquipélago “a manutenção a bordo, o transbordo, o desembarque, o transporte, o armazenamento, a exposição, a colocação à venda ou a venda de goraz capturado por embarcações registadas nos portos da Região Autónoma dos Açores classificadas como de pesca local e costeira que não possuam quota atribuída” para a captura daquele espécie marinha.


GaCS/FG

Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 23 de Maio de 2011

Procissão de Nossa Senhora do Guadalupe ao Monte da Ajuda, esta terça-feira, 24 de Maio

Procissão de Nossa Senhora do Guadalupe ao Monte d'Ajuda, esta terça-feira, 24 de Maio


Publicado por: Jorge Gonçalves

Preço máximo de venda dos combustíveis actualizado nos Açores



As alterações registadas no preço do petróleo, durante as últimas semanas, nos mercados internacionais, vão levar a uma actualização do preço máximo de venda dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.

Esta actualização consiste na diminuição em um cêntimo por litro no preço máximo dos gasóleos rodoviário, agrícola e pescas, mantendo-se o preço dos restantes combustíveis inalterado.

De salientar que o preço máximo de todos os combustíveis mantém-se dentro dos limites definidos pelo Governo dos Açores como diferença mínima para os preços em vigor no continente português.

Assim, no caso das gasolinas 95 e 98, a diferença dos preços máximos por litro praticados nos Açores para o mercado nacional é de menos 11 por cento. No caso do Gasóleo Rodoviário, essa diferença será igualmente de menos 11 por cento em relação ao preço verificado no mercado nacional.

O gasóleo agrícola terá um preço máximo, no Açores, inferior em 21 por cento ao registado no continente, enquanto o gasóleo pescas terá um preço máximo inferior em 22 por cento quando comparado com o mercado nacional.

Em relação ao gás doméstico, a diferença entre os preços máximos praticados nos Açores e os preços praticados no continente é de menos 35 por cento. No caso do fuel a diferença de preço entre os Açores e o continente é de menos 23 por cento.

Em relação à Região Autónoma da Madeira, os preços máximos praticados nos Açores são inferiores em menos 5 por cento para a gasolina 95, menos 9 por cento para a gasolina 98, e menos 4 por cento para o gasóleo rodoviário. No caso do gasóleo agrícola a diferença entre o preço praticado nos Açores e o praticado na Madeira é de menos 14 por cento.

Os novos preços entram em vigor às 00h00 desta quarta-feira.


GaCS/NM

Publicado por: Jorge Gonçalves

Governo instala painéis digitais nas Ilhas da Coesão



O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos anunciou, hoje, em S. Jorge, que este ano vão ser instalados painéis digitais interactivos nas áreas adjacentes da rede wi-fi gratuita nas Ilhas da Coesão.



José Contente, que falava durante uma visita ao espaço TIC das Velas, salientou que este projecto vai permitir mais e melhores informações aos residentes e turistas contribuindo para o desenvolvimento da actividade económica destas ilhas.



Na ocasião, o governante reafirmou, que os espaços TIC têm sido muito importantes para melhorar a cultura tecnológica dos açorianos, segundo dados do Instituo Nacional de Estatística, relativos a 2010, a Região surge no pelotão da frente, juntamente com Lisboa e Algarve, no que se refere aos agregados familiares que possuem computador, acesso à internet e à banda larga.



José Contente, sublinhou, ainda, que este ano o Governo Regional já investiu nos oitos espaços TIC de São Jorge, cerca de 66 mil euros, daí a relevância da difusão tecnológica para a promoção de uma sociedade e economia do conhecimento, cruciais no futuro dos Açores.



GaCS/HB

Publicado por: Jorge Gonçalves

I Feira da Saúde este Domingo passado, 22 de Maio, em Santa Cruz da Graciosa

Primeira feira da saúde ocorreu este domingo passado, dia 22 de Maio, na praça de Santa Cruz da Graciosa









Fotos da autoria de José Ávila

Publicado por: Jorge Gonçalves

sexta-feira, 20 de Maio de 2011

Governo Regional concede tolerância de ponto na Graciosa



Por despacho do Presidente do Governo, datado de hoje, é concedida tolerância de ponto aos funcionários da Administração Pública da Região Autónoma dos Açores, cujos serviços estejam sedeados na Ilha Graciosa, no próximo dia 24 de Maio.

O despacho do Presidente releva o profundo significado religioso para a população da Ilha Graciosa da Procissão de Penitência e Acção de Graças de Nossa Senhora da Guadalupe ao Monte de Nossa Senhora d’Ajuda.


GaCS/JMB

Publicado por: Jorge Gonçalves

“Açores Entre-Mares” na edição de 2011 com uma visita da Escola Secundária da Graciosa ao Ilhéu da Praia





Arranca hoje, 20 de Maio, dia Europeu do Mar, e prolongando-se até dia 8 de Junho, Dia Mundial dos Oceanos, o “Açores Entre-Mares”. Este programa, dinamizado pelo Governo dos Açores, integra actividades geradas pela sociedade em geral, incluindo organizações não-governamentais para o ambiente (ONGA), escolas, parques naturais, empresas, entidades administrativas e outras. Mais uma vez, também em 2011, haverá dezenas de actividades espalhadas por todas as ilhas do arquipélago. Entre lançamento de livros, saídas marítimas para observação de cetáceos ou simples passeio, trilhos de reconhecimento costeiro, palestras diversas, limpezas costeiras e subaquáticas ou visionamento de documentários sobre o mundo natural encontram-se uma miríade de possibilidades. Há mesmo algumas actividades menos comuns, como uma visita de estudo a uma embarcação de pesca, que será organizada na ilha do Faial pela Associação de Produtores de Pesca local. Na Ilha de São Jorge é particularmente curiosa a realização de uma caça ao tesouro na zona balnear da Fajã das Almas. Na Ilha Terceira, com organização da ONGA Gê-Questa, haverá uma tripla prova náutica. Na Ilha do Pico, o Clube Naval da Madalena organiza uma Regata no Dia Mundial dos Oceanos. Na Ilha Graciosa, a escola secundária irá visitar uma das mais emblemáticas reservas dos Açores, o Ilhéu da Praia, único local conhecido onde nidifica o raríssimo Painho-de-Monteiro.

No Grupo Oriental, na Ilha de Santa Maria destaca-se uma sessão de degustação de pratos confeccionados com elementos marinhos. Na Ilha de São Miguel, entre diversas actividades, serão dinamizadas enigmáticas explorações às poças de maré.

No Grupo Ocidental, na Ilha das Flores, em vésperas de funcionamento do novo sistema de processamento de resíduos, o “Açores Entre-Mares” irá ser dedicado à boa gestão e recuperação de habitats marinhos degradados, como sejam algumas zonas portuárias de elevado valor ambiental. Na ilha do Corvo, a título de exemplo, será realizado uma maratona de visionamento de documentários relacionados com o ambiente marinho.

O Director Regional dos Assuntos do Mar estará presente na partida para o mar de uma das expedições para o reconhecimento de baleias e golfinhos com organização do Clube do Mar da EBI da Horta e de uma empresa marítimo-turística da Ilha do Faial. O ponto de encontro será às 13 horas à entrada da Norberto Diver.

O “Açores Entre-Mares” é um período de grande acção cívica a que qualquer um se pode associar, quer participando, quer promovendo actividades de valor ambiental marinho. Estes são apenas alguns dos argumentos, mas, na realidade são, literalmente, dezenas de possibilidades em cada ilha para utilizar com sustentabilidade e recreação o vasto Mar dos Açores.

O programa em detalhe e em permanente actualização pode ser consultado no Portal do Governo (
http://www.azores.gov.pt/). Mais informações poderão ser solicitadas por correio electrónico através do endereço mares@azores.gov.pt ou do telefone 292207317.


GaCS/SRAM/DRAM


Publicado por: Jorge Gonçalves

quarta-feira, 18 de Maio de 2011

Alunos do 2.º ano do 1.º ciclo fazem testes intermédios pela primeira vez



Os alunos do 2.º Ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico da Região, vão, pela primeira vez, fazer testes intermédios de Língua Portuguesa e Matemática no 2º ano.

Estes testes visam um diagnóstico precoce das dificuldades dos alunos, permitindo uma intervenção pedagógica e didáctica mais eficaz e atempada.

Estes testes, que neste nível de ensino não se revestem de carácter obrigatório, terão lugar no próximo mês de Junho (dias 3 e 8) e vão ser aplicados por várias unidades orgânicas da Região, que decidiram aderir a este projecto já neste primeiro ano de implementação.

Os testes intermédios são instrumentos de avaliação disponibilizados às escolas, ao longo do ano lectivo, normalmente nos 2º e 3º períodos, tendo como principal finalidade permitir a cada professor aferir o desempenho dos seus alunos por referência a padrões de âmbito nacional.

Pretende-se ainda que a aplicação possa ajudar os alunos à tomada de consciência da progressão da sua aprendizagem e, que possam contribuir para a sua gradual familiarização com instrumentos de avaliação externa, uma vez que estarão sujeitos no final dos ciclos do ensino básico, ou no ano terminal das disciplinas do ensino secundário a este processo.

Nas escolas dos Açores ao nível do ensino secundário eram já aplicados os testes intermédios nas disciplinas de Matemática, de Biologia e de Físico-Quimica.

No 3º ciclo do ensino básico apenas parte das escolas optava por aplicar os testes intermédios de Português e Matemática, havendo algumas escolas que optavam por não aplicar nenhum destes instrumentos neste nível de ensino.

As aplicações que surgem no 3.º ciclo do ensino básico vêm permitir uma cobertura significativa das diversas áreas do saber que constituem o currículo deste ciclo de ensino.

Na última reunião do Conselho Coordenador do sistema educativo regional, ficou no entanto determinado que passaria a existir a obrigatoriedade de todas as escolas aplicarem estes testes ao nível do ensino básico, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, e numa terceira disciplina (Ciências Fisico-Quimicas, Ciências Naturais, Geografia, História, ou Inglês).

Já no Ensino Secundário será obrigatória a aplicação dos testes intermédios em todas as disciplinas, como sejam Biologia, CFQ, Filosofia e Matemática.


GaCS/HB

Publicado por: Jorge Gonçalves

Alunos da Graciosa fazem amanhã PASE de Língua Portuguesa



São 8836 os alunos que vão fazer amanhã a Prova de Avaliação Sumativa Externa de Língua Portuguesa, nas escolas da Região.

As Provas de Avaliação Sumativa Externa (PASE), previstas no Regulamento da Avaliação das Aprendizagens no Ensino Básico, têm lugar em anos terminais de ciclo (4.º, 6.º e 9.º anos de escolaridade) nas disciplinas de Português e Matemática.

Esta quinta-feira, 2883 em 221 turmas do 4.º ano, 3241 de 157 turmas do 6.º ano e 2712 de 142 turmas do 9.º ano realizam a primeira das duas provas.

Já na próxima segunda-feira, será a vez da PASE de Matemática, que deverá ser feita por 8801 alunos, de 509 turmas dos mesmos anos de ensino, pertencendo 883 alunos a 221 turmas do 4.º ano, 3242 a 157 turmas do 6.º ano e 2676 a 132 turmas do 9.º ano.

Na classificação das provas vão estar envolvidos cerca de 800 docentes do 1.º, 2.º e 3.º ciclos, sendo “265 professores classificadores para o 4.º ano, 280 para o 6.º ano e 228 para o 9.º ano.

Os números foram revelados pela Secretária Regional da Educação e Formação, em conferência de imprensa, esta manhã.

Cláudia Cardoso adiantou que “ao contrário dos anos anteriores as provas vão ser classificadas nas escolas onde são realizadas, mantendo-se o regime de anonimato”.

Este ano, disse a governante, foi introduzida a figura do “professor de apoio que é nomeado de entre os membros dos grupos disciplinares a que está atribuída a leccionação da disciplina da prova nos 2º e 3º ciclos/grupo no 1.º CEB, que tem como principais funções o acompanhamento e monitorização do processo, transmitindo esclarecimentos e divulgando informações”.

Novidade este ano lectivo, é também o novo modelo de comunicação, “em que cada professor classificador tem acesso a uma área comum da plataforma moodle.

Simultaneamente, as provas serão classificadas online, possibilitando a obtenção dos resultados em tempo útil para a impressão das grelhas de classificação, de modo a que possam ser integrados na avaliação sumativa dos alunos” adiantou Cláudia Cardoso.

Os resultados das provas serão conhecidos a 3 de Junho para a disciplina de Língua Portuguesa e a 7 de Junho para a de Matemática.

A responsável pela tutela da educação relembrou ainda que este ano lectivo será o último em que as provas a realizar pelos alunos do sistema educativo regional “serão distintas do todo nacional, passando a ser aplicadas as provas nacionais, o que permitirá aos alunos dos Açores confrontarem-se com as mesmas que fazem os restantes alunos do território nacional”.



GaCS/HB

Publicado por: Jorge Gonçalves

Ciclo de Conferências “Açores 100 Anos de República” na ilha Graciosa



No âmbito do programa das Comemorações do Centenário da República promovido pela Presidência do Governo dos Açores, através da Direcção Regional da Cultura, está a decorrer o Ciclo de Conferências “Açores: 100 anos de República”, que teve início no mês de Janeiro e prolongar-se-á até Outubro de 2011, em todas as ilhas dos Açores.

Dando continuidade ao programa, realiza-se no próximo dia 25 de Maio a conferência "O Federalismo como Ideal em Teófilo Braga e Manuel de Arriaga", pelo Professor José Luís Brandão da Luz, que terá lugar no Museu da Graciosa, pelas 21h00.

O conferencista abordará o federalismo como ideal da República em Portugal que, para Teófilo Braga e Manuel de Arriaga, constituiu a forma de reabilitação das virtudes cívicas do povo, enfraquecido pelo centralismo autoritário da administração monárquica. Tem por base os princípios da mutualidade e da solidariedade e por inspiração a verdade da ciência e o direito.

O calendário do Ciclo de Conferências “Açores: 100 Anos de República” pode ser consultado em
http://www.culturacores.azores.gov.pt/.


GaCS/DRaC

Publicado por: Jorge Gonçalves

Preço máximo de venda dos combustíveis actualizado nos Açores






As alterações registadas no preço do petróleo, durante as últimas semanas, nos mercados internacionais, vão levar a uma actualização do preço máximo de venda dos combustíveis na Região Autónoma dos Açores.

Esta actualização consiste na diminuição de um cêntimo por litro no preço máximo de venda ao público do gasóleo rodoviário.

De referir que o preço máximo de todos os combustíveis vai manter-se dentro dos limites definidos pelo Governo dos Açores como diferença mínima para os preços em vigor no continente português.

Assim, no caso das gasolinas 95 e 98, a diferença dos preços máximos praticados nos Açores para o mercado nacional será de menos 13 por cento e menos 12 por cento respectivamente. No caso do Gasóleo Rodoviário, essa diferença será de menos 11 por cento.

Em relação aos gasóleos agrícola e pescas, a diferença entre os preços máximos por litro praticados nos Açores e os preços praticados no continente é de menos 21 por cento.

Em relação ao gás doméstico, a diferença entre os preços máximos praticados nos Açores e os preços praticados no continente será de menos 35 por cento. No caso do fuel a diferença de preço entre os Açores e o continente será de menos 25 por cento.

Em relação à Região Autónoma da Madeira, os preços máximos praticados nos Açores são inferiores em menos 5 por cento para a gasolina 95, menos 10 por cento para a gasolina 98, e menos 4 por cento para o gasóleo rodoviário.

No caso do gasóleo agrícola o preço máximo verificado nos Açores é inferior em 14 por cento em relação ao preço praticado na Madeira.

Os novos preços entram em vigor às 00h00 desta quinta-feira.


GaCS/NM

Publicado por: Jorge Gonçalves

terça-feira, 17 de Maio de 2011

Graciosa tem 25 touradas anuais



O número de touradas tradicionais que decorrem anualmente nos Açores entre os meses de Maio e Setembro passou de 158 para 159.

Esta alteração resulta do aditamento da tourada à corda que se realiza no 1.º de Maio de cada ano no lugar Acima do Cabouco, freguesia das Fontinhas, concelho da Praia da Vitória, para comemorar o Dia do Trabalhador, na listagem oficial das touradas tradicionais.

As touradas tradicionais constam do mapa, hoje alterado, anexo ao Decreto Legislativo Regional n.º 37/2008/A, de 5 de Agosto, que estabelece o regime jurídico de actividades sujeitas a licenciamento das Câmaras Municipais na Região Autónoma dos Açores.

Nos Açores, as chamadas touradas tradicionais, que a própria lei distingue das touradas não tradicionais e das touradas particulares, acontecem exclusivamente nas ilhas do Grupo Central, distribuindo-se pela Terceira (116), Graciosa (25) e São Jorge (18).

De acordo com a legislação em vigor, a tourada tradicional “deve estar necessariamente ligada a uma festividade da freguesia onde se pretende realizá-la”, “tem de ser organizada exclusivamente por entidades cujo eventual fim lucrativo contribua, de modo directo, para essa mesma festividade” e deve ter lugar “em data fixa” e “realizar-se há, pelo menos, 15 anos”.

Para uma tourada ser classificada como tal, “não pode haver outra tourada tradicional em local já incluído” no respectivo mapa e também “não pode haver tourada tradicional no mesmo dia, na mesma freguesia nem em freguesias contíguas”.


GaCS/FG

Publicado por: Jorge Gonçalves

Parlamento aprova atribuição de 40 insígnias honoríficas açorianas



A Assembleia Legislativa aprovou hoje a atribuição de 40 insígnias honoríficas, cuja imposição terá lugar no Dia da Região Autónoma dos Açores, celebrado anualmente na segunda-feira do Espírito Santo.

Feriado regional móvel, o Dia dos Açores ocorre este ano a 13 de Junho e a respectiva sessão solene, numa organização conjunta da Assembleia e do Governo Regionais, acontecerá na cidade da Praia da Vitória, na ilha Terceira.

Entre os distinguidos com as insígnias honoríficas açorianas contam-se este ano 32 personalidades, duas empresas, duas associações, um clube desportivo, uma banda, uma comissão de festas e uma esquadra da Base Aérea n.º 4.

Para o Parlamento açoriano, a atribuição destas insígnias representa o “reconhecimento público para com os cidadãos ou instituições que, ao longo dos anos, contribuíram de forma expressiva para consolidar a identidade histórica, cultural e politica do povo açoriano”.

De acordo com a Resolução hoje aprovada, a iniciativa “pretende também, de forma simbólica, estimular a continuidade e emergência de feitos, méritos e virtudes com especial relevo na construção do nosso património insular”.

“Continuar a distinguir, formal e solenemente, o inestimável contributo daqueles que se notabilizaram com o seu labor, a sua arte ou o seu pensamento, simboliza a perpetuação da nossa própria identidade”, adianta ainda o documento.

As insígnias honoríficas açorianas foram instituídas pelo Decreto Legislativo Regional n.º 36/2002/A, de 28 de Novembro, com o objectivo de prestar homenagem a pessoas singulares ou colectivas que, em múltiplas vertentes da sua actuação e em actos com os mais diversos enquadramentos, se hajam distinguido em benefício da comunidade e na valorização dos Açores.

A materialização desses símbolos de agraciamento só se operou, todavia, através do Decreto Legislativo Regional n.º 10/2006/A, de 20 de Março, reportando-se à celebração do Dia dos Açores em 2006 a primeira atribuição e entrega das insígnias honoríficas açorianas.

Nos Açores, existem quatro espécies de insígnias honoríficas: a insígnia autonómica de valor, a insígnia autonómica de reconhecimento, a insígnia autonómica de mérito (com as categorias de mérito profissional, mérito industrial, comercial e agrícola e mérito cívico) e a insígnia autonómica de dedicação.

Entre 2006 e 2011, foram já atribuídas nos Açores 10 insígnias autonómicas de valor, 59 insígnias autonómicas de reconhecimento, 98 insígnias autonómicas de mérito e cinco insígnias autonómicas de dedicação, num total de 172.

É a seguinte a lista das insígnias atribuídas este ano pela Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores:

Insígnia autonómica de reconhecimento:
- Avelino de Freitas de Meneses
- António Pereira Vieira Goulart
- Ermelindo dos Santos Machado Ávila
- João Luís Morgado Pacheco
- João António das Pedras Saramago
- Luísa Constantina de Ataíde da Costa Gomes (a título póstumo)
- Maria da Conceição Bettencourt de Medeiros
- Maria Madalena Monteiro Velho Arruda da Câmara Pereira Férin (a título póstumo)
- Mário Bettencourt Resendes (a título póstumo)

Insígnia autonómica de mérito (categoria de mérito profissional):
- Jorge de Almeida Leal Monjardino (a título póstumo)
- Mário Parreira de Sousa Lima (a título póstumo)
- José Henrique Silva Rocha Lourenço

Insígnia autonómica de mérito (categoria de mérito industrial, comercial e agrícola):
- Jaime de Sousa Lima
- José Fraga Germano
- José Tomás Ataíde da Cunha
- Luís Filipe Pinto Basto Bensaúde
- Casa Agrícola Brum, Lda., de Francisco Maria Brum
- Cerâmica Vieira

Insígnia autonómica de mérito (categoria de mérito cívico)
- Adriano Ferreira (a título póstumo)
- António Eduardo Borges Coutinho (a título póstumo)
- António Félix Moniz (a título póstumo)
- António Roberto Aguiar de Oliveira Rodrigues
- Calvino Soares da Fonseca Santos (a título póstumo)
- Emília Isaura Soares Mendonça
- Fernando Aires de Medeiros Sousa (a título póstumo
- Francisco Ernesto de Oliveira Martins
- João Alcindo Neves Ornelas
- João de Brito Zeferino
- Jorge Manuel do Nascimento Medeiros Cabral (a título póstumo
- Jorge João de Medeiros Borges
- Weber Machado Pereira
- Veríssimo de Freitas da Silva Borges (a título póstumo
- Octávio Henrique Ribeiro de Medeiros
- Associacion Civil Los Azoreños
- Associação de Jovens da Fonte do Bastardo
- Banda Eco-Edificante da Vila do Nordeste
- Clube Desportivo Ribeirense
- Comissão das Grandes Festas do Espírito Santo da Nova Inglaterra
- Esquadra 752 dos Puma e Aviocars da Base Aérea n.º 4

Insígnia autonómica de dedicação:
- João Domingos Pedro Taveira


GaCS/FG

Publicado por: Jorge Gonçalves

O filme "Cisne Negro" no cinema da Graciosa, esta Sexta-feira, 20 de Maio






O filme "Cisne Negro" será exibido no Centro Cultural da Graciosa, esta Sexta-feira, 20 de Maio, pelas 21h.



Pais: EUA
Género: Drama, Thriller
Duração: 108m
Classificação: 16M
Interpretação: Natalie Portman, Mila Kunis, Vincent Cassel, Winona Ryder
Realização: Darren Aronofsky



Nina é a bailarina principal do New York City Ballet e vê-se enredada numa teia de intriga competitiva com uma bailarina acabada de chegar à Companhia. Uma viagem excitante e por vezes aterradora através da psique de uma jovem bailarina cujo papel de Rainha dos Cisnes resulta num desempenho para o qual ela se torna assustadoramente perfeita.






CMSCG
Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 16 de Maio de 2011

Proibido caçar no dia 5 de Junho por motivo das Eleições








CMSCG



Publicado por: Jorge Gonçalves

Museu da Graciosa assinala Dia dos Museus com filme sobre a caça à baleia e visita guiada ao Barracão dos Botes Baleeiros de Santa Cruz







O Dia Internacional dos Museus, que se comemora quarta-feira, dia 18, este ano subordinado ao tema “Museu e Memória: os objectos contam a vossa História”, vai ser assinalado nos Açores com um leque vasto de actividades.




Diversos serviços periféricos da Direcção Regional da Cultura vão proporcionar, na efeméride, actividades que incentivem os visitantes a redescobrir, através das peças que albergam, a memória colectiva e individual.



Assim, o Museu de Santa Maria apresenta a exposição “Indefinições Atlânticas”, de Susana Rocha, das 9:30 às 12:30 e das 14 às 17:30 horas.



Já o Museu Carlos Machado, de Ponta Delgada, partindo da exposição “Irreverência e Requinte, 1964-1974, Moda, Mulheres, Mudanças”, recentemente inaugurada no Núcleo de Santa Bárbara, promoverá a realização de diversas iniciativas subordinadas ao tema da memória e das vivências das décadas de 60 e 70 do século XX.



Neste sentido, estão previstas visitas orientadas e vários ateliers, que funcionarão das 10 às 12:30 e das 14 às 17:30 horas, bem como uma Festa dos Anos 60/70, que decorrerá entre as 21 e as 24 horas.



No Museu de Angra do Heroísmo vai ser dinamizada a exposição permanente “Do Mar e da Terra”…uma história no Atlântico”.



Nesse contexto, o programa prevê actividades lúdicas /pedagógicas para público infantil: Os Índios do MAH (público pré-escolar) e Museupaper (1.º ciclo), entre as 9:30 e as 16 horas




Às 16:30 horas está prevista uma visita orientada para guias turísticos à exposição “Do Mar e da Terra”…uma história no Atlântico”, repetida uma hora depois para o público.



Às 18 horas haverá um pequeno concerto no coro do antigo convento São Francisco, seguindo-se a inauguração da exposição “Museu Aberto”, de António Araújo.



Pelas 19:30 horas há lugar à projecção de uma versão curta do Documentário Terceirense, seguindo-se visitas orientadas para adultos, culminando o programa, às 21:30, com um espectáculo de música e dança na Sala do Capítulo.



No Museu da Graciosa vai ser projectado um filme sobre a caça à baleia e organizada uma visita guiada ao Barracão dos Botes Baleeiros de Santa Cruz com a participação de alunos do 3º Ciclo da Escola Básica e Secundária da Graciosa.



Já no Museu do Pico a actividade educativa “As Escolas no Museu” convida as Escolas da ilha a reflectirem sobre a problemática museológica e os seus museus e, nos espaços do próprio Museu do Pico, propõe-se a apresentação dos resultados dessa reflexão



Esta actividade pretende ser um exercício de celebração dos museus, da sua ligação sistémica e orgânica à comunidade e ao território em que se inserem, do papel e da função que desempenham no processo de preservação, estudo, divulgação e afirmação do património e da identidade cultural regional.



O Museu da Horta apresenta, por seu turno, na sala Polivalente da Biblioteca Pública e Arquivo João José da Graça, uma exposição de Eugénia Rufino, que pode ser vista no horário normal de funcionamento (das 9 às 12:30 e das 14 às 17:30 horas.
GaCS/FA/DRaC



Publicado por: Jorge Gonçalves

sexta-feira, 13 de Maio de 2011

Iniciativa Cais da Cidadania e Diversidade vai percorrer todas as ilhas





O Governo dos Açores, através da Direcção Regional das Comunidades, promove a iniciativa Cais da Cidadania e Diversidade, que se vai realizar de 14 a 27 de Maio, em todas as ilhas do arquipélago dos Açores, com o apoio da Atlânticoline.

Com esta acção, pretende-se sensibilizar os alunos do ensino básico e do ensino secundário, das nove ilhas dos Açores, bem como o público em geral, para a importância do desenvolvimento e do exercício de uma cidadania activa e aberta para o mundo, cada vez mais actuante na sociedade açoriana, alicerçada no respeito pela diversidade cultural, com vista à eliminação de eventuais formas de discriminação e à promoção da tolerância, do diálogo e da cooperação entre os habitantes destas ilhas.

Para o efeito, várias actividades interactivas, da responsabilidade de diversos organismos governamentais e não governamentais, terão lugar a bordo do navio Express Santorini, que escalará diversos portos da região.

Esta iniciativa tem o seu porto de partida em Ponta Delgada, no cais das Portas do Mar, onde o navio estará atracado de 14 a 17 de Maio, rumando, de seguida, a outros portos dos Açores: dia 18, Vila do Porto, em Santa Maria; dia 19, Praia da Vitória, na Terceira; dia 20, Santa Cruz da Graciosa; dias 22 e 23, Velas, em São Jorge; dia 24, São Roque do Pico; dia 25, Horta, no Faial, bem como nas ilhas do Grupo Ocidental nos dias 26 e 27, já não a bordo de um navio, mas na Escola Básica Integrada Mouzinho da Silveira, na Vila Nova do Corvo, e na Escola Básica e Secundária das Flores, em Santa Cruz das Flores, respectivamente.

A sessão de abertura está marcada para o dia 14 de Maio, pelas 20H00 com diversas actuações e pelas 21H00 actuará o grupo IBISCO com a peça de teatro “Morangos com Cachupa”.



GaCS/LFC

Publicado por: Jorge Gonçalves

quarta-feira, 11 de Maio de 2011

Graciosa vai participar do I Circuito Regional de Golfe Rústico dos Açores





Tem início a 27 de Maio o I Circuito Regional de Golfe Rústico dos Açores, com um torneio em São Miguel. Graciosa, Terceira, Pico, e Faial, são as restantes etapas.



A organização é da Casa d’Avilas, com o apoio da Direcção Regional de Turismo, das autarquias com provas neste Circuito, entre outras entidades, como a HortaCetáceos, que está a divulgar a prova junto da imprensa.



Modalidade em desenvolvimento nos Açores nestes últimos anos, o Golfe Rústico é uma variante do golfe adequada a espaços rurais, não necessitando de campo próprio exclusivamente dedicado.



No mais as regras são, de forma geral, semelhantes ao golfe, com algumas particularidades. Entre prova e actividades paralelas a etapa inaugural do circuito, em São Miguel, decorrerá entre 27 e 29 de Maio. A prova propriamente dita é no dia 28, na Lagoa das Sete Cidades.



As etapas seguintes decorrerão na Graciosa e na Terceira, de 30 de Junho a 3 de Julho, e Pico e Faial de 6 a 9 de Outubro. Além das provas de Golfe Rústico, cada etapa inclui um programa social de lazer, além de voltas de golfe em campos de cada ilha.







Fonte: Turisver



Publicado por: Jorge Gonçalves

O filme "Blue Valentine - Só TU e EU" no Cinema da Graciosa esta Sexta-feira, 13 de Maio





O filme "Blue Valentine - Só TU e EU" será exibido no Centro Cultural da Graciosa, esta Sexta-feira, dia 13 de Maio, pelas 21h.














Pais: EUA
Género: Drama, Romance
Duração: 112m
Classificação: 16M
Interpretação: Ryan Gosling, Michelle Williams, Faith Wladyka
Realização: Derek Cianfrance







Descrição
Blue Valentine é a história da descoberta do amor e do amor que se perde, em momentos do passado e do presente. Este retrato tocante e honesto conta com Ryan Gosling e Michelle Williams, nos papéis de Dean e Cindy, um casal que passa uma noite longe da filha, na tentativa de salvar o seu casamento. Justapostos com cenas lúdicas que traçam o seu namoro romântico de seis anos, Goslin e Williams viajam através do desgosto brutal de promessas quebradas e de um amor que está perto do fim.











Publicado por: Jorge Gonçalves

terça-feira, 10 de Maio de 2011

Governo apela aos jovens para agarrarem oportunidades oferecidas pela União Europeia







O Secretário Regional da Presidência alertou para a necessidade dos jovens açorianos terem ”não apenas conhecimento das oportunidades que são abertas pela União Europeia, em áreas como a formação, mobilidade e projectos juvenis, mas que façam efectivamente uso destas oportunidades, em seu beneficio pessoal, bem como no da Região”.

“A União Europeia preocupa-se em fomentar, entre os jovens, a cidadania activa, a solidariedade e a tolerância, prevendo medidas que visam favorecer a mobilidade nas fronteiras da UE, mas também promover os valores e o diálogo interculturais” afirmou André Bradford, acrescentando em seguida alguns exemplos de jovens, oriundos dos Açores, que ousaram partir para experiências no exterior e são hoje reconhecidos a nivel europeu em áreas como a música, a dança e a moda.

André Bradford falava, em representação do Presidente do Governo, nas comemorações do Dia da Europa, que decorreram na Escola Básica e Secundária da Graciosa, nas quais participaram cerca de duas centenas de jovens, de várias ilhas dos Açores.

Além de vários momentos de música clássica, poesia e dança, proporcionados pelos alunos da Escola Básica e Secundária da Graciosa, decorreu também, no âmbito das comemorações, a final do concurso "Europa Quiz - Os Açores e a União Europeia", disputado pelas equipas vencedoras do concurso multimédia "Açores, 25 anos na União Europeia", promovido pelo Governo dos Açores.

Após a sessão solene comemorativa, presidida pelo Secretário Regional da Presidência, foram anunciados e entregues os prémios dos concursos multimédia, ganha pela equipa “As Divas” da Escola Básica e Secundária das Velas de São Jorge, e “Europa Quiz” cuja equipa vencedora, “Blueteam”, da Escola Secundária Manuel de Arriaga, do Faial, ganhou uma viagem e estadia a Bruxelas, secundados pelas equipas “Flowerforce” da Escola Básica e Secundária das Flores e “Os Mamutes” da Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade, da Terceira.

“Os jovens dos Açores devem utilizar mais programas como o Erasmus, Comenius, Leonardo da Vinci ou Eurodisseia, entre outros, como o “Juventude em Acção”, pois são iniciativas que permitirão regressarem com maior conhecimento, maiores aptidões técnicas, enriquecimento pessoal e, certamente, melhor preparados para os desafios da sua região – afirmou, a terminar, André Bradford.



GaCS/GSsRAECE

Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 9 de Maio de 2011

Preço dos gasóleos agrícola e pescas desce nos Açores



As alterações que se têm vindo a verificar no preço do petróleo nos mercados internacionais e a aprovação, pelo Conselho do Governo, de uma norma que estipula uma diferença mínima entre o preço máximo por litro dos combustíveis praticado nos Açores e o preço de venda ao público no mercado do continente, vão provocar uma descida no preço máximo do gasóleo agrícola em dois cêntimos por litro e no gasóleo pescas em três cêntimos por litro, a partir das 00h00 da próxima quarta-feira.

Assim, com esta alteração, o preço máximo de venda ao público do gasóleo agrícola, nos Açores, será inferior em 21,2 por cento em relação ao preço praticado no continente. Já no caso do gasóleo pescas, essa diferença será agora de menos 21,1 por cento em relação ao preço praticado no continente.

Todos os restantes combustíveis mantêm os preços actualmente em vigor.



GaCS/NM

Publicado por: Jorge Gonçalves

Consulte o seu número de eleitor!




Já consegue ver o seu número de eleitor na internet. Basta meter o seu número do Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão e a sua data de nascimento e obtém os dados que necessita para votar!







Fonte: CMSCG


Publicado por: Jorge Gonçalves

Exercício militar na Ilha Graciosa testa capacidade de intervenção





O Comando Operacional dos Açores envolve, a partir de hoje , 269 militares num exercício, na Graciosa, que pretende treinar a componente operacional das forças militares numa intervenção em qualquer ilha do arquipélago e o apoio à protecção civil.



O exercício “AÇOR 111”, no âmbito da Defesa Militar, decorre até quarta-feira, tendo como enquadramento "um cenário de baixa/média conflitualidade", segundo o Comando Operacional dos Açores.



O AÇOR 111 vai envolver 269 militares dos Comandos das Zonas Marítima, Militar e Aérea dos Açores, três aeronaves e uma corveta, contando ainda com a colaboração de entidades civis "em alguns aspectos logísticos".



"O objectivo principal é exercitar a componente operacional para a intervenção em qualquer ilha e avaliar os planos de contingência", mas segundo o Comando Operacional dos Açores, "serão também exercitadas as forças militares no âmbito da salvaguarda da vida humana, nomeadamente no apoio às acções de protecção civil, aproveitando sinergias logísticas e operacionais".



O exercício culmina com uma demonstração de capacidades no Cais da praia da ilha Graciosa, ao início da tarde de quarta-feira.


Fonte: A União
Publicado por: Jorge Gonçalves

domingo, 8 de Maio de 2011

Governo assinala Dia da Europa na Graciosa



Cerca de duas centenas de alunos participam, amanhã, nas comemorações do Dia da Europa, iniciativa do Governo dos Açores que este ano decorre na ilha Graciosa.

Com início às 9 horas, na Escola Básica e Secundária da Graciosa, as celebrações iniciam-se com o hastear da bandeira da União Europeia e a execução do Hino da Alegria por um Quinteto de Trompetes daquele estabelecimento de ensino, seguindo-se, no auditório, momentos de música clássica e poesia, a anteceder a final do concurso "Europa Quiz - Os Açores e a União Europeia", que será disputada pelas equipas vencedoras do concurso multimédia "Açores, 25 anos na União Europeia".

A sessão solene comemorativa do Dia da Europa está agendada para as 11 horas, presidida pelo Secretário Regional da Presidência, André Bradford, em representação do Presidente do Governo, após a qual serão entregues os prémios dos concursos multimédia e "Europa Quis".

Do programa constam ainda várias actividades lúdicas e de convívio entre os alunos provenientes de várias ilhas do arquipélago, com visitas, no Domingo, ao Museu da Graciosa e outros locais na ilha, bem como, na segunda-feira, a actuação do grupo de Hip Hop e do coro de alunos da EBS Graciosa, que encerrará as comemorações com o Hino da Alegria.


GaCS/LFC

Publicado por: Jorge Gonçalves

Aviso de mau tempo



O Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores informa que, segundo o Instituto de Meteorologia, uma depressão centrada a sudoeste dos Açores, em fase de cavamento com um sistema frontal associado e em deslocamento para nordeste, irá provocar um agravamento do estado do tempo na região dos Açores.

Nestas condições prevê-se:

Para o Grupo Ocidental:
Períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes FORTE, no período entre as 02h00UTC de 09/MAI/2011 e as 00h00UTC de 10/MAI/2011.

Para o Grupo Central:
Períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes FORTE, no período entre as 02h00UTC de 09/MAI/2011 e as 00h00UTC de 10/MAI/2011.

O SRPCBA recomenda que sejam tomadas as precauções habituais em situações desta natureza.
Mais informação em,
http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/srhe-srpcba


GaCS/SRPCBA

Publicado por: Jorge Gonçalves

sábado, 7 de Maio de 2011

Carlos César diz que vêm tempos difíceis, mas há aspectos positivos no acordo com a “troika”



O Presidente do Governo dos Açores disse ontem à noite que, apesar serem difíceis os tempos que se avizinham – em resultado da situação do pais e das medidas contempladas no acordo firmado entre o Governo da República e a “troika” de instituições nacionais que negociou a ajuda externa a Portugal – há uma dimensão positiva que resulta das condições fixadas no próprio acordo.

“A dimensão positiva é, desde logo, termos um programa destinado á competitividade, à melhoria da produtividade e da sustentabilidade da nossa economia e do nosso pais, com uma garantia de apoio internacional”, disse Carlos César.

Outro aspecto positivo é, para o governante, o acordo merecer um amplo apoio em Portugal, “desde a UGT à Confederação de Comércio Português, desde o próprio Governo da República e do partido que o apoia, o Partido Socialista, aos dois maiores partidos da oposição, o PSD e o CDS, que declararam apoiar esse acordo.”

Mas, como sublinhou, “o que é mais encorajador é que, pelo menos, este acordo não incluiu algumas decisões que se receavam, mais penalizadoras das pessoas e dos seus rendimentos”, tais como a supressão do subsídio de férias, do subsídio de Natal, a diminuição do valor dos ordenados em geral e das pensões mais baixas, ao despedimento de muitos milhares de funcionários públicos, como ocorreu na Grécia e na Irlanda, por imposição do FMI.

Ainda assim, Carlos César chamou a atenção para os sacrifícios e mudanças que vão ocorrer na vida das pessoas e das empresas, designadamente com o pagamento, ainda que simbólico, de alguns serviços e cuidados médicos, com a subida dos impostos, com a diminuição de regalias em régies especiais como o da ADSE e com uma previsível subida da taxa de desemprego.

Aludindo às maiores dificuldades que a economia vai enfrentar, o Presidente do Governo disse esperar, no entanto, que o país possa rapidamente ultrapassar essas dificuldades e possa retomar um ritmo de convergência, de expansão e de desenvolvimento económico.

Carlos César, que falava na sessão de encerramento do “Campeonato Nacional das Profissões Açores – 2011”, que decorreu em Ponta Delgada, disse que para esse grande objectivo “a qualidade de cada um vai ser muito importante”, pelo que exortou os jovens a procurarem ser os melhores possível nas suas profissões.



GaCS/CT

Publicado por: Jorge Gonçalves

quinta-feira, 5 de Maio de 2011

Alunos graciosenses sugerem benefícios fiscais para incentivar voluntariado




Os alunos da Escola Básica e Secundária da Graciosa, propuseram esta quinta-feira a criação de benefícios fiscais em sede de IRS e IRC para os cidadãos e empresas que participem em acções de voluntariado no arquipélago.



A proposta foi apresentada durante o Plenário Jovem, organizado pela Assembleia Legislativa Regional na cidade da Horta, Faial, que juntou 57 alunos de 14 escolas do arquipélago para debater o tema 'Voluntariado e Cidadania Activa'.



Para os alunos da Graciosa, estes benefícios fiscais poderiam ajudar a cativar mais pessoas para o voluntariado e incentivar as empresas a participar nestes projectos.



A proposta foi, no entanto, criticada por Susana Margarido, representante dos Açores na Comissão Nacional para a Promoção do Voluntariado, recordando que o voluntariado «é uma actividade gratuita» e, como tal, não deve ser remunerada, nem ter qualquer outro benefício.



«A actividade de voluntariado não deve ser exercida com segundas intenções», frisou.


Uma maior promoção e divulgação da actividade de voluntariado nas escolas e nas instituições públicas no arquipélago foi também defendido em propostas apresentadas por alunos açorianos, tendo em vista chamar mais cidadãos a participar nestas acções.



Susana Margarido considerou, no entanto, que o problema na região não é a falta de voluntários, mas sim de instituições que os queiram acolher, acrescentando não compreender como é que, não sendo o voluntário remunerado, ele não seja aceite por um grande número de instituições no arquipélago.



«Só vejo uma razão para isso, é que essas instituições não têm interesse em que os voluntários metam o nariz», frisou, citando o caso dos lares de terceira idade, que reclamam da falta de pessoal mas “não querem” acolher voluntários.



A representante dos Açores na Comissão Nacional para a Promoção do Voluntariado lamentou também que não exista um «banco de voluntariado» na região que permita acolher os voluntários e distribuí-los pelas instituições.



Fonte: SOL/Lusa


Publicado por: Jorge Gonçalves

Projecto pioneiro estimula mobilidade de idosos






O Secretário Regional da Saúde exortou esta tarde, na Terra Chã, Angra do Heroísmo, os idosos a aderirem a programas de promoção da mobilidade, como forma de continuar a ter uma vida mais activa e saudável.

Miguel Correia falava no decorrer de um encontro de convívio entre mais de 600 idosos do concelho angrense que participam num programa pioneiro de promoção da mobilidade e do equilíbrio.

O governante elogiou o projecto em curso e manifestou o empenhamento do Governo em todos os processos para melhorar a qualidade de vida e autonomia dos idosos.

Desde Outubro e até Agosto, os utentes de 23 Centros de Convívio estão a participar num projecto intitulado “Por favor, não caia”, em que fisioterapeutas, enfermeiros e nutricionistas se deslocam aos locais de encontro dos idosos para sessões de recuperação física, de saúde e de divulgação de comida saudável.

A técnica de fisioterapia utilizada, denominada Pnf-Chi, é uma forma de exercício de baixo impacto de mobilização activa global e foi criada e desenvolvida na ilha Terceira pelos fisioterapeutas Eva Albuquerque e Paulo Araújo.

O projecto é uma iniciativa do INATEL de Angra do Heroísmo, financiado pelo Governo Regional, pelas Câmaras Municipais de Angra do Heroísmo e Santa Cruz da Graciosa, ilha onde foi criado um núcleo para 280 idosos, e conta com diversos outros apoios, como dos Centros de Saúde de Angra do Heroísmo e Praia da Vitória, da Escola Superior de Saúde do Alcoitão e tem também colaborações de entidades privadas.

No convívio, que contou com um piquenique, animação musical e uma bezerrada, foi revelado que a grande maioria dos utentes que cumprem este programa vão participar numa marcha das Sanjoaninas a desfilar sozinha no dia anterior à noite das marchas, prevendo-se a participação de mais de 500 idosos da Terceira e da Graciosa.



GaCS/FA

Publicado por: Jorge Gonçalves

quarta-feira, 4 de Maio de 2011

Apurados para a Fase Regional dos Jogos Desportivos Escolares já são conhecidos






Estão apuradas e já são conhecidas as comitivas que vão participar na Fase Regional dos Jogos Desportivos Escolares (JDE).

Na Fase Regional do 3.º Ciclo, que vai ter lugar na Escola Básica e Secundária da Graciosa, a partir de amanhã e até ao dia 7, participam, para além da escola de acolhimento, as melhores classificadas em cada uma das três fases zonais realizadas: EBS da Povoação (vencedora da Fase Zonal A), EBS da Calheta (vencedora da Fase Zonal B) e ES Manuel de Arriaga (vencedora da Fase Zonal C).

No 2.º Ciclo foram apuradas para a Fase Regional, a realizar entre 14 e 17 de Junho na Escola Básica Integrada Roberto Ivens, as comitivas que se classificaram em 1.º lugar nas fases zonais A, B e C: EBI dos Ginetes, EBI Roberto Ivens e EBI da Horta.

De acordo com o regulamento dos JDE do 2.º Ciclo, nesta fase, são integrados na comitiva de cada escola participante, alunos do Regime Educativo Especial.

Nesta edição dos JDE do Ensino Secundário, as fases inter-ilhas vão disputar-se na modalidade de Futsal, nos sexos Feminino e Masculino e terão também lugar na ilha Graciosa, de 13 a 15 de Maio, organizadas pelo Serviço de Desporto da ilha.

Na fase inter-ilhas de Futsal Feminino participam a ES da Ribeira Grande, EBS da Graciosa, EBS das Lajes do Pico (vencedora da Fase de Ilha do Pico) e a ES Jerónimo Emiliano de Andrade (vencedora da Fase de Ilha da Terceira).

Para a Fase Inter Ilhas de Futsal Masculino, estão apuradas a ES da Lagoa (vencedora da Fase de Ilha de São Miguel), a EBS da Madalena do Pico (vencedora da Fase de Ilha do Pico), a ES Vitorino Nemésio (vencedora da Fase de Ilha da Terceira) e a EBS da Graciosa.


GaCS/HB

Publicado por: Jorge Gonçalves

Governo promove celebração do Dia da Europa na Graciosa








O Governo dos Açores promove, no próximo dia 9 de Maio, uma série de iniciativas que visam comemorar o Dia da Europa. As celebrações deste ano, depois das ilhas de São Miguel, Faial, Terceira e Flores, decorrerão na ilha Graciosa, envolvendo alunos de escolas secundárias de várias ilhas dos Açores e contarão com a presença do Secretário Regional da Presidência, André Bradford, em representação do Presidente do Governo, Carlos César.

Participam no evento os alunos finalistas do concurso de trabalhos multimédia “Açores, 25 anos na União Europeia”, no qual foram apuradas as equipas “Eurotiks” da Escola Básica e Secundária de Santa Maria; “As Ribeirinhas” da Escola Secundária da Ribeira Grande, de São Miguel; “Os Mamutes”, da Escola Secundária Jerónimo Emiliano de Andrade, da Terceira; “Rochas Atlânticas” da Escola Básica e Secundária da Graciosa; “Blueteam” da Escola Secundária Manuel de Arriaga, do Faial; “The Union” da Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico; “Flowerforce” da Escola Básica e Secundária das Flores e a equipa da Escola Básica e Secundária das Velas de São Jorge.

As equipas, formadas por 3 alunos, participarão, agora, no dia 9 de Maio, na Escola Básica e Secundária da Graciosa, nas comemorações do Dia da Europa, onde, entre diversas outras actividades lúdicas, artísticas e recreativas, disputarão a final, no concurso “Europa Quiz”, cujos vencedores receberão como prémio uma viagem a Bruxelas, com visitas às instituições da União Europeia e aos locais mais emblemáticos do centro de decisão política da Europa.

Com mais esta iniciativa, o Governo dos Açores pretende contribuir para uma maior divulgação e conhecimento de temáticas relativas à União Europeia, em particular junto dos mais jovens e no contexto das celebrações dos 25 anos da adesão de Portugal, bem como estimular a criatividade nos alunos e a utilização de novos meios audiovisuais e de comunicação.

Os resultados finais e outras informações podem ser consultadas na página do Gabinete do Subsecretário Regional dos Assuntos Europeus e Cooperação Externa, no portal do Governo dos Açores, em:
http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/srp-ssraece/textoImagem/Dia+da+Europa+2011.htm


GaCS/SRP


Publicado por: Jorge Gonçalves

O filme "O Amor é o Melhor Remédio" no cinema da Graciosa, esta Sexta-feira, 6 de Maio






O filme "O Amor é o Melhor Remédio" será exibido no Centro Cultural da Graciosa esta Sexta-feira, 6 de Maio, pelas 21h.




Pais: EUA
Género: Comédia, Romance
Duração: 112m
Classificação: 12M
Interpretação: Jake Gyllenhall, Anne Hathaway, Oliver Platt, Hank Azaria, Gabriel Macht, Judy Greer
Realização: Edward zwick







Descrição:
Maggie é um fascinante espírito livre que não permite que nada a prenda, nem mesmo um fascinante desafio pessoal. Mas conhece a sua cara-metade em Jamie Randall, cujo charme é quase infalível tanto com as senhoras como com as vendas de produtos farmacêuticos. A evolução da relação entre Maggie e Jamie apanha-os de surpresa, ao darem conta de estarem sob a influência da derradeira droga: o amor...











Publicado por: Jorge Gonçalves

segunda-feira, 2 de Maio de 2011

Ilha Graciosa livre de CO2


A experiência é pioneira. A Graciosa vai submeter-se a uma revolução verde.

Pode vir a ser a primeira região insular do mundo, livre de CO2.


Os seus 4500 habitantes vão usar exclusivamente energias renováveis, principalmente solares, mas também eólicas.


É um projeto ambicioso, liderado pela companhia alemã, Younicos.


A companhia, sedeada em Berlim, pretende fornecer energia limpa para as ilhas.
Uma energia guardada em baterias de sódio e enxofre de um megawatt, importadas do Japão, como diz o presidente da empresa:


“É o acumulador durável mais potente e de mais longa duração do mundo. Pode funcionar durante 15 anos, ou até por mais tempo. Trouxemos esta bateria para a Europa, para mostrar que, hoje em dia, podemos integrar unidades de armazenamento de energia nas nossas redes da eletricidade em larga escala. E também numa ilha, podemos produzir uma percentagem muito elevada da energia renovável”.


A companhia também acredita que o “small is beautiful”. Por isso, pretende criar unidades pequenas de armazenamento, para evitar a dependência da bateria master.


“Nós não queremos uma enorme central eléctrica, com uma unidade do armazenamento. O sistema é descentralizado, como os sistemas photovoltaicos que já temos nas casas e nos apartamentos, na Alemanha. Deve haver diversas unidades pequenas de armazenamento de eletricidade, em cada edifício. Estas diversas unidades teriam o mesmo efeito de uma bateria grande”, esplica o presidente da companhia alemã.


Um dos desafios principais deste projeto é operar exclusivamente, com vento e sol, com total estabilidade.


Em 2012, a ilha deve ser alimentada, em 80 por cento, pelo vento e por plataformas solares e apenas em 20 por cento, por combustível fóssil.


Estes 20 por cento serão substituídos, mais tarde, pela biomassa.





Publicado por: Jorge Gonçalves

domingo, 1 de Maio de 2011

Feliz Dia das Mães

Feliz Dia do Maio

Publicado por: Jorge Gonçalves